Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Exercitar corpo e mente

  A quarentena voluntária, por encerro temporário do local de trabalho, obrigou-me, e ainda bem porque só assim me sinto um pouco mais protegido, a ficar em casa. Fechado em família e a reaprender a ocupar os muitos tempos livres com o possível dentro de quatro paredes, aproveitei esta pausa forçada para regressar aos treinos diários que desde o primeiro dia mantenho rigorosamente e sem falhas.  Comecei e ainda estou na fase dos andamentos. Todos os dias, geralmente entre as 09 e (...)

Péssimas lembranças

Nos momentos calmos, geralmente quando já se está quase a adormecer, surgem por vezes pela mente algumas lembranças de vivências do passado. Se existiram fases da nossa vida que até correram bem, existem outras que eram totalmente dispensadas de acontecer e de agora poderem ser lembradas.  Foi isso que me aconteceu há dias, quando dei por mim a recordar comportamentos e mesmo opções tomadas no passado, já algo longínquo, mas que ficaram na memória. Porque terei agora, uns bons (...)

Simplificar | Brooke Mcalary

Autor: Brooke Mcalary Título original: Destination Simple Editora: Clube do Autor Edição: 1ª Edição Lançamento: Março de 2018 Páginas: 144 ISBN: 978-989-724-299-1 Classificação: 4 em 5   Sinopse: No mundo em que vivemos, repleto de estímulos e solicitações, reduzir o número de tarefas parece uma missão impossível. Executar uma tarefa de cada vez, por outro lado, é muitas vezes visto como (...)

Encontrar-me!

Um misto de sentimentos tem vindo a assombrar a mente de quem só tenta estar bem! A montanha russa com que o bem e o mal se cruzam pelos meus pensamentos é inacreditável, a ponto de conseguir perceber que afinal até tenho uma vida que me faz sentir bem, como rapidamente no momento seguinte existe uma quebra e o mundo parece prestes a desmoronar! Pessoalmente tenho consciência que não me encontro bem e que tenho andado a viver pelos últimos tempos por fases bem oscilantes e onde (...)

Já andei no ginásio

Em tempos, mais ou menos há quatro anos, andei uns bons meses no ginásio e senti uma boa diferença no meu corpo. Saí porque não me sobrava assim tanto tempo como era desejado para fazer tanta coisa na altura. Agora estou mais livre, mas continuo sem ter vontade para regressar às máquinas! Na altura em que andava no ginásio e ia duas ou três vezes por semana comecei a sentir-me bem mais à vontade com o meu corpo e comecei também a crescer muscularmente. Devido aos meus horários (...)