Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

15
Out18

Já se sente o Outono

O Informador

folhas secas.jpg

Finalmente começamos a entrar no Outono. Estamos em Outubro, mês em que tradicionalmente já costumamos andar de manga comprida mas que desta vez parecia estar difícil a chegada da aragem. Adoro andar com várias camadas de roupa, dormir todo enroscado e sentir o fresco no rosto. Que as folhas secas comecem a cair com gosto e prontidão, porque todos estamos por cá para celebrar mais um Outono da vida. 

Despedimos-nos assim de um Verão prolongado, que começou cedo e terminou tarde. Altas temperaturas, falta de vontade e insatisfação são pontos que cansam em tantos meses quentes. Agora que chega o tempo mais fresco tudo se altera. As roupas de Outono começam a ganhar um outro destaque pelos armários, os casacos começam a acompanhar qualquer viagem, o ar condicionado do carro é alterado para temperaturas mais altas, as mantas saem do armário e os chapéus de chuva tomam lugar para quem os gosta de ter por perto, o que não me acontece.

Com a chegada do tempo fresco a vontade de ficar por casa aumenta, os chás são apreciados e as manhãs de fim-de-semana tornam-se distintas, ficando um pouco mais na cama, olhando para a rua com as reflexões que surgem em cada pausa. O horizonte adormecido com o sol brilhante ao mesmo tempo que as árvores abanam e as folhas vão ficando espalhadas pelo chão.

13
Mai18

Finalmente existe ação na Antiga Feira Popular

O Informador

feira popular lisboa.jpg

Umas décadas após o término da Feira Popular no centro de Lisboa e com os terrenos ao abandono desde então, a Câmara da capital age finalmente perante um problema urbano que já gerou muita polémica ao longo do tempo. Segundo a imprensa, o novo projeto entrará em discussão esta semana mas já existem bases para tudo arrancar.

Os antigos terrenos da Feira Popular e outros espaços abandonados na zona de Entrecampos, mais concretamente na Avenida Álvaro Pais e Avenida das Forças Armadas, irão contar com quase mil novas casas, vários espaços comerciais, um megacentro de escritórios, áreas sociais e culturais, contando com espaços verdes. Ao que tudo indica, esta «Operação Integrada de Entrecampos» irá ocupar cerca de 25 hectares desocupados na zona de Entrecampos.

Os novos imóveis e alguns já existentes, que serão recuperados, serão colocados depois em venda livre (279) pelo promotor que adquirir o projeto, sendo que o município ficará encarregue da construção direta de mais de metade destes imóveis (700), que ficarão disponíveis com rendas acessíveis junto da população. 63 fogos serão construídos pela Santa Casa da Misericórdia em lotes já pertencentes à identidade social.

Com isto Lisboa requalifica assim uma área da cidade que tem estado praticamente ao abandono ao longo de mais de duas décadas, terminando com o vazio e o mau aspeto que determinadas zonas de Entrecampos têm mantido ao longo deste tempo.

05
Jan18

Drag Queen na capa da Cristina

O Informador

cristina revista.jpg

Ano novo e novas edições da revista Cristina a caminho! Para iniciar 2018 a lutar contra o preconceito, a equipa da publicação dirigida por Cristina Ferreira volta a surpreender os leitores e convidou uma drag queen para a capa de Janeiro. 

Tiago, cujo nome artístico é Stefani Duver, é o convidado para abrir o ano da revista. Sendo um dos rostos principais do bar Finalmente, no Príncipe Real, em Lisboa, fazendo também sucesso pelas redes sociais onde mostra o seu dia-a-dia sem qualquer tipo de pudor, Tiago mostra-se agora como é nas páginas da publicação mensal.

O artista deixou um comentário no seu perfil de Instagram mostrando-se bem e feliz por ser a capa da revista Cristina. «Para quem nunca acreditou em mim, para quem se afastou de mim, para quem nunca me valorizou tão pouco, obrigado, foi graças a vocês que consegui estar onde estou hoje. Dentro desta revista, está um bocado de mim, e a partir de sexta feira será vossa», desabafou.

Stefani Duvet é assim a capa de Janeiro da revista Cristina, mostrando um pouco mais de si através de imagens e numa entrevista onde revela a sua história de vida, onde fala do preconceito e das suas paixões onde além de se profissionalizar como drag queen também é modelo e DJ.

30-a-50-nobel-literatura-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook