Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

10
Jan16

O que ler agora... Janeiro

O Informador

A meio de 2015 recorri aos serviços bem prestados dos leitores do blog para seleccionar a minha próxima leitura dentro dos livros que tenho em fila de espera aqui por casa! Agora gostaria de repetir a proeza e avanço aqui com um novo «O que ler agora...», de Janeiro para deixar nas vossas mãos a obra que irei ter como companhia daqui a uns dias! É só escolher!

04
Jun15

O que vou ler agora é...

O Informador

O que ler agora 1.png

Há dias coloquei a votação por estas bandas um pedido de ajuda para escolherem o livro que irei ler pelos próximos tempos! Como chegou a hora de começar a desfolhar então a minha nova leitura, é chegado também o momento de revelar o top três das obras mais votadas pelos leitores do blog e consequentemente a vossa escolha.

04
Abr15

Leitura para as férias

O Informador

Livros férias.JPG

Embora ainda esteja a ler O Bicho da Seda de Robert Galbraith, ou melhor, de J. K. Rowling, já começo a pensar qual ou quais os livros que levarei comigo para a semana de férias alentejanas que já está a bater à porta!

Confesso que quando comprei O Pintassilgo pensei que iria passar uns meses em trabalho pela zona algarvia, algo que acabou por não acontecer por motivos internos da empresa que decidiu ainda não arriscar no alargamento para sul. Como não fui e não devo ir pelos próximos meses para longe de casa em trabalho tenho andado a guardar esta obra de Donna Tartt para umas férias mais alargadas, o que não será o caso desta vez. Como tal talvez deixe este livro para trás por mais umas semanas!

Agora a dúvida está entre todos os outros com autores como Haruki Murakami, Daniel Silva e Domingos Amaral bem conhecidos e que dão vontade de voltar a pegar nas suas escritas a combaterem com as novidades pessoais de Pedro Chagas Freitas, Lisa Genova e Henning Mankell. Entre isto existe A misteriosa Mulher da Ópera, um romance escrito a sete mãos nacionais e que também poderá ser uma das opções literárias da próxima semana. 

Não ficou na foto mas existe ainda a hipótese de ler A Chave de Salomão de José Rodrigues dos Santos, A Mansão Thurston de Danielle Stell, Cem Anos de Solidão de Gabriel Garcia Márquez, E Depois do Amor de Ray Kluun e A Minha Vida com George de Judith Summers. 

04
Dez14

Chegaram ontem...

O Informador

Camarneiro e HarukiChegaram ontem os mais recentes residentes da minha mesa de cabeceira! Não é que fizessem grande falta porque em fila de espera para serem lidos ainda estão uns oito ou nove primos destas novas aquisições, no entanto como o que é bom nunca é demais...

Diretamente dos armazéns da Fnac acabei por comprar o Prémio Leya 2012, Debaixo de Algum Céu, da autoria de Nuno Camarneiro. Na altura a obra fez sucesso, tal como os seus antecessores e seguidores lançados por serem os vencedores de tal troféu. Só que como o tempo nem sempre existe para ler tudo o que aparece de novo, fui deixando passar e agora, graças a uma boa promoção, consegui comprar o livro por 7,20€. Querem melhor?

Quem também veio incluído no pacote que me chegou via ctt foi uma obra de Haruki Murakami. A Sul da Fronteira a Oeste do Sol é um dos romances do autor japonês que primeiramente não me causou qualquer efeito e que depois acabou por conquistar.

Dois livros bem comentados e que ficarão em espera para serem lidos pelos próximos tempos! Boas leituras para todos!

03
Abr14

Em Busca do Carneiro Selvagem

O Informador

Em Busca do Carneiro SelvagemA partida de uma ex-namorada, um divórcio e um romance com uma jovem rapariga com pequenas particularidades que a diversificam de tantas outras levam a que um homem vulgar se encontre no meio de uma encruzilhada onde carneiros e montanhas se cruzam Em Busca do Carneiro Selvagem. Este é o livro de Haruki Murakami que leva um ser normal a entrar num mundo quase policial pela necessidade quase absoluta da procura de um carneiro bem especial e o de um local paradisíaco.

Através de uma fotografia tudo se desencadeia, levando este homem a saltar de mistério em mistério em busca do fim, aquele que consegue colmatar várias ausências de vida pessoal e para com os outros ao longo de anos de tédio. Viajando entre a realidade e a ficção em busca do ideal, Em Busca do Carneiro Selvagem alia a simplicidade de um bom texto, que agarra o leitor, à inteligência de um ser que não se deixa ficar pela mais simples das respostas. Unindo o humor ao pessimismo e desespero e fazendo com que o passado interfira no presente, o herói consegue rapidamente conquistar o carinho do leitor pela sua procura e crença insaciável pelo fim nesta obra que contém temas atuais como o poder dos media, o crescimento descontrolado da humanidade no planeta e a luta pelos valores naturais, pessoais e culturais de cada ser.

