Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Não saio de casa sem...

mochila.webp

Todos nós temos os nossos acessórios e apetrechos para sairmos de casa sem nos faltar algo que nos possa fazer falta mais tarde. Eu tenho as coisas que sempre me acompanham, tu terás as tuas, que podem nem sempre, de forma geral, serem as mesmas que as minhas, mas de certo que uma ou outra deverá seguir no mesmo sentido.

Eis que quando saio de casa levo sempre, e é muito raro isso não acontecer, só se for treinar a pé, as chaves que estão colocadas num só porta-chaves, da casa, do carro e mesmo do trabalho, depois também me faço acompanhar pela carteira e telemóvel. Praticamente na maioria dos casos também levo a mochila para o carro, onde tenho sempre um caderno, um estojo, a bateria portátil e fio de carregamento do telemóvel, os auriculares, o livro que estou a ler no momento, os óculos de sol, batom do cieiro, creme das mãos, pasta e escova de dentes e lenços.

Habituava-me

Sol areia

Habituava-me a estar de férias por uns bons tempos sem precisar de preocupações com horários e afazeres.

Que bem que me adaptava a esta vida de acordar, dar meia volta e despachar o pequeno almoço para pensar na saída para a praia ou piscina no período da manhã, voltar para preparar o almoço e de tarde regressar para desfrutar do bom tempo exterior. Não ter de pensar na rotina do dia a dia de trabalho e ter que aproveitar mal e porcamente as folgas semanais onde parece que existe sempre algo para ter de ser feito.