Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Mais que é menos

  As últimas semanas da minha vida, devido ao estado de confinamento que todos atravessamos, têm-me dado mais tempo livre e muito no sentido do "sem nada para fazer", o que não significa que tenha estado mais entretido com os meus interesses de tempos livres dentro de casa. Sim, ao contrário do pensado, mais tempo livre não significa melhor ocupação desse mesmo tempo, não conseguindo arranjar conteúdo decente para passar a maioria das horas extra que agora estão ao dispor como (...)

Baralhado com os dias

  A verdade é esta, com tanta troca de horários, do podemos sair ou ficar fechados em casa, tenho a confessar que existem dias em que me sinto totalmente trocado com as horas do dia e mesmo se estamos no início da semana ou final. Tenho dado por mim a dar o "bom dia" quando já estamos a meio da tarde ou também a "boa tarde" quando ainda nem são 10h00 da manhã. Existe também o fenómeno de mentalmente acreditar que as Quartas-feiras por vezes são Segundas ou que os Sábados são (...)

Relógio alterado sem sentido

  A hora mudou esta noite para o horário apelidado de Inverno, quando eram 02h00 voltamos às 01h00 e sabem no que isso resultou em mim? Acordei mais cedo do que o desejado, tendo acordado por volta das 07h10, quando o horário de entrada no trabalho é pela 11h30.  Deitei no horário habitual e geralmente acabo por acordar antes do despertador dar o seu alerta, mas hoje o desfasamento entre a necessidade e o que aconteceu foi ainda maior, sobrando bom tempo para poder fazer tudo e (...)

Não fazer nada...

  Quando se afirma que a intenção é «Não fazer nada!» então é mesmo ter consciência que durante um certo período de tempo o lema «Não fazer nada!» tem de ser levado a sério! Foi assim que passei os meus dois últimos dias de folga! Geralmente crio ideias do que fazer, onde quero ir, como ocupar tempo, mas desta vez optei por estar livre, sem pensamentos sobre como passar cada hora. Na verdade não tinha intenções para ocupar os dois dias, como tal deixei-me levar mas na (...)

Horários descontrolados

  Um ponto dos comportamentos dos outros que me deixa descontrolado é a falta de disciplina para com horários. Odeio que me façam esperar mas gosto ainda menos que me digam que tenho de estar em determinado local mas que não sabem quando posso ficar despachado porque do outro lado não sabem regular se vão mais cedo ou mais tarde. Informam que podem aparecer a partir daquela hora, mas isso não invalida que apareçam cinco horas depois ou que nem apareçam.  Isto tem acontecido (...)

Cumprir horários é bom!

  Odeio chegar atrasado onde quer que vá e perante qualquer combinação. Se existem compromissos e horários a cumprir então há que os levar a sério. Com isto e porque se sou exigente comigo também o tenho que ser para com os outros. Quem falha uma vez e duas vezes e o contínua a fazer porque não consegue cumprir e sabe que só perde com isso, somente prova que não pretende mesmo mostrar ambição para ser uma pessoa cumpridora. Se não conseguem ter horários quando os combinam (...)

Fim da mudança de hora

A discussão já vem detrás, mas agora parece ser tida a conta. A Comissão Europeia irá colocar a votação uma proposta para acabar com a mudança de hora, seguindo a vontade da maioria da população que num estudo mostrou que mais de 80% dos europeus prefere que as alterações de horário entre o Inverno e o Verão terminem.  Com isto e caso a votação venha a ser positiva, o horário de Verão será mantido, fazendo com que ao longo do Inverno o dia se inicie mais tarde, com o (...)

Curtas e Diretas | 118 | Horário

O meu horário de trabalho é das 08h00 às 12h30 e das 13h30 às 17h00, sendo bem raro sair pela hora exata ao final do dia. Quando isso não acontece quem fica parece não achar bem que se termine o dia no horário exato. Afinal de contas não ganho isenção de horário e existem dias que percebo que não preciso de ficar mais um pouco para adiantar trabalho. Existe mal em sair a horas de vez em quando? ( Ve (...)

Umas horas +/-

Habituado a sair do trabalho ao final da tarde durante dez anos parecia que quando chegava a casa os minutos que sobravam entre tomar banho e o jantar esticavam e davam para fazer tudo e mais alguma coisa. Agora que tenho aproximadamente duas horas e meia livres ao final do dia o tempo passa a correr e nem me consigo concentrar num afazer concreto nesse espaço. Pois, na verdade não sei que se passará para ter bem mais tempo livre durante a tarde e mesmo assim conseguir ter a proeza de (...)

Não te esqueças de atrasar o relógio!

Importante relembrar que pela próxima noite, de Sexta-feira para Sábado, poderás dormir mais uma hora, caso não te esqueças de atrasar o relógio por uma hora, entrando assim no horário de Inverno que ficará a decorrer pelos próximos meses.  ( Ver (...)