Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

03
Nov18

Péssimas lembranças

O Informador

pessimismo.jpg

Nos momentos calmos, geralmente quando já se está quase a adormecer, surgem por vezes pela mente algumas lembranças de vivências do passado. Se existiram fases da nossa vida que até correram bem, existem outras que eram totalmente dispensadas de acontecer e de agora poderem ser lembradas. 

Foi isso que me aconteceu há dias, quando dei por mim a recordar comportamentos e mesmo opções tomadas no passado, já algo longínquo, mas que ficaram na memória. Porque terei agora, uns bons anos depois, mais de dez por sinal, recordado o que me fez mal. Saudades não podem ser. Vontade de as reviver muito menos. E somente o facto de me terem surgindo em pensamento já me fizeram mal.

19
Out15

Implicadores de bancada

O Informador

Adoro perceber quando as pessoas aparecem por aqui somente porque gostam de implicar!

Conseguem arranjar de tudo para colocarem a faca e distorcerem histórias, comentários e até factos só porque gostam de contrariar o que os outros afirmam.

Podem continuar a aparecer porque a vossa presença, caros implicadores de bancada, só mostra que existem opiniões diversas e pessoas que andam de mãos dadas com a malvadez.

14
Jun15

Conversa de gajas

O Informador

Quando duas quase gémeas fisicamente se encontram e uma afirma para a outra que esta está mais gorda e tem como resposta um «sim, umas gramas», logo fica à vista a maldade que estava imposta na primeira e que a segunda detectou de pronto. 

Pois é, porque são as mulheres tão más umas para as outras no que toca ao peso e visual? «Ai, parece que estás mais gorda!» ou o «Estás com uns quilos a mais ou é impressão minha?. Para quem está magro e quer engordar a conversa maldosa é diferente mas no mesmo sentido, «Estás de novo mais magra!» ou «Tens andado a comer em condições?». Enfim, magras e gordas sofrem do mesmo mal, a malvadez da galinha da vizinha que está sempre pronta a picar o ponto e mostrar que mesmo que esteja mal a outra está sempre em situação pior.

18
Jan15

Sim, estou mais gordo!

O Informador

Sim, estou mais gordo e gosto de perceber isso, ao contrário da maioria das pessoas que ganham e querem perder peso! O que já começo a não achar graça é a quem me diz a típica frase «estás mais gordo!» ou «ah, a roupa está a ficar apertada!».

Ok, estou com uns quilos a mais e isso não me importa rigorosamente nada, bem pelo contrário. O que não gosto, também por pensar nas pessoas que tentam emagrecer e que levam boquinhas manhosas a toda a hora, é da típica questão que os outros soltam várias frases incomodativos para os gordinhos para que os mesmos se possam sentir um pouco mal com as suas formas.

Sim, as pessoas ganham e perdem peso ao longo da vida! Estou com talvez uns seis ou sete quilos a mais e isso só me alegra. Agora não sejam é maus porque se fico contente com esta vitória, a maioria tem a reacção contrária quando a maldosa sociedade aparece com as suas graçolas desnecessárias!

Yupi, para mim tem sido bom engordar! Alguém contra ou com inveja?

13
Nov13

Sacrifício no trabalho

O Informador

Não me queixo do trabalho que tenho, mas ando numa fase em que todos os dias me custa levantar e pensar que vou ter de ir para um local onde não quero estar devido às pessoas com quem tenho de lidar, pessoas essas que só me dão vontade de não falar, não ouvir e ignorar tudo o que dizem!

Como a minha prima me disse há dias, onde estou pouco me chateiam e isso é verdade, no entanto e como trabalho em equipa custa-me perceber como as pessoas se odeiam tanto umas às outras e depois ainda se fingem grandes amigas quando uns minutos antes dizem cobras e lagartos uns dos outros, discutindo, chorando, gritando... Isto é o lugar ideal para se trabalhar? Não me parece nada!

Na maioria dos últimos dias parece que entro numa caixa forte, onde todos resmungam com todos porque tomam decisões e têm atitudes incompreendidas perante o trabalho de equipa. Eu sinto-me à margem das confusões e não me quero meter porque se não é comigo, e já que não me chateiam, que me deixem estar, mas não é nada fácil ter de lidar com personalidades tão vincadas e com pessoas que parecem que só querem ver os outros mal dispostos através da sua arrogância e falta de bom senso para um bom trabalho colectivo.

Se pudesse entrava de férias por uns dias para se chatearem todos longe de mim e não ter de ouvir daqui e escutará do outro lado sobre as mil e uma teorias acerca do mesmo assunto onde todos teimam serem os detentores da razão e esta não existe. A verdadeira razão... Simples, como só pensam no mal da pessoa do lado, não existe como perceberem que estão a agir da pior forma!

Sim, eu tenho andado quase há um mês a fazer um grande sacrifício para ir trabalhar porque acordo e logo fico com má disposição só por saber que vou para um local cheio de dinamite humana! Odeiem-se, invejem-se e discutam longe de mim para que possa ter dias bem melhores, por favor!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook