Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Literatura em pausa

23
Jun19

book read.jpg

 

Eu, Ricardo Trindade, conhecido na blogosfera como O Informador, venho publicamente assumir que sensivelmente entre o início da segunda quinzena de Maio e o final da quinzena inicial de Junho me portei um pouco mal como leitor assíduo. 

Reconheço aqui que férias além fronteiras - Paris -, trabalho, séries, afazeres diários e a preparação para o Clube de Leitura na Feira do Livro de Lisboa no espaço do grupo Porto Editora sobre a obra de Danielle Steel, deixei um pouco de lado os meus novos amigos literários de lado. Agora que tudo parece estar mais calmo prometo retomar o fio condutor como um bem comportado leitor que muito respeita os momentos dedicados às histórias de ficção e não ficção que são escritas por todo o mundo.

Eu, O Informador, reconhecido somente por quem aqui passa, prometo que a partir de hoje a história irá continuar a ser contada como estava a acontecer até meio de Maio. O objetivo está lançado, como tal vou começar desde já a cumprir com a palavra dada. 

Clube de Leitura | A Obra de Danielle Steel

19
Jun19

a obra de danielle steel.jpg

 

No passado dia 15 de Junho estreei-me na Feira do Livro de Lisboa como orador num encontro entre leitores de Danielle Steel que pelas 21h00 se juntaram no espaço do grupo Porto Editora para se falar, questionar e comentar a obra da reconhecida autora. Com a editora de Ficção da Bertrand Editora como moderadora e como colega a Maria João Diogo, do blog A Biblioteca da João, lá me a perder os meus receios e vergonhas de falar em público sobre um tema de que gosto, a literatura.

Começando perante o mote do último livro publicado em Portugal de Danielle Steel, À Primeira Vista, a conversa começou e rapidamente os nervos ficaram para trás das costas. Os microfones foram ligados, a câmara ficou a filmar e estava dado o arranque de uma hora de conversa onde a partilha foi e é sempre fundamental. O livro foi comentado, a obra em geral falada e os temas em destaque tocados perante as diferentes perspetivas que cada um de nós tem sobre a leitura dos romances de Steel. 

Recebi o convite, sabia que o tinha de aceitar, segui com receio e no momento só percebi que não existiram motivos para ter hesitado porque acredito que tenha corrido bem, perdi a vergonha e agora estou pronto para mais. Gostei mesmo desta primeira experiência pública a falar de livros que já quero repetir. 

Na Feira do Livro de Lisboa a falar de Danielle Steel

14
Jun19

danielle steel.jpg

 

Sábado, 15 de Junho, pelas 21h00, no espaço Autores que nos Unem, do grupo Porto Editora a obra de Danielle Steel irá estar em destaque num encontro de leitores que gostam de ter os romances da autora do seu lado. As emoções, o amor e as adversidades que dão vida aos romances da escritora e que inspiram milhões de leitores em todo o mundo irão ser falados e comentados numa hora de conversa sobre uma das minhas autoras de romance preferidas. Com isto e porque as coisas boas são para serem partilhadas, eis que vos convido a também me visitarem porque serei, a par com a Maria João Diogo, do blog A Biblioteca da João, um dos participantes como oradores desta sessão dedicada a Steel. 

Relembro que Danielle Steel é uma das autoras mais populares do mundo com vários dos seus romances a atingir os tops literários ao longo de várias semanas consecutivas. Sendo natural de Nova Iorque mas tendo vivendo em França durante alguns anos, daí algumas das suas obras se passarem entre terras americanas e francesas, Steel tem na sua escrita o dom da palavra, a liberdade e poder de conquistar de forma fácil o leitor que não se vê obrigado a seguir com a leitura de um dos seus livros em diante. Com mais de sessenta romances editados, quinhentas e sessenta milhões de cópias vendidas em mais de quarenta e sete países e em vinte e oito línguas, a autora dispensa mais apresentações. Eu, que adoro ter um romance de Steel por perto quando quero ler algo que me faça viajar e sem cansar, aconselho a todos a sua obra. 

Young Adult com 50% de desconto na Wook

13
Jun19

young-adult-50-banner-billboard

Nova mega promoção da Wook já disponível e a decorrer entre 12 e 24 de Junho de 2019. Desta vez a livraria lançou 50% de desconto - 40% de forma imediata e 10% em cartão wookmais - em literatura Young Adult.

