Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Literatura em pausa

  Eu, Ricardo Trindade, conhecido na blogosfera como O Informador, venho publicamente assumir que sensivelmente entre o início da segunda quinzena de Maio e o final da quinzena inicial de Junho me portei um pouco mal como leitor assíduo.  Reconheço aqui que férias além fronteiras - Paris -, trabalho, séries, afazeres diários e a preparação para o Clube de Leitura na Feira do Livro de Lisboa no espaço do grupo Porto Editora sobre a obra de Danielle Steel, deixei um pouco de (...)

Ainda bem que não fui de férias

Nos últimos anos as minhas férias de Verão têm sido marcadas para acontecerem pelo mês de Junho, na primeira ou segunda quinzena. Desta vez e porque tinha alguns compromissos que me obrigavam a estar ao longo destes dias pela zona, marquei as férias para as últimas semanas de Julho e parece que foi a melhor opção. O tempo que se tem feito sentir este mês tem estado longe do que tenho apanhado pelos outros anos, onde o sol acorda com o dia e só adormece com o anoitecer, ajudando (...)

Onde ir de férias?

Costumo tirar férias em Junho, este ano, como tenho compromissos importantes - uma despedida de solteiros e um casamento - nas datas em questão, os dias de descanso tiveram que ser adiados para o final de Julho. Agora ando em busca do local e dos preços perfeitos e a coisa não está assim tão fácil! O que se consegue fazer pelo mês de Junho por um preço, trinta dias depois mais que triplica, isto falando de locais em Portugal ou Espanha com a praia como destino. Os preços sobem em (...)

Obrigado a todos!

O Informador nasceu em Novembro do ano passado e desde aí tenho visto um crescimento sustentado no trabalho que tenho feito e de mês para mês tudo me tem dado forças para continuar com este projeto da forma a que me tenho dedicado desde o início. Mas em Junho, o mês que está mesmo a terminar, os meus valores passaram de bons a muito bons! Obrigado! Quero agradecer a todos os que têm visitado este meu espaço aberto ao mundo e que têm contribuído para o seu crescimento. Desde o (...)

A chatice da marcação das férias

Todos os anos acontece a mesma coisa na minha empresa quando chega o momento de se marcarem as férias para o próximo ano! Mais uma vez, os problemas acontecem, desta vez só porque o patrão gosta de ser do contra e ter tudo à sua maneira. Depois de em alguns anos os problemas terem acontecido devido a marcações de férias nos mesmos períodos por várias pessoas, tendo sempre que alguém ficar com o descanso em alturas que não queria, este ano, e tal como o ano passado, o problema (...)