Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Plano Nacional Leitura -billboard

Vultos estranhos

Publicado por O Informador, 26.01.20

vilto.jpg

 

Não sou supersticioso nem acredito em fenómenos ou histórias que possam transportar o além até ao mundo dos vivos, no entanto existem raros momentos em que sou surpreendido e deixo que algo que me transcende possa interferir com a linha de raciocínio do dia-a-dia.

Há uns dias, enquanto trocava de roupa para me preparar para deitar e estava sozinho na zona dos quartos em casa, senti que mesmo por trás de mim um vulto passava, ouvindo ao mesmo tempo ligeiros e leves passos no mesmo local. Rapidamente sai do quarto por saber que ninguém estava por perto, mas fui verificar e realmente estava sozinho. Fui até à cozinha e questionei se alguém tinha saído dali nos últimos segundos. Nada de nada, e ao explicar o que tinha acontecido a resposta que me foi dada é que estava a imaginar coisas.

Talvez tivesse ouvido o que não ouvi e não visto pelo canto do olho o que senti. Não quero acreditar e prefiro mesmo pensar que não passou de fruto da minha imaginação, no entanto também não me venham dizer que estou a imaginar coisas só porque não querem de todo acreditar numa possibilidade sobre existir um pouco deles nas nossas vidas. 

A febre sobre As Cinquenta Sombras de Grey

Publicado por O Informador, 15.11.14

O livro As Cinquenta Sombras de Grey já foi lançado há alguns meses tendo levado milhões de mulheres por todo o mundo há loucura pela forte história de amor, sexo e sadomasoquismo descritos na obra. Agora que o filme inspirado no livro está prestes a encher as salas de cinema, a febre volta a assumir o seu lugar e elas voltam a estar eufóricas. A razão de tanto entusiasmo era o que gostaria de perceber...

Qual será a verdadeira razão para as leitoras ficarem tão rendidas a este livro de teor erótico que fez as delícias de muitas e que agora volta a estar em destaque pelas livrarias e mesas de cabeceira mundiais? Acredito que muitas fãs de As Cinquenta Sombras de Grey admiram a obra por esta lhes revelar o que podiam ter e não conseguem obter em casa com os seus maridos, talvez por vergonha e preconceito de serem arrojadas dentro de quatro paredes. Será que este tipo de literatura consegue assumir o lugar dos deveres de um casal no campo sexual, ajudando o mesmo a atingir novos pontos de ambos os corpos quando até aqui tudo parecia igual e mais do mesmo?

Sinceramente não entendo o sucesso e fascínio para com esta obra que já rendeu milhões à sua autora e que também já foi a causadora de vários divórcios onde se percebeu que em casa tudo pode acontecer em termos sexuais, não estando dois ou mais corpos exclusivamente delineados para certas posições e pensamentos. 

Mulheres que leram As Cinquenta Sombras de Grey, ajudem-me, com boas explicações, a perceber o sucesso e o entusiasmo para com a obra de E. L. James. Preciso fortemente desta ajuda compreensiva sobre um livro que não li e não penso fazê-lo!

Praga de mosquitos

Publicado por O Informador, 06.06.14

Este ano a Primavera além de andar com um clima instável, trouxe consigo uns animais mais indesejados e que além de perseguirem as pessoas que acabam por entrar sem se aperceberem na sua nuvem, conseguem também invadir produtos alimentares, roupas e tudo o que lhes aparecer pela frente. Falo dos insuportáveis mosquitos!

Não sei se ando mais atento ou se de facto Portugal está a ser afectado por uma grande onda de mosquitos que parecem uma praga! Saio de casa e apanho uma nuvem com milhares de pequenos seres portadores de doenças, vou à praia e lá aparecem os primos da nuvem que vi perto de casa, vou até à capital e lá apanho com os mosquitos mais citadinos que se colam ao que lhes aparece pela frente como se tivessem um íman. 

O nosso país nesta Primavera de 2014 está a ser atacado por uma valente praga mosquiteira e os pequenos insectos são horríveis e causam algum nojo só de pensar que pousam por todo o lado e que transportam consigo bactérias. Alguns países e regiões do país já tinham sentido tal fenómeno negativo há uns tempos e agora é aqui pela zona que os apanho, vá para onde for!