Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

25
Fev18

Chocolate pode acabar

O Informador

chocolate.jpg

Os especialistas nas mais diversas áreas costumam dar mais boas do que más notícias, mas desta vez li um artigo onde revelam que as alterações climáticas poderão fazer com que seja quase impossível cultivar uma planta de cacau em 2050. Esta conclusão chega através de um estudo da National Oceanic and Atmospheric Administration, a agência norte-americana responsável pelo estudo da atmosfera e dos oceanos.

Com as temperaturas a aumentarem ao longos dos anos e as épocas de chuva a não conseguirem compensar a perda de humidade, os principais países produtores de cacau - Costa do Marfim, Gana e Indonésia - terão um aumento estimado de dois graus até 2050 e podem ficar assim sem as condições necessárias, de temperaturas uniformes e humidade elevada. A conclusão mostra que 89,5% das principais regiões de cultivo de cacau deixarão de ser apropriadas para esse efeito ao longo das próximas décadas. 

A partir de agora e para que os loucos fãs de chocolate, como eu, não comecem já a delirar com o que poderá acontecer daqui a trinta anos ficam as boas notícias. Estratégias de mudança começam a ser testadas e existem mesmo grandes fabricantes mundiais da indústria achocolatada que já iniciaram estudos sobre novos métodos de cultivo da planta do cacau. 

26
Dez14

Comer, Orar, Amar

O Informador

Comer Orar AmarUm livro bem aplaudido pela crítica e que acabou por ser um tormento pelo meu percurso literário dos últimos anos! Demorei semanas a ler Comer, Orar, Amar, estando a arrastar este livro pelos meus serões e tempos livres por ter uma história lamechas e ser o típico romance feminino de paixões e encontrões na vida.

O destino de Elizabeth, que vai retratando a sua viagem espiritual por Itália, Índia e Indonésia, é revelado de forma maçadora ao leitor que é levado a conhecer os três países e as suas culturas na perspectiva de uma mulher frágil e em busca de uma mudança profunda na sua vida.

O passado com dor amorosa, traumas e presságios é levado para esta viagem na busca essencial do interior que aos poucos vai sendo moldado graças aos vários modelos de meditação encontrados através de diferentes gurus e sábios espirituais. A auto descoberta, a busca do divino de si e do mundo fazem parte desta narrativa que parece quer mudar os leitores que sofrem com casamentos infelizes, depressões e fraca auto-estima.

Este é um romance de viagens que ajuda a conhecer um pouco das raízes por onde Liz vai passando, no entanto Comer, Orar, Amar não me conseguiu convencer minimamente. Este pode ser considerado o livro dos sentidos através da gastronomia, tradições e experiências, porém nada me conseguiu conquistar nesta viagem de amadurecimento e ascensão pessoal onde se tenta deixar para trás as vivências dolorosas e de esperança através da força e coragem da sua autora.

Um livro fraco que mesmo assim deu origem a um filme que fez sucesso quando estreou pelos cinemas mundiais! Costuma-se dizer que as histórias literárias quando são adaptadas para a grande tela que acabam por perder a sua essência, no entanto neste caso parece-me que o filme ficou melhor que o livro!

Uma obra que não recomendo nem ao menino Jesus!

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Mais comentados

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook