Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

banner-livros-de-terror-billboard

Greve dos motoristas vs. Ganhos extras

12
Ago19

greve motorista.jpg

 

A greve dos motoristas de matérias perigosas, e não só, começa hoje e é por isso que tenho somente um ponto a destacar contra os senhores que tanto protestam pelos seus direitos e por melhores ordenados. Vamos lá ser sinceros, uma coisa é o que se queixam de ganhar ao final do mês de forma leal, com direito a descontos e afins como todos os trabalhadores dos mais diversos setores. Outra diferente e que ninguém comenta vai de encontro aos rendimentos que são obtidos por fora, como um saco azul, amarelo ou da cor que lhe quiserem dar, por muitos destes mesmos motoristas. Isto existe e somente quem não quer ver acredita no mundo mágico de que tudo no setor dos transportes é feito de forma legal, seja nos pagamentos, horas de trabalho, contratos e afins. 

Será que nos querem mesmo fazer crer que os ordenados, subsídios e horas que são apontados na folha de ordenado a cada mês mostra os verdadeiros pagamentos recebidos? Claro que não e todos sabemos que os extras que vão em direção a cada carteira existem nas mais diversas empresas do sector, tal como em outros. Percebo esta greve com tanto desabafo e boas intenções no futuro, mas tudo não passa de uma preparação para as reformas da maioria das pessoas que andam dia após dia a conduzir transportes pesados de mercadorias. Sim é um esforço, sim é uma responsabilidade, mas também é sim o facto de ganharem bem só que nem tudo entrar nos descontos que são revelados aos serviços financeiros do país. Agora que os anos para a paragem aproximam-se, muitos começam a perceber que aqueles extras que lhes foram atribuídos durante anos não irão contar em nada no que irão receber enquanto reformados.

IRS despachado

05
Abr16

Aparentemente, depois da não compressão da facilidade inicial, eis que num instante consegui despachar o preenchimento do IRS pela internet. Verdade seja dita que antes da tentativa final andei a vasculhar, li alguns artigos pelos blogs e ainda tive de instalar a mais recente versão do Java. 

Pelos primeiros dias da abertura da possibilidade de envio da declaração, tentei ficar despachado deste tema e embora de forma provisória, que terei de confirmar daqui a uns dias, parece que tudo já está feito para não ter de pensar mais. 

Duas coisas positivas! Além de aprender sozinho uma coisa fácil de fazer, fiquei a saber que pelo terceiro ano consecutivo conseguirei ganhar mais do que no ano anterior e também mais do que o esperado na hora de receber os euros a que tenho direito de 2015.

Complicado IRS

02
Abr16

Pela primeira vez vou fazer o IRS pela internet e vou tentar fazer tudo em casa, só que já fiz uma primeira tentativa e as coisas não estão totalmente preenchidas como dizem.

As áreas em que existem despesas inseridas ao longo do ano não aparecem automaticamente preenchidas, tendo de colocar códigos, não encontrando todos os que necessito. Encontro o da saúde, mas depois o das despesas gerais, hospedagem, restauração e afins nem sinal deles e a ajuda também parece não constar nessa área de forma explicativa. 

Prometo que pelos próximos dias tentarei de novo e terá de ficar feito, tendo é algum receio de errar e submeter os dados com alguma das áreas em falta.

Sobe o IVA... Que bom!

30
Abr14

Sim, todos nós precisávamos de uma subida do IVA que já estava baixo e agora sobe 0,25%! Isto sempre foi o sonho de qualquer contribuinte e agora sim faz sentido andarmos felizes com tantos pagamentos e despesas! As coisas já não estão fáceis pelo país com tanto corte e ajustes e agora ainda se lembram de colocar mais uma subida, a que chamam de ligeira, do imposto!

Dos 23% iremos passar a pagar 23,25% sobre a grande maioria dos produtos, referindo-se a senhora ministra das finanças a este aumento como sendo uma necessidade que irá ser aplicada no sistema nacional de pensões. Se agora as coisas continuam a andar para trás como iremos ficar daqui a dez anos em que as despesas vão continuar a existir e os impostos irão aumentando, mesmo contra a opinião de alguns economistas e mesmo de ministros?

O senhor Paulo Portas afirma que o IVA devia baixar, já a senhora dona do dinheiro Maria Luís Albuquerque revela o contrário! Ela sabe melhor que ele como estão as contas do país e como a generala manda, a decisão está tomada. Que opinião terá Vítor Gaspar sobre este aumento de impostos que também lhe irá tocar, embora não lhe afecte tanto como a mim?

A subida do IVA ao ser anunciada já causa regressão económica no país porque o psicológico nestes casos acaba sempre por levar a melhor sobre a necessidade, como tal quero ver o que irão fazer quando daqui a uns tempos perceberem que estas ligeiras décimas, como um dos secretários de estado afirma, não surtiram efeito positivo rigorosamente nenhum!

O IVA aumenta, o TSU aumenta, os produtos aumentam e as mentiras continuam! Ah, já agora, os funcionários públicos também têm que voltar a tremer porque está a chegar mais uma roleta de despedimentos!

E é este o último grande capítulo do circo político e económico de Portugal!