Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

30
Out18

Zé Manel Taxista - Uma Comédia com Brilhantina | UAU

| O Informador

zé manel taxista.jpg

Zé Manel, taxista, pai de família e adepto ferrenho do Benfica, anda arreliado com o sucesso de Lisboa, que transformou tudo em alojamento local e restaurantes gourmet. O próprio filho, Eusébio Jr., ganha a vida como condutor de tuk-tuk, e Vickie, o mais à frente lá do bairro, safa-se a arrendar partes de casa. Só Luna, a estudante italiana do Erasmus, está encantada com a enchente de estrangeiros e a borrifar-se para a “gentrificação”. Zé Manel tenta defender o prédio onde todos vivem da voracidade turística, até que chega Chico, um esperto entrepreneur, que já foi daquela rua e agora regressa com promessas de fama e dinheiro fácil. A tentação é grande e Zé Manel despista-se… naturalmente.

Maria Rueff celebrizou o seu Zé Manel Taxista há mais de 20 anos e agora, pela primeira vez, a famosa personagem de vários formatos televisivos com Herman José e também da rádio ganha uma nova vida nos palcos nacionais através do espetáculo musical Zé Manel Taxista - Uma Comédia com Brilhantina. 

Através de uma personagem bem conhecida do público e com uma história criada propositadamente para os palcos, Rueff junta-se a jovens atores com provas dadas para receber o público nesta nova jornada do seu Zé Manel, o benfiquista mais ferrenho dos taxistas portugueses. FF, Sissi Martins, Ruben Madureira, Rafael Barreto, Filipe Rico, Marta Mota, Sara Martins e Tiago Coelho compõem o elenco que se divide entre a representação, o canto e a dança do início ao fim. Com texto de Maria João Cruz, Mário Botequilha, Rui Cardoso Martins e Filipe Homem Fonseca, numa ideia de Maria Rueff e com encenação de António Pires, Zé Manel Taxista - Uma Comédia Brilhante conta com banda ao vivo composta por André Galvão no baixo e guitarra, Artur Guimarães nas teclas e Tom Neiva na bateria e percussão. 

Neste espetáculo o público é convidado a acompanhar este pai de família e bom vizinho numa fase em que as alterações provocadas pelo turismo na capital não são aceites. Em poucos anos Lisboa foi invadida pelos famosos TukTuk e por empresas como a Uber, isto ao mesmo tempo que as polémicas em torno do futebol se adensaram, as tascas deram lugar a restaurantes virados para os turistas e o alojamento local virou moda em bairros onde a história e tradição desaparecem. Zé Manel, o taxista que gosta de pratos cheios, um palito na mesa, uma boa bifana e defende o bairrismo e o seu clube como ninguém não aceita tanta alteração e este musical mostra isso mesmo.

O filho Eusébio de Zé Manel vira adepto do Sporting e condutor de um veículo Uber. O prédio onde habitam se prepara para ser transformado em quartos para alugar a quem visita Portugal, despejando os condóminos. Os contratos fraudulentos, os enganos e o caos da mudança que acabam por unir quem se gosta a favor do amor, da amizade, carinho e cuidados de uns para com outros numa sociedade cada vez mais individualista. 

19
Fev18

74.14, 40 Anos de Música | ArtFeist

| O Informador

74.14-cartaz.jpg

Mais um ano e mais um fim-de-semana com 74.14, 40 Anos de Música, o musical celebrativo sobre os 40 anos de boa música após a revolução dos cravos de 25 de Abril de 1974. Marcando a história do país e virando uma página na forma de estar, muitas foram as alterações sociais dadas em Portugal a partir desse dia, estando também a música dentro dessas mudanças. Em 74.14, 40 Anos de Música, os temas que melhor se destacaram e ficaram na memória ao longo do tempo são revisitados através das vozes de um excelente grupo de artistas. 

Na mini temporada de 2018 deste maravilhoso e memorável espetáculo produzido pela ArtFeist, o palco contou com o talento de Henrique Feist, Susana Félix, FF, Mariana Pacheco, Daniel Galvão, Valter Mira, Soraia Tavares e Joana Almeida que em solo, duo ou grupo celebraram a música de forma ímpar, mostrando que as recordações dos temas do passado que continuam tão presentes ainda hoje são um bom motivo festivo e de alegria. 

