Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

01
Fev19

Férias em Fevereiro

O Informador

férias.jpg

Atenção meus caros colegas, seguidores, amigos e companheiros de percurso, este aviso é para todos vocês! Informo que este mês irei entrar de férias a partir de dia 10 e as mesmas serão prolongadas até dia 21.

Um Fevereiro com onze dias de descanso seguidos, sem a companhia ideal com direito a férias por estes dias e eu sem saber se me consigo aguentar uns dias a solo num recanto alentejano. Já alguma vez passaram uma semana longe da vossa rotina do dia-a-dia, em descanso total e a sós? Neste momento estou com a dúvida se me consigo aguentar durante uns dias de pausa sozinho, aproveitando para descansar, dormir sem horários e aproveitando para escrever, ler, ver as minhas séries, passeando e conhecendo novos recantos de um local que já conheço mas onde existe sempre algo de novo para descobrir. 

20
Abr18

Sete anos depois...

O Informador

20 abril 2011.jpg

Uma imagem, uma recordação representativa de um momento! Não me lembrava desta fotografia, tirada no Funchal, há precisamente sete anos, mas a passagem pelas redes sociais, que nos vão alertando sobre o que andamos a fazer neste dias pelos anos anteriores, ajudou-me a relembrar que estava de férias, livre e feliz. É assim que recordo aqueles dias passados na ilha por onde subi e desci ruas e conheci lugares onde tenciono voltar para redescobrir e também para que consiga visitar o outro lado da Madeira, a parte mais tradicional, mais rural, e onde em 2011 não fui. 

A imagem indica-me liberdade e paz, sendo que as memórias que tenho daqueles dias são essas mesmas porque ali vivi ao sabor da maré, sem horários, sem pressas e sem os constrangimentos do dia-a-dia, onde as correrias e os problemas surgem sem pedirmos. Naquelas férias descansei, conheci, sorri, voei, flutuei, saboreei e acima de tudo vivi e amei.

Desta imagem destaco ainda o facto de andar com uma mini máquina fotográfica, algo que os telemóveis destronaram na minha vida, um quispo que ainda faz parte do meu guarda-roupa, tal como o lenço preto que ficará para sempre comigo por ter um significado especial. Tudo o resto já foi porque vivemos de memórias mas também de mudanças e se vamos crescendo física e psicologicamente, tudo o que nos vai ajudando a compor também tem a obrigação de ser reciclado. 

07
Out17

Férias de Outono!

O Informador

outono.jpg

Quatro meses após ter iniciado o novo ciclo profissional, chega a primeira pausa! Começo hoje um período de férias ao longo da próxima semana, fugindo da rotina e dos locais que me são familiares ao longo de grande parte do ano!

Na verdade ainda não sentia a necessidade de descansar e venho a pensar que a semana do regresso será talvez das mais complicadas que irei ter até ao final do ano para repor o que ficará para trás neste período de ausência, no entanto agora é tempo de descansar, desfrutar destes dias de Outono, que até parecem convidativos, para andar na rua e passear um pouco pelas planícies alentejanas que tanto aprecio.

O início do Outono é um dos períodos onde geralmente tiro uns dias de pausa por ainda não estar frio e porque os restos deixado pelo Verão ainda se fazem sentir por algumas horas diárias. Aliando a isso a pacatez do Alentejo, a simpatia das «gentes» e a beleza da zona, eis a escolha do local para poder descansar a sério sem a correria do dia-a-dia que se vive pelas zonas urbanas.

05
Ago17

Verão estranho em Agosto

O Informador

Agosto de 2017 não está a começar da melhor maneira como o mês mais quente e que a todos convida para assentarem arraiais pelas praias deste país. Várias horas em que o sol fica tapado pelas nuvens, um vento desagradável para quem gosta de desfrutar da praia em sossego e sem levar com areia a todo o momento e as ameaças esporádicas de chuva não ajudam nada os fãs deste mês para tirarem umas ricas férias onde sonham atingir um bronze perfeito para regressarem ao dia-a-dia com um vigor reforçado graças ao sol e ao descanso que obtiveram. Parece-me que o querido mês de Agosto este ano não está de modas e deixou-se influenciar por um tempo mais virado para o Outono.

Nunca fui fã de tirar férias nestas semanas supostamente mais quentes e com as multidões a invadirem as praias, os estabelecimentos comerciais em zonas tradicionalmente mais movimentadas neste período e os preços a serem inflacionados a pensar no consumismo desenfreado a que os dias de pausa como que obrigam por existirem subsídios para gastar. Mas é certo que a maioria dos portugueses continua a apostar nas semanas de Agosto para tirarem férias, mas este ano parece que tiveram azar se o tempo continuar frouxo e a fazer caretas ao longo dos dias. Não está um calor constante, não existe um céu limpo de manhã à noite, existindo sim a presença de vento que arrasta areias movediças pela praia fora e um nevoeiro por vezes desmoralizador, deixando aquela ideia de um Verão com altas temperaturas de lado.

13
Jun17

Férias pelos Santos

O Informador

Recém chegado ao meu segundo emprego, eis que sou surpreendido em semana de Santos Populares com mais de metade da equipa de férias. Sim, é verdade, a maioria dos novos colegas tirou uns dias de pausa, aproveitando o feriado da próxima Quinta-feira, 15 de Junho, e estando assim por casa a 13, já que quase todos vivem pela zona de Lisboa e como onde trabalhamos hoje não é feriado, aproveitam assim um dia de férias para ficarem com a família e festejarem noite dentro estes dias de Santo António. 

Ao longo de dez anos por onde trabalhava sempre era complicado marcar férias e se dois quiséssemos um dia que fosse de pausa ao mesmo tempo que outra pessoa já era um grande problema, tendo alguém que ceder e mudar a sua opção. Agora chego a uma nova empresa e percebo que marcar férias parece não ser um problema para ninguém. Tirar dias ocasionalmente para aproveitar feriados e conseguir prolongar fins-de-semana é uma realidade, ao contrário do que estava habituado. Não podia sequer pensar porque se quisesse tirar uma Segunda por ser feriado à Terça, por exemplo, tinha de trocar folgas se alguém cedesse porque disponibilizarem dias era sempre complicado. Não podíamos ficar com dias livres quando marcávamos férias em Outubro para o ano seguinte - onde isto acontece? - para ir tirando. Nada, tínhamos de marcar os vinte e dois dias e seriam gozados nas datas marcadas, sem dar para alterar. Agora deparo-me com uma realidade que pensa nos funcionários e no seu bem-estar. Na empresa pela qual trabalho atualmente podemos marcar férias uns dias antes de nos ausentarmos, marcar os dias que queremos e sem existirem restrições de períodos obrigatórios.

guerra-dos-tronos-mrec

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

  • Cláudia C Silva

    Tive exactamente o mesmo pensamento que tu: deixa...

  • Anónimo

    Votos de umas boas férias numa bela cidade de Amor...

  • Anónimo

    Eu também ando assim! Ainda hoje de manhã estava a...

  • O Informador

    Desenhos animados também choro, e até te digo que ...

  • Anónimo

    Este seu texto podia ter sido escrito por mim de t...

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook