Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Memória seletiva

Nunca me tinha acontecido, no entanto por estes dias constatei o que os especialistas falam sobre a memória seletiva com o tempo. Em conversa familiar aqui por casa percebi que não tenho memória sobre os acontecimentos que rodearam a morte de uma vizinha que me viu crescer, como se fosse uma avó. Perdi em menos de dez anos qualquer memória daqueles dias e em conversa sobre os que amamos e que partem percebi que nem me lembro de ter sido eu a receber a notícia cá em casa para a (...)

Antigas moedas de chocolate

  Memórias por vezes surgem do nada e quando estou simplesmente a olhar para o dia que já passou. Ontem surgiu-me, por mero acaso e do nada, a lembrança das antigas moedas de chocolate que volta e meia me ofereciam ou que me levavam em criança a fazer uma ou outra birra numa qualquer loja de conveniência onde as antigas redes que serviam de pacote para estes pequenos chocolates surgiam penduradas bem ao nível do meu olhar. Como me lembro de ficar durante semanas a comer uma moeda (...)

Uma coisa te digo...

  Um dia, talvez daqui a alguns anos, irei reler o livro que mais me marcou na vida, que por sinal assinalou o início da minha passagem para a literatura altura. Poderá não ter tanto significado na altura em que o fizer como teve no passado, mas tenho a certeza de que voltarei atrás no tempo e tentarei entender cada ponto daquela leitura uns bons anos depois. ( Ver mais... )

Péssimas lembranças

Nos momentos calmos, geralmente quando já se está quase a adormecer, surgem por vezes pela mente algumas lembranças de vivências do passado. Se existiram fases da nossa vida que até correram bem, existem outras que eram totalmente dispensadas de acontecer e de agora poderem ser lembradas.  Foi isso que me aconteceu há dias, quando dei por mim a recordar comportamentos e mesmo opções tomadas no passado, já algo longínquo, mas que ficaram na memória. Porque terei agora, uns bons (...)

Momentos

Uma imagem encontrada algures pelo Facebook e que me deixou a pensar em como estes símbolos tão bem podem representar as características apresentadas. Os «bons momentos» que devem continuar a existir agora e sempre, contribuindo para o bem estar de qualquer um, ajudando ao crescimento pessoal onde se consegue sair valorizado. O bem e as coisas boas da vida são para desfrutar em boa (...)