Quatro décadas onde vários estilos musicais tomaram lugar, onde sucessos invadiram o Mundo e em Portugal vários foram os nomes a aparecer para fazerem sucesso, esporádico ou duradouro, mas com temas que ainda hoje são motivo de boas lembranças. Nascimentos e mortes, aparecimentos artísticos e ofuscações repentinas, na música e nas artes tudo pode ser efémero ou não, dependendo de várias circunstâncias. Em 74.14, 40 Anos de Música o efémero torna-se memorável e o espetáculo que une vídeos de apresentação com um resumo sobre várias notícias de cada época com as atuações em palco transporta primeiramente o público para a década de 70, seguindo-se os ritmos mais dançáveis dos anos 80, com a introdução da bola de espelhos e do disco. Passando pelos anos 90 e chegamos ao novo século onde o pimba invade Portugal e os rimos amorosos continuam a ter o seu destaque. 

Madonna, Abba, Michael Jackson, Jennifer Lopez, Gloria Gayonr, Prince, Spice Girls, Lady Gala, Rihanna, Amy Winehouse, Amália, GNR, Xutos e Pontapés, Paulo de Carvalho, Carlos Paião, António Variações, Anjos, Susana Félix, Excesso e Marco Paulo são apenas alguns dos nomes internacionais e nacionais que passaram de forma representativa pelo palco do Salão Preto e Prata do Casino Estoril e que ajudaram o público a ficar com vontade de saltar das cadeiras em vários momentos para dançar e aplaudir várias das atuações que se foram destacando ao longo das praticamente três horas de espetáculo. 

Nostalgia é talvez o termo certo para descrever esta aposta da ArtFeist em 74.14, 40 Anos de Música. Um espetáculo de homenagem à boa música portuguesa e mundial que foi ficando na história ao longo do tempo e que hoje ainda vai sendo recordada e cantarolada por todos nós, visto que um bom tema quando é bem interpretado fica para sempre na memória de cada um, ficando também na história do seu país e das suas gentes, como sendo uma representação da sua época e das sucessivas gerações que acompanharam o progresso musical. 

15
Fev18

Vencedores dos Convites Duplos | 74.14, 40 Anos de Música

| O Informador

74.14-cartaz.jpg

O musical 74.14, 40 Anos de Música está de regresso após o sucesso dos anos anteriores. Com quatro sessões distribuídas pelos dias 16, Sexta-feira, pelas 21h30, 17, Sábado, pelas 17h00 e 21h30 e no Domingo, 18, pelas 17h00, esta produção celebrativa dos grandes sucessos musicais das últimas quatro décadas tem sido um verdadeiro sucesso quando sobe ao palco e desta vez pelo Salão Preto e Prata do Casino Estoril não será exceção.

Contando com Henrique Feist, FF, Susana Félix, Soraia Tavares, Mariana Pacheco, Daniel Galvão, Joana Almeida e Valter Mira no elenco encenado por Henrique Feist e com direção musical a cargo de Nuno Feist, 74.14, 40 Anos de Música promete surpreender o público e para que tu possas ter essa oportunidade, eis que quinze convites duplos estiveram em sorteio aqui pelo blog.

Destinados à sessão de Sexta-feira, pelas 21h30, cinco foram os convites disponíveis para vos presentear, e os vencedores foram o Pedro Sousa, Catarina Brilha, Fátima Andrade, Carlos Rodrigues e Maria José Major. Já para a sessão das 17h00 de Sábado, os vencedores dos dez bilhetes duplos são a Sandra Marques, Susana Coelho, Maria Lídia Inácio, Maria Fernanda Almeida, Gizela Mota, Susana Margarida Silva, Rita Isabel Penedo, Fernando Soares, André Xavier e Marilina Simões. O sorteio foi feito através do sistema random.org.

14
Fev18

Convites Duplos | 74.14, 40 Anos de Música

| O Informador

74.14-cartaz.jpg

O sucesso dos anos anteriores leva a que o musical 74.14, 40 Anos de Música volte ao palco do Salão Preto e Prata para voltar a (re)conquistar o público. Henrique Feist, FF, Susana Félix, Soraia Tavares, Mariana Pacheco, Daniel Galvão, Joana Almeida e Valter Mira compõem o elenco que é encenado por Henrique Feist e conta com a direção musical a cargo de Nuno Feist. Desde 2014 que este musical é feito para celebrar a boa música feita em Portugal e pelo Mundo desde 1974 e em 2018 não será assim exceção.

74.14, 40 Anos de Música contará com quatro sessões distribuídas pelos dias 16, Sexta-feira, pelas 21h30, a 17, Sábado, pelas 17h00 e 21h30 e no Domingo, 18, pelas 17h00. Para que todos possam ter a sua oportunidade de assistir, eis que tenho quinze convites duplos para oferecer para as sessões de Sexta-feira, 21h30, e Sábado, pelas 17h00, com dez e cinco convites, respetivamente, para cada um dos dias. 

No ano de 2014 celebraram-se 40 anos de "liberdade".

