Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

24
Jan20

Casinos: uma ótima opção para a música

Foto por Outi-Maaria Palo-oja / CC BY 2.0

 

Não é fácil passear por muitas cidades de Portugal sem encontrar um casino. Atualmente, há mais de 10 a funcionar no país, e podemos encontrar estes núcleos do entretenimento em lugares famosos como Lisboa, Funchal, Vilamoura, Estoril, entre outros. Além dos jogos que oferecem, os casinos são conhecidos por serem um passatempo famoso e tradicional em Portugal. E parte da sua boa reputação também está relacionada com os concertos realizados frequentemente por lá. De norte a sul do país, e também na Ilha da Madeira, os casinos localizados em Portugal são o palco de muitos dos principais concertos sediados em território nacional.

 

Casino Lisboa

As semanas com concertos grátis já são uma tradição no Casino Lisboa. O “Arena Live” do ano passado, por exemplo, contou com músicos como Miguel Angelo, Matias Damásio, The Black Mamba, Áurea e vários outros que encantaram as noites da capital portuguesa.

Como não podia deixar de ser, o novo ano de 2020 começou com o Casino Lisboa a sediar vários concertos. Em Janeiro, o Casino Lisboa recebe o “Música Ao Vivo”. De Quarta a Sábado com dois horários de atuação, a Arena Lounge tem apresentações de diferentes géneros. Entre as bandas residentes, constam Miss Manouche, Ru Vasconcellos, Chronicle News, Kilôko e Dynamite. Além dos concertos, em Janeiro o Casino Lisboa também conta com animação de novo circo.

De todas as bandas que aqui se apresentarão, destaque para os Dynamite, com espetáculos marcados para os dias 29 de janeiro a 1 de fevereiro. Com um estilo variado, a banda dos músicos Petta, João Pestana, Celestino Dias, Ricardo Santos e Pedro Rio Maior apresenta um repertório composto com Jamiroquai, James Brown, Bob Marley e diversos outros clássicos da música mundial.

 

Casino Estoril

O Casino Estoril também é outro expoente da música portuguesa e internacional. Nas próximas semanas, o estabelecimento será o palco de diversos concertos.

No dia 31 de janeiro, Ana Laíns regressa ao Salão Preto e Prata para celebrar os seus 20 de anos de trajetória na música. Considerada uma das grandes cantoras da música portuguesa, Ana Laíns estará acompanha por Paulo Loureiro (piano e direcção musical), Bruno Chaveiro (guitarra Portuguesa), Hugo Ganhão (baixo), Carlos Lopes (acordeão), João Coelho (bateria) e João Ferreira (percussão).

30
Out18

Zé Manel Taxista - Uma Comédia com Brilhantina | UAU

zé manel taxista.jpg

Zé Manel, taxista, pai de família e adepto ferrenho do Benfica, anda arreliado com o sucesso de Lisboa, que transformou tudo em alojamento local e restaurantes gourmet. O próprio filho, Eusébio Jr., ganha a vida como condutor de tuk-tuk, e Vickie, o mais à frente lá do bairro, safa-se a arrendar partes de casa. Só Luna, a estudante italiana do Erasmus, está encantada com a enchente de estrangeiros e a borrifar-se para a “gentrificação”. Zé Manel tenta defender o prédio onde todos vivem da voracidade turística, até que chega Chico, um esperto entrepreneur, que já foi daquela rua e agora regressa com promessas de fama e dinheiro fácil. A tentação é grande e Zé Manel despista-se… naturalmente.

Maria Rueff celebrizou o seu Zé Manel Taxista há mais de 20 anos e agora, pela primeira vez, a famosa personagem de vários formatos televisivos com Herman José e também da rádio ganha uma nova vida nos palcos nacionais através do espetáculo musical Zé Manel Taxista - Uma Comédia com Brilhantina. 

Através de uma personagem bem conhecida do público e com uma história criada propositadamente para os palcos, Rueff junta-se a jovens atores com provas dadas para receber o público nesta nova jornada do seu Zé Manel, o benfiquista mais ferrenho dos taxistas portugueses. FF, Sissi Martins, Ruben Madureira, Rafael Barreto, Filipe Rico, Marta Mota, Sara Martins e Tiago Coelho compõem o elenco que se divide entre a representação, o canto e a dança do início ao fim. Com texto de Maria João Cruz, Mário Botequilha, Rui Cardoso Martins e Filipe Homem Fonseca, numa ideia de Maria Rueff e com encenação de António Pires, Zé Manel Taxista - Uma Comédia Brilhante conta com banda ao vivo composta por André Galvão no baixo e guitarra, Artur Guimarães nas teclas e Tom Neiva na bateria e percussão. 

Neste espetáculo o público é convidado a acompanhar este pai de família e bom vizinho numa fase em que as alterações provocadas pelo turismo na capital não são aceites. Em poucos anos Lisboa foi invadida pelos famosos TukTuk e por empresas como a Uber, isto ao mesmo tempo que as polémicas em torno do futebol se adensaram, as tascas deram lugar a restaurantes virados para os turistas e o alojamento local virou moda em bairros onde a história e tradição desaparecem. Zé Manel, o taxista que gosta de pratos cheios, um palito na mesa, uma boa bifana e defende o bairrismo e o seu clube como ninguém não aceita tanta alteração e este musical mostra isso mesmo.

O filho Eusébio de Zé Manel vira adepto do Sporting e condutor de um veículo Uber. O prédio onde habitam se prepara para ser transformado em quartos para alugar a quem visita Portugal, despejando os condóminos. Os contratos fraudulentos, os enganos e o caos da mudança que acabam por unir quem se gosta a favor do amor, da amizade, carinho e cuidados de uns para com outros numa sociedade cada vez mais individualista. 

24
Mai15

Globos de Ouro são hoje?

A sério que a gala dos Globos de Ouro é hoje e eu não sabia? Como pode este evento que já foi o mais badalado em televisão ter a sua data marcada para o serão de hoje e nem ter dado por isso? Antes a gala das galas não acontecia mais cedo, lá para Março?

Com o calor que está como vão as pindéricas famosas com os seus trajes feitos propositadamente para o evento e para darem nas vistas? Roupas elegantes e extensas, decotes acentuados e suores em grande escala devem ser o prato da noite de hoje. Já estão todos a maquilharem-se e a darem os últimos retoques nos seus belos fatos e fatitos para daqui a pouco brilharem e revelarem a extensa lista de quem os vestiu, de onde vieram as lindas jóias e o resto é conversa.

Pronto, já fiquei então a saber que os Globos do croquete são hoje e que todos vão suar, não pelas estatuetas douradas mas sim pelo calor que se faz sentir em todo o país. Se temos festa? Já não é nem metade do que foi antigamente, mas pelo menos tentam mostrar que se esforçam para a transmissão de uma grande festa ao público acontecer!

24
Jan15

Quem não aparece esquece!

Marco Paulo e Kátia Aveiro

Zangam-se as comadres e descobrem-se as verdades!

Os anos gloriosos de Marco Paulo passaram e chegaram os tempos dourados da família de Cristiano Ronaldo que é conhecida pelo que bem se sabe e que, segundo o cantor, acabaram por comer muito queijo para esquecerem os sonhos que tiveram em tempos!

«Nossa senhora», quem quer atingir maior protagonismo nesta altura do campeonato? Ronaldo continua nas bocas do mundo e arrasta o seu seio familiar. Ao contrário disso, Marco Paulo parece andar desaparecido e longe das luzes da ribalta.

Mudam-se os protagonistas e sempre aparecem as manifestações azedas dos que descem e são substituídos! Quais serão as cenas dos próximos episódios? Pelo menos o tema foi lançado, agora resta à imprensa dar destaque ao cantor que tem «dois amores» para que possa aparecer um pouco mais pelo pequeno ecrã com entrevistas e participações em diversos programas. Quem não aparece é esquecido, não é bem verdade?!

A sede de protagonismo dá sinais de vida por algumas bandas!

03
Dez14

Grande Treta

Começou há mais de um mês o programa que prometia alterar as tardes da SIC e tornar as mesmas competitivas e capazes de enfrentar a liderança que Fátima Lopes mantém na TVI com o A Tarde é Sua. Agora percebe-se que João Baião nada conseguiu provar com a sua grande contratação, nem ao serão com o Sabadabadão, nem com o Portugal em Festa e mesmo com a terceira aposta, o Grande Tarde, a liderança desejada continua lá longe.

Ao lado de Luciana Abreu e Andreia Rodrigues, Baião chutou para canto Conceição Lino que apresentou o Boa Tarde nos últimos anos, sempre a perder para o canal concorrente. Conceição saltou da informação para comandar o talk-show das tardes, nunca tendo conseguido provar o sabor da liderança. Como um canal privado precisa de mostrar bons valores, no início do ano Júlia Pinheiro e companhia tiraram da cartola a contratação do então apresentador de Praça da Alegria, da RTP, para ficar encarregue do horário após a novela da hora de almoço, tendo começado logo o novo programa a ser preparado para aparecer na liderança e conseguir atirar Fátima Lopes para o segundo lugar.

Mais de um mês depois da estreia a tripla de apresentadores já mostrou que não existe lugar para todos no Grande Tarde, os números de telefone dos passatempos enfadonhos são os grandes amigos de Andreia e Luciana, o programa fica constantemente em segundo lugar, nunca tendo liderado e tendo o Há Tarde, de Herman José e Vanessa Oliveira a fazer-lhe frente. Ou seja, a aposta no Grande Tarde nestas suas primeiras semanas não revelou nada de novo, não conseguindo subir os valores que a Conceição fazia. Para quê a mudança se os valores continuam iguais e agora até a RTP se consegue aproximar das tardes da SIC?

Embora o programa não pareça conseguir liderar pelos próximos tempos, o que tudo indica é que em poucos meses esta tripla será desfeita para entrar um novo rosto no programa, uma tal de Rita, a atual bombeira de serviço do canal. Será que João e Rita conseguirão fazer mossa na concorrência? Não me parece, mas sempre são melhores que as duas assistentes que a direcção do canal arranjou para o Baião!

Uma forte aposta numa Grande Tarde que de grande só tem mesmo os altos ordenados dos seus apresentadores e alguns atributos das duas meninas!