Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

10
Mai19

Sabores da vida

O Informador

sabores.jpg

 

Ao longo da vida vai sendo normal criar uma certa ligação com certos sabores que por vezes chegam, permanecem e ficam somente na memória. Sabores que marcam e que ficam, mesmo que sejam procurados ao longo dos tempos e jamais encontrados. 

Lembro tão bem o sabor de um iogurte de baunilha que comia em criança e que desapareceu do mercado, sendo substituído por outras gamas da mesma marca. Ao longo dos tempos, já décadas, aquele sabor a baunilha sempre permaneceu, já comprei várias iogurtes com o mesmo aroma mas nenhum conseguiu ter aquele sabor que se tornou sempre especial e que parece inexistente nos dias que correm. Sei que baunilha é baunilha mas a composição daqueles iogurtes deveria ter um toque especial que ficou na memória do meu paladar para sempre. Ainda agora, a escrever este texto, me surge aquela ideia que tenho de agrado ao saborear aqueles iogurtes.

A par disto existem também alguns pratos que posso comer em variadíssimos locais mas que em nenhum consigo encontrar a fórmula perfeita como a minha avó os cozinhava. Aquele sabor especial, o toque de midas, e o cheiro eram diferentes e por mais que coma e tente encontrar a aproximação da receita perfeita não consigo lá chegar. Existia uma porção mágica que jamais voltarei a encontrar.

08
Jun18

Alimentos consumíveis fora de prazo

O Informador

alimentos.jpg

Já passaram três anos desde que publiquei a lista de alimentos consumíveis fora de prazo. Agora sou surpreendido com um novo estudo do Conselho de Defesa dos Recursos Naturais que resultou da parceria com a Universidade de Harvard, onde novos alimentos podem ser consumidos após o seu prazo de validade ter terminado.

Em 2015 a lista do que pode ser ingerido já fora da data limite, embora sempre com alguma atenção, continha chocolates, iogurtes, batatas fritas, ketchup, pão, arroz, ovos, frutas e vegetais. Agora, em 2018, vamos mais longe e ficamos a saber novos produtos que passo a citar e a opinar sobre se consumia ou não estes elementos de acrescento. 

O Azeite, geralmente com data de consumo para um ano após a sua produção, pode ser consumido após o prazo, isto dependendo do local onde é guardado para melhor ser conservado. Olhando para uma garrafa de azeite não lhe vejo mal algum se tiver de servir de tempero a uma salada mesmo que o seu prazo tenha terminado. 

As deliciosas Bolachas também têm datas limites, no entanto, os especialistas revelam que se as embalagens não forem abertas, o prazo poderá ser prolongado, uma vez que não existe assim possibilidade de ficarem moles e de ganharem cheiro. Quantas vezes já não terei comido bolachas já mais moles que o habitual e de certo fora de prazo? Comi e estou cá!

16
Mai17

Os novos cremosos da Yoggi

O Informador

yoggi cremoso.jpg

A Yoggi acaba de lançar uma novidade que vai de encontro a produtos concorrentes que já nos são familiares. Eis chegado ao mercado na gama Yoggi Cremoso a união da Maça com a Canela.

A Nestlé Portugal reforça assim a sua oferta Yoggi sobre a assinatura «tão cremoso, cheio de prazer...». Além do lançamento do Cremoso Maça Canela existe também a renovação de imagem de toda a gama de iogurtes que chegam a partir de agora ao mercado com um design mais jovem, divertido e que pretende abrir o apetite ao consumidor. 

28
Fev16

Delícia de Maça e Canela

O Informador

danone_novos.png

Ainda há uns dias provava o novo e de edição limitada Oíkos Caramelo e hoje já estou em condições para revelar que se um sabor é bom, existe outro ainda melhor! Ah pois é, meus caros! O também novo, também de edição limitada e também delicioso Oíkos de Maça Canela é uma verdadeira maravilha que a Danone lançou para o mercado! Adorei!

22
Fev16

Delícia de Caramelo

O Informador

oikos caramelo.jpg

O ser que adora doces mas que nem é assim tão fã de Caramelo provou o novo e de edição limitada Oíkos da Danone e só tenho uma coisa a dizer... Comi um, comi dois, comi três e comi os quatro em menos de vinte e quatro horas! Uma verdadeira delícia em formato iogurte! Agora falta provar o de maça-canela e também o de café, sem deixar o de Caramelo para trás porque o que é bom é para repetir!

19
Jan16

Reforço ao pequeno-almoço

O Informador

Sempre, desde pequeno, que o meu pequeno almoço foi feito de forma rápida e com pouca coisa, geralmente leite e nada mais, só tendo o acrescento do café quando alcancei uma fase da adolescência em que já era autorizado a tomar cafeína. Nos dias que correm a primeira refeição não tem sido muito diferente da dos vinte e tal anos anteriores. Porém, ando em mudanças!

Pois é, de há uns dias para cá a solitária caneca de leite quente sem açúcar tem dado lugar a outro tipo de alimentação onde a junção vai sendo feita aos poucos e também para que o tempo que tenho para me despachar de manhã não seja muito alterado. Iogurte misturado com frutas e sementes, nestum com uma junção de bolacha maria, sumos naturais e torradas.

Diariamente tenho tentado, de há uma semana para cá, alterar o conteúdo do pequeno-almoço, não me ficando pelo leite aquecido no microondas de forma rápida para consumo rápido também. Não sei se esta pequena mudança, que ainda não é suficiente, na primeira refeição diária é ou não a casa, mas o que é certo é que tenho ido trabalhar com uma outra disposição. É certo que quando entro ao serviço fico com algum mal-estar rotineiro, mas tenho-me sentido bem melhor a sair de casa.

05
Jul15

Gregos que passaram a Oikos

O Informador

oikos.jpg

Pensando talvez no que poderia estar para vir, há uns meses a Danone alterou o nome dos iogurtes Grego para uma palavra de origem grega mas que não tivesse tanto destaque. A partir da mudança os saborosos Grego passaram a ser chamados de Oikos, com direito a "k" e tudo, tal como a Troika. 

Qual deverá ter sido o verdadeiro motivo para tal alteração de nome? Como a atual situação do povo grego dentro e fora da moeda única já se vinha a antecipar há muito e a marca de iogurtes teve tal percepção antes da queda do monopólio que havia sido construído, a mudança essencial foi feita exemplarmente antes de tudo desmoronar. 

Quem quer um Oikos de origem grega, onde o bom sabor autêntico da cremosidade de um iogurte impera sem olhar a dinheiros e fundos comunitários?

30-a-50-nobel-literatura-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook