Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Alerta da União Zoófila

união.jpg

O grupo União Zoófila tem sido contactado por várias pessoas que têm encontrado várias "armadilhas" destinadas a ferir os animais nos parques da cidade de Lisboa. Ao que tudo indica, e olhando para as imagens, estas artimalhas de pessoas mal intencionadas são feitas de pão e pele de origem animal enrulados com pregos, parafusos e palitos de forma a atrair os canitos que com fome ou curiosidade podem sair magoados.

É necessário deixar o Alerta e Partilhar a mensagem para que todos possam estar atentos, sejam donos de cães ou amigos dos animais! Este perigo está a acontecer nos parques e jardins de Lisboa, mas em todo o lado a atenção é sempre necessária para que não aconteçam acidentes com os nossos patudos. 

Já passei pela Feira do Livro

feira do livro de lisboa 2022.jpg

Vamos situar no dia 25 de Agosto de 2022, o primeiro dia da 92ª Feira do Livro de Lisboa em que eu, Ricardo Trindade, fiz a minha visita pela tarde ao certame. Cheguei ao início da tarde, sensivelmente pelas 15h00, e percorri os corredores, bem longos este ano da Feira. Posso dizer que para uma tarde quente de Quinta-feira, a adesão estava bastante boa, com filas junto aos vários locais de pagamentos dos grandes grupos editoriais, com os visitantes a escolherem as suas obras e a comprarem. 

Encontrei, como é habitual, um ambiente tranquilo, com leitores espalhados por todo o recinto, aproveitando também os espaços de comes e bebes que estão disponíveis ao longo do Parque Eduardo VII para não nos faltar nada. Após uma primeira volta pela Feira, percebendo logo à partida onde iria regressar um pouco mais tarde, deixei-me conquistar por uma gelado pelas esplanadas do topo e desci até ao espaço do grupo Porto Editora / Bertrand Editora, onde decorreu pelas 16h30 o lançamento de um belo trabalho da artista plástica Ana Aragão que recorreu ao imaginário literário para embelezar a praça do grupo com referência a vários autores nacionais e internacionais, como é o caso de José Saramago, Fernando Pessoa e Sophia de Mello Breyner Andresen. 

Após o evento literário neste primeiro dia de Feira do Livro, fiz o estrago das compras e trouxe comigo O Apocalipse dos Trabalhadores, de Valter Hugo Mãe, com a promoção do livro do dia com 50%, e Baiôa Sem Data Para Morrer, de Rui Coceiro, com desconto de 20%, uma vez que é uma novidade, ambos com edição da Porto Editora. Já no espaço do grupo Penguin, comprei também em livro do dia com 40% Um Caso Perdido, de Colleen Hoover, numa edição Topseller.

Silêncio em torno da Feira do Livro

feira do livro lisboa 2022.svg

A 92ª Feira do Livro de Lisboa está prestes a começar e o silêncio em torno do evento este ano parece ser o lema privilegiado pela organização e várias editoras que marcarão presença no certame.

Ao contrário dos anos anteriores, o silêncio parece estar a ser o ponto chave na divulgação da programação do evento. As redes sociais da Feira do Livro pouco têm revelado, só adiantando datas - 25 de Agosto a 11 de Setembro -, o número de pavilhões - 340 - e os participantes - 140 -, sem revelarem muito da programação que será seguida ao longo das semanas, sem saírem as verdadeiras listas de lançamentos, as sessões de autógrafos, debates e eventos associados ao mundo literário, já para não falar da impossibilidade das listas diárias com os livros que estarão com descontos e promoções especiais.

Convites duplos | Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos

04 de Agosto | Teatro Politeama

mulheres à beira de um ataque de nervos.jpg

Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos é o atual musical que Filipe La Féria preparou para conquistar o público por mais uma temporada do Teatro Politeama. Inspirado no sucesso internacional de Pedro Almodóvar com o mesmo nome, nesta versão portuguesa, o produtor português conta no elenco com os atores Paula Sá, Rita Ribeiro, Carlos Quintas, Filipa Cardoso, Bruna Andrade, João Frizza, Filipe de Albuquerque, Élia Gonzalez, Fernando Gomes, Rosa Areia, Samuel de Albuquerque, Paulo Miguel Ferreira, Jonas Cardoso, Paula Marcelo que cantam ao vivo e também com oito bailarinos coreografados por Marco Mercier, e uma orquestra ao vivo dirigida pelo maestro Miguel Teixeira com direção vocal de Tiago Isidro. Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos é uma comédia musical passada nos anos 80 em Madrid, mas podes ficar a saber mais sobre este espetáculo no artigo que publiquei sobre o mesmo, aqui.

Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos no Teatro Politeama

mulheres à beira de um ataque de nervos

«Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos, da Broadway para Lisboa», é assim que Filipe La Féria anuncia o seu mais recente musical em cena no Teatro Politeama. Inspirado no sucesso internacional de Pedro Almodóvar, o produtor português trouxe até nós o musical que tem corrido vários palcos mundiais e que conta internacionalmente com alguns prémios, tanto pelo texto a cargo de Jeffrey Lane e música original de David Yazbek como pela prestação de algumas atrizes entre os vários elencos. Em Portugal o espetáculo estreou este ano com o elenco composto pelos atores Paula Sá, Rita Ribeiro, Carlos Quintas, Filipa Cardoso, Bruna Andrade, João Frizza, Filipe de Albuquerque, Élia Gonzalez, Fernando Gomes, Rosa Areia, Samuel de Albuquerque, Paulo Miguel Ferreira, Jonas Cardoso, Paula Marcelo que cantam ao vivo e também oito bailarinos coreografados por Marco Mercier, e uma orquestra ao vivo dirigida pelo maestro Miguel Teixeira com direção vocal de Tiago Isidro.

Mulheres à Beira de Um Ataque de Nervos é um comédia musical onde todas as mulheres olham para o amor de forma diferente, mas com esse mesmo amor têm consigo autênticos estados de desespero, trazendo alegria e alguns embaraços quando os nervos de uma se cruzam com as arrelias das restantes, estando o palco lisboeta em rota de colisão quando todas elas se encontram com os seus problemas, todos derivados aos sentimentos que nutrem pelos homens que se atravessam nas suas vidas. 

Numa história que decorre em Madrid dos anos 80 o público é convidado a conhecer Pepa, a protagonista diva do estrelato mas que vê o seu amante, o também ele famoso Ivan, terminar com a relação através de uma chamada telefónica. O drama, o horror e o desespero pela procura de explicações acontece a partir daqui. Só que ao mesmo tempo, Candela, a modelo amiga de Pepa, descobre que o seu amigo de cama dos últimos dias é um terrorista procurado internacionalmente. Candela recorre à sua grande amiga para se desenvencilhar dos seus problemas, quando Pepa já tem preocupações que cheguem, não fosse contar também com a ex-mulher tresloucada de Ivan, que vinte anos depois deixa o hospital psiquiátrico, e agora ronda a atual vida do marido, do filho e de quem os rodeia. 

Vem ai a 92ª Feira do Livro de Lisboa

feira do livro lisboa 2022.svg

É já este mês que a Feira do Livro de Lisboa assinala a sua 92ª edição. Será entre os dias 25 de Agosto e 11 de Setembro no Parque Eduardo VII que a grande concentração literária de Portugal acontece e claramente que irei por lá passar. Preparada e organizada pela Associação Portuguesa de Editores e Livreiros, a Feira do Livro decorrerá nos últimos dias de Agosto e início de Setembro transformando o espaço verde da capital num autêntico roteiro literário a que todos os amantes de livros não gostam de faltar. 

Este ano a Feira do Livro contará com trezentos e quarenta pavilhões, cento e quarenta participantes, uma vasta programação cultural onde se juntam os espaços de lazer e convívio onde é possível petiscar ao longo da visita, existindo como é hábito as sessões de autógrafos, conversas com autores e editores, debates, lançamentos e também concertos, tal como outros eventos envolventes com o mundo literário. 

Em 2021, com limitações na lotação do espaço de cinco mil e quinhentos visitantes em simultâneo, com entradas controladas, o certame recebeu cerca de trezentos e cinco mil visitantes ao longo dos vários dias, este ano, sem limites e imposições, a APEL espera alcançar novos e mais altos valores no que toca ao número de visitantes. Que assim seja, para que possamos mostrar que a literatura tem ganho novos leitores e reforçando a sua presença junto das novas gerações. 

 

ManiFESTA-te pela Leitura

E090BD54-2B98-45CB-852C-9B8888585C69.jpeg

Dia 22 de Abril celebra-se o Dia Mundial do Livro e este ano existirá um evento em Lisboa que celebrará todo o mundo literário, falo então do ManiFESTA-te pela Leitura que aconteceu em 2019 e devido à pandemia teve de ficar por organizar nos últimos anos.

Agora é através dum desfile a partir das 14h30 de Sexta-feira, 22, que partirá do Largo de Camões e seguirá pelo Chiado até ao Rossio, fazendo várias paragens para momentos de leitura em voz alta junto às livrarias que ficam pelo trajeto estabelecido, o ManiFESTA-te está de volta. A organização deste evento está entregue ao Plano Nacional de Leitura, PNL, e destina-se assim a celebrar o valor do livro, da leitura e da palavra antes e agora. 

 

 

Convites duplos | Ivo Lucas ao Vivo

Tivoli BBVA Lisboa

ivo lucas ao vivo.jpg

Ivo Lucas está de regresso aos palcos com três concertos únicos que se estão a realizar ao longo do mês de Abril no Teatro Sá da Bandeira, no Porto, a 02 de Abril, no Complexo Desportivo Santa Marta do Pinhal, no Seixal, a 22 de Abril, e a 29 de Abril, no Tivoli BBVA em Lisboa.