40 anos de democracia, 40 anos desde o 25 de Abril.

74.14 é um espectáculo que visa celebrar estes últimos 40 anos através da música que neles mais êxito tiveram. Os maiores êxitos musicais desde 1974 até hoje. As canções que mais cantámos, trauteámos, escutámos, dançámos. Desde a música portuguesa até à musica brasileira, inglesa, norte americana, francesa, italiana, espanhola e africana.

José Cid, Carlos do Carmo, Sérgio Godinho, Tonicha, Marco Paulo, Duo Ouro Negro, Paulo de Carvalho, Salada de Frutas, UHF, Taxi, Doce, Trovante, Jorge Palma, Rui Veloso, Xutos, Paulo Gonzo, Carlos Paião, MadreDeus, Maria Bethânia, Roberto Carlos, Gal Costa, Elis Regina, Rita Lee, Chico Buarque, Caetano Veloso, ABBA, Supertramp, Madonna, Tina Turner, Michael Jackson, Elton John, Whitney Houstonenfim tantos e tantos.

Ao som de quantas canções destes últimos quarenta anos é que já dançámos, já rimos, já chorámos, já namorámos74.14 põe essas memórias todas em dia! Afinal, o que seria destes últimos quarenta anos sem música?

Um espectáculo de Henrique Feist, com direcção musical de Nuno Feist.

Esta oportunidade irá estar disponível até às 19h00 de dia 15 de Fevereiro, Quinta-feira, e nesse mesmo dia será publicado o nome dos vencedores aqui pelo blog, sendo o sorteio feito através do sistema automático random.org. Os Os premiados serão contactados via email com as recomendações para o levantamento dos convites duplos acontecer nas melhores condições. Para a participação ser válida tens de seguir os passos que se seguem...

19
Out14

Saffra do FF

| O Informador
https://www.youtube.com/watch?v=T62T9RNHoWE

Fernando Fernandes, o FF, deu o pulo para os grandes palcos com a participação na série Morangos com Açúcar, no entanto antes disso já tinha andado pelas cantorias e concursos de canto pelo país. Agora e passados alguns anos depois de ter lançado o seu primeiro disco, o cantor lança Saffra, o projeto que une a música tradicional portuguesa com a modernidade do Fado. 

Gosto desta originalidade, admiro o talento do FF e aqui fica o seu Safra Deste Ano, o principal tema do disco onde o cantor também é compositor e que segue um outro caminho na sua carreira!

10
Fev14

A Tua Cara Não Me É Estranha Kids - Estreia TVI

| O Informador

Se o programa A Tua Cara Não Me É Estranha com adultos teve sucesso ao longo de três edições, o que esperar agora da edição Kids, onde os mais novos são as estrelas principais no palco da TVI? A emoção vai estar acima do habitual no formato e a aliança entre concorrentes e mentores vai ser fundamental no sucesso desta reciclada aposta do canal. A estreia correu como esperado, fazendo lembrar o também programa de sucesso Uma Canção Para Ti! Gostei de ver!

Pequenos concorrentes com o nervosismo à flor da pele mas com um bom disfarce por trás, dando em vários casos a percepção de um à-vontade em palco como os profissionais. O que cativa neste formato é o facto das imitações atingirem um nível elevado para jovens que por vezes nada têm em comum com a música até entrarem nos castings para poderem ser um dos concorrentes.

A produção conseguiu pegar em dois programas queridos do público, juntou-os num só e aliou adultos de sucesso como mentores a aprendizes, fazendo assim a conjugação perfeita do que o espetador quer ver em casa.

Pequenos cantores que deixam pais, família, jurados e mentores com a lágrima no canto do olho, adultos com um nível já conhecido, apresentadores de sucesso e dois programas que resultaram bem num só com a magia do profissionalismo e a espontaneidade de uma equipa que sabe bem fazer o que agarra as massas. O que se pode esperar daqui para a frente? Um formato com bons resultados e que certamente irá dar muitas alegrias a quem o idealizou e pensou, tornando-o realidade para o que poderá ser a primeira edição mundial de várias que irão ser feitas em Portugal e no mundo, tal como os dois originais que lhe deram origem!

Gostei da estreia e sim, será o meu novo programa de Domingo à noite!

Mais sobre mim

foto do autor

oportunidades 20 a 50 em livros

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • O Informador

    Já ouvi dizer que sim! Como sou filho único nunca ...

  • P. P.

  • Sofia

    Os filhos mais velhos são sempre sobrecarregados!

  • O Informador

    Pensando no presente e futuro sem levar as pedras ...

  • O Informador

    Por vezes é necessário dar espaço para que os outr...

Mensagens

Pesquisar