Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Primeira visita à Feira do Livro de Lisboa

Domingo, 27 de Maio de 2018, visitei pela primeira vez a edição deste ano da Feira do Livro de Lisboa. A intenção não era comprar porque o pensamento sobre adquirir livros está virado para a Hora H que este ano realiza-se de Segunda a Quinta-feira entre as 21h00 e as 22h00, uma hora mais cedo que o habitual nos anos anteriores. A visita foi feita na tarde de Domingo, o tempo estava agradável e convidativo para que se visitasse o Parque Eduardo VII e se andasse de stand em stand a (...)

Irei à Feira do Livro de Lisboa

Longe estou de Lisboa neste momento, no entanto para a semana, quando a rotina voltar à normalidade, lá irei até à Feira do Livro de Lisboa, como sempre, para aproveitar ao serão a Hora H e levar uns saquitos literários para casa com os produtos em manchete pelo local. Gosto de ir até ao evento logo pelos seus primeiros dias mas este ano, (...)

Cagaram-me na cabeça!

Não tinha outra forma de colocar em título senão o "cagaram-me na cabeça" porque foi mesmo isso que aconteceu! Acabei de levar com líquido das necessidades de uma qualquer gaivota na cabeça! Como se não bastasse e como aquele tipo de animal não é meigo a despejar, conseguiu ainda espalhar a sua nhanha para a mochila e telemóvel!  Caca de gaivota para mim e para as minhas coisas! Yupi!

Quando visitarei a Feira?

Visitar a Feira do Livro de Lisboa pela tarde ou há noite a pensar na hora h? Geralmente vou para a feira duas vezes ao longo de toda a edição e pela noite, pensando na hora em que os descontos com os livros que já têm mais de ano e meio de edição estão em prática. No entanto e porque cada vez mais alguns dos grupos editoriais fogem à famosa hora h, não sei se compensará aguardar assim tanto pelo serão para fazer as compras literárias deste ano! O grupo Leya não faz esta (...)

Feira do Livro Lisboa 2014

A Feira do Livro Lisboa 2014 já começou e O Informador já lhe fez a sua primeira visita de reconhecimento e observação do espaço! O que dizer sobre o primeiro impacto? Está mais fraca que nos anos anteriores, mesmo existindo uma forte tentativa da organização em modificar o espaço e as atracções que o envolvem. No geral dá para perceber que existe uma boa tentativa de renovação ano após (...)

A ler Quando Lisboa Tremeu

Um livro que já queria ler há algum tempo e que só agora me vai fazer companhia. Falo do sucesso de Domingos Amaral, Quando Lisboa Tremeu. O terramoto de 1755 é a base histórica deste romance e através de factos reais que se cruzam com uma história criada pelo autor que me conquistou com Verão Quente, há uns meses, lá vou entrar na Lisboa de outros tempos, de outros costumes (...)