Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

wook-natal-billboard

Do elefante para o pássaro

De Jumbo para Auchan

22
Set19

auchan.jpg

 

O grupo Auchan resolveu deixar cair recentemente as marcas Jumbo, Jumbo Box e Pão de Açúcar para tornar todas as lojas Auchan. E o engraçado disto tudo é perceber que o grupo, que não é líder, estando somente na preferência dos portugueses atrás do Continente (Sonae) e Pingo Doce (Jerónimo Martins), deixou de ter como imagem de marca o forte elefante com o trevo de quatro folhas na tromba para ter um pequeno e frágil pássaro. Passaram de reis a voadores sem rumo?

Será com uma imagem que reduz o poder e porte da anterior que mostrarão a força que querem impor no mercado? A Jerónimo Martins aboliu a certa altura a marca Feira Nova para juntar tudo com a forte insígnia Pingo Doce, a Sonae deixou o Modelo e Bonjour para só existir a grande marca Continente. O grupo Auchan deixou agora tudo de lado para deixar as suas lojas com o nome da própria empresa mãe que não é assim tão influente.

Qual será o objetivo se tudo continuou igual, agora com um nome mais internacional, um slogan pouco apelativo - «Militantes do Bom, São e Local» - e a figura de um animal sensível para deixar cair a força da imagem anterior que podia ser perfeitamente renovada para os tempos modernos?

Mercadona, de Espanha para Portugal!

26
Jun16

mercadona.jpg

Mercadona é um dos grupos comerciais mais fortes de Espanha e agora está a fechar os últimos acordos para entrar em força no mercado português com a finalidade de fazer frente às empresas nacionais responsáveis pelo Pingo Doce, Continente e Jumbo! 

Com o mercado do país vizinho conquistado há alguns anos, agora será a vez de chegarem a Portugal para afirmarem que o cliente é quem manda na hora de comprar!

Com um investimento inicial previsto de 25 milhões de euros e a criação de mais de duzentos postos de trabalho pela primeira fase nas grandes cidades a acontecer em 2019, como está programado, o grupo Mercadona pretende iniciar pelo nosso pais a expanção internacional da empresa com o objetivo futuro a piscar os olhos a outros territórios. 

Café nespresso é café nespresso

19
Jan13

Há anos que a máquina de café cá de casa é uma Nespresso, um dos primeiros modelos que apareceu e enquanto esta durar não se vai mudar, nem de máquina e muito menos de marca da cafeína.

Nas últimas semanas e antes de voltar à boutique para comprar novas cápsulas, comprei  café de marca branca dos supermercados e também experimentei os novos cafés Nicola de que até gostei, mas confesso, o café Nespresso é o café Nespresso e não há volta a dar.

O original é sempre melhor que a cópia e neste caso isso aplica-se mesmo, posso beber muitos cafés de diversas marcas naquela máquina, mas o verdadeiro e o que sai mesmo perfeito como um bom segredo dos deuses é o que me levou a comprar aquela máquina há uns anos e de que não me arrependo nada.

As marcas brancas dos supermercados não aconselho, bebem-se, mas não é do que mais gosto mesmo. Já os novíssimos da Nicola, são bons, saborosos e até têm um certo sabor bem característico, mas não chegam à qualidade dos da Nespresso que não troco mesmo, só para tapar os buracos por uns dias é que compro o da concorrência, porque de resto... Não! Não! E não!

Carro não gosta de combustível barato

22
Dez12

Devido à crise que anda por aí tenho colocado à largos meses gasolina nos postos de combustível dos supermercados, poupando assim uns euros, mas agora tenho reparado que o meu carro não anda a gostar de tal abastecimento.

Nos últimos dias tenho reparado que o que é dito acerca dos combustíveis das marcas brancas acontece mesmo. O meu carro tem andado com soluços quando lhe coloco gasolina numa bomba de combustível mais barata. 

Sempre me disseram para não ir àquelas bombas e que valia mais pagar mais e não estragar o carro e agora é que começo a ver que tal é mesmo verdade. Poupa-se na conta bancária quando se abastece, mas gasta-se a longo prazo se for necessário depois arranjar algo provocado pela gasolina meio falsificada.

A partir de agora vou começar a só deixar o meu automóvel com gasolina das marcas oficiais para ver se a coisa volta ao normal e deixo de ter algum receio com os soluços que tenho sentido quando começo uma viagem.

Poupar com as marcas brancas de combustível parece não ser a melhor solução para andar em segurança nas estradas nacionais.

Constrangedor é ter cartão não autorizado

04
Dez12

Com dinheiro na conta e com um cartão que nunca deu problemas, tudo parecia estar bem, mas desta vez nas bombas de combustível do supermercado Jumbo, tive o problema que ao apresentar o meu cartão do Banco Espírito Santo, este resolveu aparecer com a mensagem «não autorizado». Algo constrangedor, não?!

Depois de me ter enganado no código porque ao fazer o pagamento o dedo fugiu para o lado e de ter que repetir o processo, a senhora mostra-me o visor de pagamento e lá estava a mensagem que não gosto nada de ver. Sabia que tinha dinheiro, mas depois de ter que repetir o processo de colocar o código por duas vezes e com carros já atrás de mim para também pagarem, resolvi pagar a dinheiro e seguir viagem.

Não gosto nada que estas coisas me aconteçam porque acabo por ficar com vergonha. Mas já não é a primeira vez que tal me sucede. Lembro-me que quando comecei a andar com o meu próprio cartão de multibanco que isto me aconteceu, mas dessa vez porque o cartão ficou com a banda magnética avariada. Com esse conseguia levantar dinheiro, mas não conseguia fazer pagamentos. Na altura, fui à Caixa Geral de Depósitos e fiz um segundo cartão para se um avariasse ter o outro.

Agora eu sabia que estava tudo bem e depois fui confirmar e realmente estava tudo bem, com dinheiro na conta e com o cartão em bom estado, mas pronto, tive que passar por mais uma vergonha desnecessária e sem querer. Malvado cartão que me deixou constrangido!