O cantor e ator tem vindo a preparar o seu regresso aos palcos com um concerto, onde entre outros, os temas Só Desta Vez e Senhora de Si, ao que se refere como «Um tema nascido em 2018, quando decidi falar sobre as minhas primeiras paixões. Ao contar esta história, no momento senti que a música só ganharia vida com a voz e interpretação da Carolina Deslandes, que tem uma forma muito própria e brilhante de contar histórias através da sua voz e escrita», revela sobre como Senhora de Si foi criado. 

Atualmente a trabalhar em televisão como um dos protagonistas da novela Amor Amor, da SIC, Ivo Lucas estreou-se e ganhou visibilidade junto do público na série Morangos com Açúcar, da TVI, não tendo parado desde então entre os palcos e os cenários da ficção nacional onde já integrou vários projetos, entre séries, novelas e filmes. 

Boeing Boeing aterrou no Teatro Politeama

Se tivesse de descrever o espetáculo Boeing Boeing em poucas palavras só o podia fazer com o cruzamento de comédia, diversão, talento e trabalho. Boeing Boeing é uma das produções que a Yellow Star Company adaptou para Portugal há uns anos e desde então que todos os anos tem sido encenada e enchido as salas de espetáculos de todo o país com sucessivas temporadas de sessões esgotadas. Os elencos podem rodar, o encenador alterar e o local da sessão ser em qualquer cidade ou vila do país e o certo é que esta divertida comédia está tão bem criada, do texto ao elenco, que o riso gera aplausos num hilariante trabalho que não deixa ninguém indiferente por onde tem passado.

Agora, após várias temporadas bem sucedidas, Boeing Boeing está de volta a Lisboa e aos palcos, onde pode ser visto no Teatro Politeama com um elenco de rostos que já passaram em anos anteriores por esta produção e com novos nomes a reforçarem o bom trabalho feito. Com um cenário de uma sala de uma qualquer casa, o espaço mais parece um porta-aviões recheado de amor para dar a três hospedeiras que se apaixonam, sem saberem, pelo mesmo homem, que as engana com promessas de amor eterno. O pior acontece quando as três desconhecidas percebem que não estão sozinhas na vida do seu noivo e o que parecia controlado com horários e escalas parece descarrilar para desespero de Bernardo aquando o momento em que o embate das três na mesma casa acontece.

Com António Camelier, António Machado, Carolina Puntel, Liliana Santos, Núria Madruga e Teresa Guilherme no elenco, sendo que a sessão a que assisti Teresa foi substituída de forma fantástica pela atriz Sónia Lisboa, Boeing Boeing tem tudo o que de essencial tem de existir numa comédia que é feita para que o público deixe por umas horas os seus problemas de lado para embarcar neste voo de enganos, embaraços, desaforos e contradições entre um homem com o coração bem grande para o partilhar com três bonitas mulheres, o seu amigo solteirão capaz e pronto, caso deixasse, para lhe dar uma ajuda com as noivas, e uma governanta em casa, com todos os segredos do patrão consigo, andando esta senhora numa correria entre os sabores do Brasil, de Itália e Alemanha, consoante os voos que chegam e partem para não se atrapalhar no agradar a cada menina e não falhar com o senhor que tanto ama e engana as suas hospedeiras de bordo que andam bem enredadas por amor.

Convites duplos | Boeing Boeing

27 de Março | Yellow Star Company

boeing boeing.jpg

Queres assistir a uma boa comédia numa das salas mais emblemáticas de Lisboa? Queres perceber como os atores António Camelier, António Machado, Carolina Puntel, Liliana Santos, Núria Madruga e Teresa Guilherme se apresentam em palco? Com encenação de Sofia de Portugal e produção da Yellow Star Company, Boeing Boeing está de volta para levantar voo pela nossa capital e colocar o público do Teatro Politeama bem disposto ao longo de duas horas.

E tu, que não viste ou queres voltar a ver este divertido espetáculo tens aqui uma oportunidade de assistir à sessão de Domingo, 27 de Março, pelas 21h00, apresentando-te na sala frente a um renovado elenco que faz assim surgir de novo esta comédia pelos palcos nacionais, após várias temporadas com centenas de sessões esgotadas de Norte a Sul do país. Para tentares a tua sorte convém seres seguidor d'O Informador no Instagram e partilhares no teu InstaStories uma das imagens do cartaz do concerto que se encontra disponível nos Destaques e mencionares O Informador e três amigos nessa mesma partilha. De seguida basta preencheres o formulário - AQUI - onde só é permitida uma participação por endereço de e-mail. Esta oportunidade irá estar disponível até às 23h59 do dia 26 de Março, e nesse dia serão revelados os nomes dos vencedores nesta mesma publicação, sendo o sorteio feito através de sistema automático. Os premiados serão contactados via email com as recomendações para o levantamento dos bilhetes acontecer nas melhores condições.

Boa sorte!