Esta promoção só é válida para livros assinalados e para encomendas registadas e pagas dentro do período promocional. A oferta dos portes é válida em entregas em Portugal Continental, em encomendas de valor igual ou superior a 15€. Os serviços extra como a entrega ao Sábado e Janela Horária têm um custo adicional não gratuito. Para encomenda de valor inferior a 15€, o valor dos portes é devolvido em cartão Wookmais. Oferta de Portes válida para entregas nos Açores e Madeira, em CTT Expresso Clássico. Condições válidas para encomendas até 10 kg. Esta campanha da Wook não é acumulável com outras promoções em vigor na livraria online. 

Descontos até aos 50%! Só hoje na Wook!

29
Mai19

Oportunidades 20 a 50 banner billboard

A Wook voltou a lançar a sua campanha Oportunidades! por um dia... Hoje, 29 de Maio de 2019. Com portes grátis e descontos nos livros assinalados que vão dos 20% aos 50% em todos os livros, exceto as publicações com menos de 18 meses que continuam com os 10% habituais. Esta promoção só é válida em encomendas registas e pagas ao longo do dia de hoje, ficando de fora os ebooks, livros escolares e as publicações vendidas no Marketplace.

Os portes em Portugal Continental não são pagos, desde que a encomenda tenha valor igual ou superior a 15€. Se a compra for inferior ao valor estipulado o valor dos portes será devolvido em cartão Wookmais, não ficando na mesma a perder. Já para os Açores e Madeira a oferta dos portes é possível se a encomenda for enviada por CTT Expresso Clássico e se a mesma for até 10kg. Como sempre, esta campanha não é acumulável com outras promoções em vigor na Wook.

Aproveita este desconto e compra os livros que estão na lista de espera há algum tempo. Esta deverá ser a tua última oportunidade de em Maio fazeres as tuas compras na Wook por preços mais baixos. Já sabes, visita a livraria online, faz a tua encomenda e paga logo de seguida porque se deixares passar o prazo de pagamento, podes dizer «já era»!

 

Festa do Livro em Belém está de volta

02
Jun18

festa do livro em belém.jpg

Marcelo Rebelo de Sousa, no seu primeiro ano como Presidente da República, abriu os portões do Palácio de Belém para a primeira edição da Festa do Livro em Belém, continuando a mostrar o seu gosto pela literatura que sempre foi um dos seus pontos fortes enquanto comentador televisivo. Este ano, a terceira edição da Festa do Livro já se encontra a ser preparada e com data marcada. 

Foi numa das suas primeiras visitas à 88ª Feira do Livro de Lisboa que o Presidente Marcelo anunciou que de 31 de Agosto a 02 de Setembro, os jardins do palácio irão voltar a receber a feira literária que já se começa a tornar uma tradição graças à sua vontade. 

Será mais uma vez em parceria com a Associação Portuguesa de Editores e Livreiros - APEL - que esta terceira edição da Festa do Livro em Belém irá realizar-se com dezenas de bancas de diversas editoras, onde se juntam sessões de autógrafos, cinema ao ar livre e várias outras atividades numa programação diversificada que pode ser acompanhada com algumas pausas pela zona da restauração que irá estar disponível pelo espaço. 

Primeira visita à Feira do Livro de Lisboa

01
Jun18

autores que nos unem 2018.jpg

Domingo, 27 de Maio de 2018, visitei pela primeira vez a edição deste ano da Feira do Livro de Lisboa. A intenção não era comprar porque o pensamento sobre adquirir livros está virado para a Hora H que este ano realiza-se de Segunda a Quinta-feira entre as 21h00 e as 22h00, uma hora mais cedo que o habitual nos anos anteriores.

A visita foi feita na tarde de Domingo, o tempo estava agradável e convidativo para que se visitasse o Parque Eduardo VII e se andasse de stand em stand a bisbilhotar as ofertas de cada editora. Percorri o certame, fiz umas paragens mais longas que outras, fui espreitando os livros do dia e as promoções. Não comprei nada, como já havia referido, tudo com a intenção de voltar para fazer as compras a preços mais convidativos dentro dos gostos do que pretendo ler pelos próximos meses. 

O recinto parece-me dentro do que tem sido feito, embora não tenha percebido algumas organizações editoriais. Vi grupos de editoras com as suas chancelas separadas e sem proximidade sequer em todo o espaço. Depois também não percebi o facto de os livros do dia andarem com tão pouco desconto, quando por outros anos esse destaque acabava por ser apelativo pelo valor em que se encontravam. Desta vez poucos são os grupos com verdadeiros descontos diários que valem a pena e a distinção entre os grandes com poder de marketing e os mais pequenos e sem pertencerem aos grupos líderes de mercado é cada vez mais notória.