Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

É necessário «conter os contactos»

máscaras sociedade.jpg

António Costa apresentou ao país as novas medidas para combater o crescimento de novos contágios por Covid19 em toda a Europa e quando Portugal começa a entrar em valores de contágio acima do esperado. Estas novas regras irão entrar em vigor no próximo dia 01 de Dezembro, dia em que entramos de novo em Situação de Calamidade, mas para já os números começam a passar os 3 mil casos diariamente.  

Para já existe a recomendação para sempre que seja possível o regresso ao teletrabalho aconteça, sendo também pedida uma testagem mais massiva pelos próximos tempos numa ideia de precaução. Em discotecas, bares, visitas a lares e grandes eventos sem lugares marcados será necessário o teste negativo obrigatório. Já o certificado digital passa a ser obrigatório em restaurantes, estabelicimentos turisticos e alojamento local, ginásios e eventos com lugares marcados. Além destas recomendações também a utilização da máscara volta a ser obrigatória em todos os espaços fechados, deixando de ser uma opção em certos locais. Nas fronteiras o teste negativo é obrigatório para todos os voos que cheguem ao país, estando as companhias aéreas obrigadas a pedir o teste. 

Para mais tarde, de 02 a 09 de Janeiro, já se ficou a saber que o teletrabalho será uma obrigatoriedade, visto ser a semana após os festejos de Natal e Ano Novo, existindo só nessa altura a apelidada por "contenção de contactos". Também o recomeço das aulas será adiado para dia 10 de Janeiro e as discotecas serão encerradas temporariamente por estes dias de início de ano. Se estas medidas para Janeiro são suficiente para conter o vírus? Claramente que esta é daqueles erradas medidas que surgem já depois do mal estar feito. 

Máscaras para o frio

coronavirus-mascara-mascara-de-tecido-covid-19-159

 

No início da pandemia todos nos tivemos que habituar ao uso de máscaras na entrada em estabelecimentos e em locais de maior movimentação. Agora, mais de seis meses depois, o uso de máscara parece ser um bom complemento para combater o frio que se começa a fazer avisar para visitar Portugal em força daqui em diante. 

Neste momento já se começa a prever que as nossas caras tapadas irão continuar por uns bons tempos sem verem a luz do dia perante a sociedade, mas será isso mau de todo quando as máscaras que todos queríamos ver longe servirão para nos ajudar a proteger metade da cara das aragens e ventos mais gelados que surgirão quando enfrentarmos o Outono/Inverno em pleno?

Abaixo o Halloween

A noite de Halloween este ano calha precisamente de Sábado para Domingo, aquele dia em que me posso esticar até mais tarde ao serão por no dia seguinte ser tempo de descanso fixo do trabalho. Poderia pedir agora todos os aplausos do mundo, mas isso é tecnicamente impossível para a minha pessoa!

A sério que a noite em que todas as verdadeiras bruxas saem à rua fixa-se em 2015 mesmo pelo fim-de-semana para me colocarem em risco de chegar a casa sujo pelas bodegas com que tantos adoram brincar por aquela noite?

Odeio o Halloween, tal como odeio o Carnaval e trapel a sete! Poderemos dar um salto por aquela data para me poder divertir sem andar com mil olhos para onde quer que vá? Abaixo o dia das bruxas, ataque aos vampiros e fortes ventos contra os esqueletos humanos de uma só noite!