Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

11
Dez18

Uma oferta nada tentadora

rede.jpg

Não sei se quem tem serviços de televisão, internet e telefone em casa já recebeu uma chamada dos assistentes da sua operadora para vos proporem um novo pacote onde ficaria incluído o telemóvel, que no meu caso está numa outra rede. Se não receberam devem estar a receber, mas vou falar do meu caso. 

Andaram semanas a tentar ligar do grupo X, o que a aplicação Sync.ME fez com que não atendesse, uma vez que este aplicativo identifica a chamada como Spam, dando ao mesmo tempo indicação de quem está a ligar quando o número não está na lista de contactos. Não atendi durante vários dias seguidos os números que me ligavam do X, mas acabei por me cansar e num momento em que até estava bem disposto resolvi atender. Ouvi a proposta que o assistente me tinha para oferecer e no final tive de inquirir, claro.

Neste momento pago 35,98€ pelo serviço de televisão, internet e telefone (que está desligado), isto através da rede X. Já o telemóvel está ligado à rede Z onde pago 3,99€ por semana com chamadas e mensagens ilimitadas, 5GB de internet, mais 5GB de Netflix, 5GB de Youtube e 5GB destinados às redes sociais. Enfim, no final do mês o telemóvel podia ficar mais barato mas tendo menos capacidades de ligações.

15
Mar18

Chamadas não identificadas

anónimo.jpg

De há uns dias para cá uma certa operadora de comunicações iniciou o seu longo e chato processo de chamadas para me convencer a alterar o tarifário atual. Pela primeira vez atendi em chamada com número não identificado, ouvi as primeiras palavras que me tinham a dizer, percebi que a chamada estava complicada e pedi desculpa mas que ia desligar. Após novas tentativas em vão porque não foram atendidas, lá me resolvi falar com quem estava do outro lado de uma chamada anónima e novamente com um ruído de fundo que me causou estranheza. Mostrei desagrado por ligarem de forma confidencial e mostrei dúvida para com o ruído de fundo, voltando a desligar. Neste momento continuam a insistir no contacto mas será em vão porque não irei atender!

Quero agora levantar uma questão! Se através de mensagens escritas as operadoras móveis conseguem identificar de onde vem a mensagem, colocando o nome, tal como acontece em mensagens publicitárias que possuem o remetente sem que este esteja na nossa lista telefónica, porque não o fazem também com as chamadas? Sei que se me ligarem com o número identificado como sendo de uma operadora móvel ou de qualquer agência publicitária que a hipótese de não atender é menor, mas talvez pondere melhor se rejeito ou não a chamada. Agora em anónimo e ainda com interferências que me levam a desconfiar sobre quem está do outro lado começa a ser problemático porque não sei ao certo se posso confiar naquela chamada.

21
Nov17

Faturação a Mais

televisão.jpg

Há uns meses fiz um novo acordo com a MEO e fiquei com o pagamento mensal de 34,98€ sobre o serviço de televisão, telefone (que não uso) e internet. Uns meses depois, uns seis talvez, eis que sem aviso prévio, decidem aumentar este valor para 39,98€. 

Assim, sem mais nem menos, sem qualquer explicação, a fatura aumentou 5€ e acabei somente por dar por isso uns dias depois deste saldo ter sido debitado da conta. A fatura apareceu via email, imprimi mas não reparei no valor e guardei a fatura para lhe juntar o comprovativo do banco sobre o pagamento e foi ai que percebi que o valor acordado tinha levado um aumento que nem é explicado de forma correta através das descrições dadas. 

Acabei por ligar para a operadora, que me pediu para ligar para outro número que não o geral, liguei, não fui atendido e descontaram valor. Uns dias depois ligaram-me a perguntar se a chamada efetuada tinha sido importante para que visse a situação resolvida. Estariam no gozo? Expliquei o que se passou e a informação que obtive foi a de que iria ser contactado. Uma semana passou e nenhum contacto por parte de qualquer representante MEO. 

Resolvi agora esperar que me contactem ou que apareça a nova fatura para ver que valor aparece sobre o último mês, para tentar perceber se as coisas voltam ao normal ou se a situação é para se manter para que opte por nem ligar mas sim ir até uma loja da operadora para que me expliquem o que se terá passado.

18
Nov17

Fraude nas telecomunicações

telecomunicações.jpg

Há uns tempos começaram-se a ouvir queixas sobre cobranças indesejadas por parte das operadoras de telecomunicações sobre valores que aparecem nas faturas de conteúdos que não são subscritos pelos consumidores mas que depois são cobrados com desculpas por parte das operadoras. 

Já ouvi que operadoras justificam valores avultados nas faturas de alguns clientes como sendo por compras online, visionamento de vídeos pornográficos, jogos e chats pagos, mas depois não conseguem apresentar a verdadeira justificação com horários e tempos de consumo. Na verdade esses consumos por vezes não poderiam existir, mas as ameaças sobre o não pagamento com processos em tribunal fazem com que muitos paguem e tentem esquecer o assunto, mesmo sabendo que não consumiram tais conteúdos. 

Agora a Autoridade Nacional de Comunicações - ANACOM - parece estar em cima deste tipo de ações e já terá avisado os operadores para existir cuidado com este tipo de cobranças junto dos clientes que não subscreveram os conteúdos, existindo intenção de alterar legalmente a proteção aos consumidores na Lei das Comunicações Eletrónicas para com este modo de roubo que tem acontecido ultimamente. O cliente não subscreve, não autoriza, não sabe de nada e no final de cada mês aparece a conta para serem pagos valores desconhecidos e que não foram dados a conhecer com um aviso de subscrição. 

09
Mai17

Continuar mas com desconto...

Dei-vos conta de que andava a analisar a oferta dos vários operadores de televisão e internet para deixar o MEO e saltar para a Vodafone, no entanto e após uma longa conversa telefónica com uma operadora da primeira, eis que optei por permanecer mas com uma baixa no valor do pacote que continua a ser o mesmo que outrora mas com um maior desconto. 

Estava praticamente convencido a alterar de operadora e passar pelo processo de instalação pelos próximos dias, no entanto sabia de antemão que ao ligar para fazer o cancelamento do acordo que mantive até agora que me iriam tentar manter como cliente e assim foi. Primeiramente deram a indicação que não poderiam baixar o valor contratual, antes mesmo de saberem a razão para querer sair. Depois quando expliquei que tinha uma oferta bem melhor feita pela concorrência começaram a mudar de discurso e após duas propostas falhadas, eis que acabei por aceitar ficar a pagar o mesmo que iria ser praticado pela concorrência, mantendo o pacote que tenho mantido ao longo dos últimos três anos. 

Ou seja, fico praticamente com um desconto de 23€ mensais assim do nada e somente porque querem manter o cliente. Não percebo como as empresas de telecomunicações não optam por praticar uma maior concorrência direta e obrigam de certo modo a que nós, enquanto utilizadores, sejamos obrigados a ver as ofertas e a falar com o outro lado da barricada para tentarmos ficar a ganhar com o mesmo tipo de serviço. Só nesse momento e após perceberem que têm de agir é que fazem propostas para se baixarem os acordos.