Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Vem aí... A Espia do Oriente

a espia do oriente.jpg

A série Freelancer de Nuno Nepomuceno foi lançada originalmente em 2012 através de uma trilogia bem sucedida mas que agora, após o sucesso que o autor obteve com a sua outra série, Afonso Catalão - A Célula AdormecidaPecados Santos, A Última Ceia, A Morte do PapaO Cardeal e A Noiva Judia -, esta primeira obra do autor volta a ser relançada numa edição especial de coleccionador.

No ano passado foi editado pela Cultura Editora o Livro 1 desta série Freelancer, O Espião Português, e agora chega, para gáudeo dos fãs da escrita de Nuno Nepomuceno, o Livro 2, A Espia do Oriente, que trás de volta a dupla maravilha à investigação perante um atentado iminente. Este relançamento já se encontra em pré-venda - AQUI - e podes desde já fazer a tua reserva para que no dia 13 de Outubro, data de lançamento, tenhas o teu exemplar a chegar em condições e sem saíres de casa.

O Espião Português | Nuno Nepomuceno

Cultura Editora

O Espião Português

Título: O Espião Português

Autor: Nuno Nepomuceno

Editora: Cultura Editora

Edição: 1ª Edição

Lançamento: Julho de 2021

Páginas: 384

ISBN: 978-989-9039-57-5

Classificação: 4 em 5

 

Sinopse: Os serviços internacionais de informações de segurança agitam-se ao saber da existência de um estudo secreto sobre uma arma de nova geração. Duas organizações, uma semigovernamental, a outra formada por mercenários, entram em confronto, tentando obter vantagem. Entre elas, está um jovem português.

André Marques-Smith leva uma vida pacata enquanto diretor do Gabinete de Informação e Imprensa do Ministério dos Negócios Estrangeiros. Mas Freelancer, a sua outra identidade, é um agente secreto implacável, metódico e sedutor. Durante uma operação, faz uma descoberta. No entanto, tal como na vida, há valores que a tudo se sobrepõem.

Vencedor do Prémio Literário Note! 2012, O Espião Português é o livro que revelou Nuno Nepomuceno. Thriller sofisticado, com um ritmo vertiginoso, funde elementos tradicionais da ficção de espionagem, com uma abordagem inovadora, onde nem sequer falta a homenagem aos valores familiares portugueses. Um romance imprevisível, que não conseguirá parar de ler.

 

Opinião: Constantemente acompanho a obra dos autores de trás para a frente, não regressando ao passado, no entanto com Nuno Nepomuceno estreei-me com a sua mais recente criação, a série Afonso Catalão, e só agora, através do relançamento por parte da Cultura Editora da Trilogia Freelancer, conheci a vida de André Marques-Smith, o protagonista de O Espião Português. Se estava à espera de me deixar levar por mais um thriller de Nepomuceno, claro que sim, estando sempre com as expectativas em altas quando pego numa nova narrativa do autor que tem conquistado o mercado.