Em Busca do Carneiro Selvagem é o livro real que consegue através da irrealidade do mundo fantástico levar o leitor à criação, ao saber e ao conhecimento de cada pilar pessoal como peça chave para a continuação da sociedade.

Sinopse - Ambientado numa atmosfera japonesa, mas com um pé no noir americano, Murakami tece uma história detectivesca onde a realidade é palpável, dura e fria, e seria a verdade de qualquer um, não fosse um leve pormenor: é uma realidade absolutamente fantástica. Um publicitário divorciado, que tem um caso com uma rapariga de orelhas fascinantes, vê-se envolvido, graças a uma fotografia publicitária, numa trama inesperada: alguém quer que ele encontre um carneiro! Mas não é um carneiro qualquer. É um animal que pode mudar o rumo da história. Um carneiro sobrenatural… 
Murakami dá a esta estranha história um tom que só um oriental pode imprimir a uma crença, fazendo-a figurar como um facto da realidade. Coloca, de uma forma genial, a fantasia na aridez do mundo real.
20
Fev14

A ler... Em Busca do Carneiro Selvagem

O Informador

Em Busca do Carneiro SelvagemHá algum tempo li A Rapariga Que Inventou um Sonho de Karuki Murakami e, talvez por ser um livro de contos, não fiquei grande apreciador da escrita do autor. Agora e porque quero mesmo perceber se o japonês não entra definitivamente na minha lista de possíveis leituras, volto a insistir e atiro-me de cabeça para com Em Busca do Carneiro Selvagem.

Já o comprei há uns bons meses, só que agora é que chegou o momento de pegar nesta obra lançada em Portugal pela Casa das Letras e a apreciar como se fosse a primeira vez que estou perante um trabalho de Karuki. Leio e oiço falar tão bem das suas narrativas que quando tive o primeiro impacto negativo com o seu trabalho confesso que o sentimento de rejeição bateu-me à porta. Serei eu um apreciador à margem da maioria dos outros amantes de literatura? Ele vende, é aplaudido e tem dezenas de trabalhos lançados, sempre com a preferência dos seus fiéis leitores por perto! Eu vou dedicar-me a este livro com atenção para que perceba mesmo se daquela vez algo falhou ou se entre O Informador e um japonês com a mania das letras não existe mesmo nada a fazer.

Daqui a uns dias já contarei como a aventura Em Busca do Carneiro Selvagem correu!...

Sinopse - Ambientado numa atmosfera japonesa, mas com um pé no noir americano, Murakami tece uma história detectivesca onde a realidade é palpável, dura e fria, e seria a verdade de qualquer um, não fosse um leve pormenor: é uma realidade absolutamente fantástica. Um publicitário divorciado, que tem um caso com uma rapariga de orelhas fascinantes, vê-se envolvido, graças a uma fotografia publicitária, numa trama inesperada: alguém quer que ele encontre um carneiro! Mas não é um carneiro qualquer. É um animal que pode mudar o rumo da história. Um carneiro sobrenatural… 
Murakami dá a esta estranha história um tom que só um oriental pode imprimir a uma crença, fazendo-a figurar como um facto da realidade. Coloca, de uma forma genial, a fantasia na aridez do mundo real.
07
Nov13

O que ler agora?

O Informador

O que ler agoraAinda estou a ler Já Ninguém Morre de Amor, da autoria de Domingos Amaral, no entanto o meu pensamento sobre o que adoptar a seguir como meu companheiro para as horas de leitura já anda a ser pensado e é esta a lista de opções para as próximas semanas!

Quando o Cuco Chama - Robert Galbraith, pseudónimo de J. K. Rowling

Se Isto é Um Homem - Primo Levi

O Símbolo Perdido - Dan Brown

Os Pequenos Mundos do Edifício Yacoubian - Alaa El Aswany

Barroco Tropical - José Eduardo Agualusa

Em Busca do Carneiro Selvagem - Haruki Murakami

A Mansão Thurston - Danielle Steel

Sagal, Um Herói Feito em África - António Brito

A decisão irá recair entre estas oito opções... Se por um lado estou inclinado para um novo autor para mim, como é o caso de Primo Levi, por outro apetece-me mesmo muito ler o Quando o Cuco Chama e o Barroco Tropical. A ver vamos o que irei escolher no momento do adeus ao livro de Domingos Amaral e de dar as boas-vindas ao meu novo companheiro de mesa de cabeceira!

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook