Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Novos «Morangos» já cheiram a mofo

12
Mar19

april ivy.jpg

Existem coisas que não mudam e que em Portugal vão ficando atrás do que já é feito nos outros países. A TVI anunciou ainda em 2018 o regresso para uma décima temporada da série Morangos com Açúcar e agora, após casting e cursos de representação para encontrar os novos atores da série, eis que o canal revela quem será a protagonista desta nova fornada de episódios. 

April Ivy, de seu nome Mariana Gonçalves, com casting ou convite, foi, aparentemente, a selecionada para protagonizar os novos Morangos com Açúcar. Sendo cantora, sabendo dançar e não sendo, pelo que dizem, uma nódoa como estreante nas lides da representação, a jovem de 19 anos, terá sido assim a eleita para o papel principal por reunir todos os requisitos necessários e por também já ser conhecida de algum público jovem. 

Quanto ao rosto central masculino ainda não estará escolhido, segundo a mesma fonte da produtora, mas terá que ter alguma química com April para que as cenas funcionem logo de início como aconteceu com outros protagonistas, como é o caso de Cláudia Vieira e Pedro Teixeira, Sara Matos e Lourenço Ortigão, que com tanto à-vontade passaram os romances fictícios das suas personagens para a vida real. 

A estreia desta nova temporada está marcada para Setembro, num novo formato e mais moderno, segundo informação da produtora e da direção do canal. Se querem que acredite mesmo na inovação da série? É claro que não, ainda para mais com a escolha de uma protagonista que canta, mostrando que talvez venha aí mais do mesmo, com uma escola de artes como pano de fundo como aconteceu nas últimas temporadas. 

Zoom | Teatro da Trindade

14
Fev19

zoom cartaz.jpg

Zoom, da autoria de Donald Margulies, chega a Portugal através do Teatro da Trindade que ao encargo de Diogo Infante aposta assim também como encenador nesta história de amor onde Sandra Faleiro, João Reis, Sara Matos e Virgílio Castelo dão vida a quatro personagens bem consistentes e formadas para agitar a vida e os pensamentos umas das outras. 

Destacando a relação de Sarah, uma fotojornalista que chega ferida da Guerra do Iraque, e do seu namorado, James, jornalista que a acompanha como repórter de guerra, em Zoom o debate surge a partir do momento em que o casal se apercebe que existem divergências entre a vontade e a forma de estar e assumir o futuro entre ambos. Se para Sarah, e mesmo após o acidente que a lesionou, o futuro é continuar a enfrentar o caos e a morte dos outros para os mostrar ao Mundo, já para James é tempo de parar e refazer a sua vida como alguém que possa trabalhar com horários, tendo dias de pausa, férias, optando por uma paragem para pensar em criar família e ter filhos. Os debates como casal com divergências começam aqui e os sentimentos começam a ser revelados num momento em que as diferenças no seio da relação surgem.  

Ao mesmo tempo que Sarah e James começam a revelar as suas fragilidades como casal, ambos vão recebendo em casa o editor de fotografia com quem trabalham. Steve apresenta a sua nova namorada, Mandy, alguns anos mais nova e com uma aparente ingenuidade do seu lado que a leva a colocar o dedo na ferida em vários momentos de conversa cruzada entre os quatro. A forma como Mandy olha para a vida e para as relações de forma descontraída acaba por influenciar a decisão de Sarah e James perante o que lhes está pela frente. Afinal de contas viver de forma livre e saudável é andar a correr o Mundo atrás do mal dos outros? Construir uma vida não é só ver trabalho pela frente, o que os comentários inofensivos e desconcertantes de Mandy acabam por levar Sarah a ter reações que tudo mudam perante o seu estado de normalidade onde retratar a realidade como uma paragem é o seu dever contra a normalidade de quem só quer ser feliz. 

Gente Que Não Sabe Estar já estreou

21
Jan19

Gente que não sabe estar.png

Ao contrário dos receios que tinha sobre o regresso de Ricardo Araújo Pereira ao ecrã da TVI com um novo programa de humor sarcástico virado para a política, a estreia surpreendeu-me pela positiva, mostrando que desta vez sim, o RAP português conseguiu ir de encontro ao que realmente o público quer ver e não entrar em modo bem mais filosófico para conquistar somente uma minoria. 

Gravado no palco do Teatro Villaret e contando com Cátia DominguesManuel CardosoJoana MarquesGuilherme Fonseca, Cláudio Almeida, Miguel Góis, José Diogo Quintela e o famoso Insónias em Carvão no lote de humoristas residentes deste projeto, Ricardo Araújo Pereira é um género de pivô que critica e faz-se apoiar dos seus companheiros de bancada para dar várias achegas ao governo e diversos partidos que começam agora a preparar as suas candidaturas às próximas eleições. 

António Costa, Assunção Cristas e o seu arroz de atum na sua aparição n' O Programa da Cristina, os serviços públicos do genro de Jerónimo de Sousa, entrevistas bizarras e debates entre os vários partidos onde ninguém se entende até surgirem assuntos polémicos de que todos se querem desmarcar, Ricardo Araújo Pereira com o seu bom toque de humor arrasa a política, comenta, brinca e goza com as notícias que vão surgindo à semana, fazendo ao mesmo tempo um pouco de futurologia, e sempre com o cuidado de não ser brejeiro como a maioria dos comediantes que andam por aí. Existe humor e humor e aqui encontramos um caso de humor gourmet com um só nome, Ricardo Araújo Pereira. 

Estreia Hoje | Gente Que Não Sabe Estar

20
Jan19

gente que não sabe estar.jpg

Ricardo Araújo Pereira regressa hoje, 20 de Janeiro de 2019, aos ecrãs nacionais para estrear um novo suplemento humorístico inserido no Jornal das 8, da TVI. Se o Ricardo fazia falta à televisão? Sem dúvida, no entanto existem umas questões do passado que me deixam de pé atrás perante este regresso.

Primeiramente quero comentar o facto da direção de programas e de informação do canal em insistir em colocar espaços de humor político como partes dos informativos. Podiam perfeitamente dar este novo espaço, Gente Que Não Sabe Estar, colado ao informativo, mas como formato autónomo e que vale por si, sem existir qualquer necessidade de ficar inserido, na sua primeira exibição, dentro do principal bloco de informação do canal. Depois as repetições na TVI24 já são livres, por isso qual o fundamento desta colagem?

Segundo ponto... No passado Ricardo Araújo Pereira estreou dois formatos do género, também dentro do Jornal das 8, e não me conseguiu convencer, achando tudo muito forçado. Desta vez vou dar a liberdade de começar de novo, uma vez que esta nova aposta parece ser diferente do que foi feito anteriormente. Será que é mesmo diferente e consegue ter uma maior dinâmica e uma piada mais formatada sem roçar o ridículo para cumprir contrato?

Mais vistos em 2018

19
Dez18

A equipa do Sapo Blogs já nos enviou o Relatório Anual de cada blog correspondente a 2018, embora ainda faltem uns dias para terminar o ano. Com isto e porque acho que todos vocês, que passam por aqui diariamente ou de quando em vez, merecem e podem saber um pouco mais sobre alguns dados disponibilizados pelas estatísticas, deixo-vos assim as publicações mais visitadas no blog ao longo dos últimos doze meses. 

  1. Fita de finalista da afilhada
  2. Fita de finalista para o primo
  3. As fitas de finalistas...
  4. Quem Me Dera | Mariza
  5. Costa leva novo chá de Marcelo
  6. Finalmente existe ação na Antiga Feira Popular
  7. Dor de cabeça com falta de café
  8. Atual leitura... Nada Menos Que Tudo [Afonso Noite-Luar]
  9. Secret Story 7 | A Estreia
  10. 10 alimentos consumíveis fora de prazo

A estreia do novo Dança com as Estrelas

10
Dez18

rita pereira pedro teixeira dança com as estrelas

Num ano em que havia sido anunciada uma nova edição do programa Dança com as Estrelas e em que a sua apresentadora deixou a TVI, a direção do canal resolveu continuar com a aposta no formato e apostar numa nova dupla de apresentadores, rostos já associados ao programa como concorrentes na sua primeira temporada. A Pedro Teixeira juntou-se Rita Pereira na condução da quarta temporada do programa de danças e surpreendentemente a dupla conseguiu convencer na sua estreia.

Nervosismos à parte, mais da Rita nos momentos iniciais, que rapidamente foram ultrapassados, do que do Pedro que já tem um pouco mais de experiência na apresentação graças ao ano e meio de Apanha Se Puderes, a nova dupla de apresentadores funciona bem e mostrou empenho, gosto e vontade de procurar conquistar com o seu trabalho. Além de serem amigos e cúmplices, a boa disposição dos dois para com concorrentes e jurados é notória, percebendo-se que para lá das ligações pessoais e profissionais com alguns existe um acompanhar dos ensaios, um cuidado para que tudo corresse bem nesta estreia aguardada e que prometia uma mudança, dentro do possível, do que havia sido feito nas três edições apresentadas por Cristina Ferreira. 

Kelly Bailey, Bárbara Bandeira, Tiago Teotónio Pereira, José Condessa, André Costa, Vitor Hugo, Mónica Jardim, Anamar, Badoxa e Jessica Athayde são os concorrentes deste novo e renovado Dança com as Estrelas. Já nos jurados o público volta a contar com Cifrão e Alexandra Lencastre onde se junta desta vez o professor de dança Duarte Vieira. 

Se os nervos afetaram alguns dos concorrentes e a estreia nestas coisas faz mesmo a diferença para quem chega de novo a um mundo que não é o seu, o da dança, tal como em muitas situações na vida, existe mesmo quem tenha surpreendido. A primeira surpresa da noite foi mesmo o anúncio de Rita Pereira sobre o sexo do seu bebé. Ao contrário do que vinha a ser especulado pela imprensa, o bebé de Rita é mesmo um bebé e não uma bebé, como andava a ser noticiado há algumas semanas. No que toca a concorrentes destaco nesta primeira apresentação o Badoxa, que surpreendeu com os seus movimentos, mostrando que quem tem uns quilos acima do aconselhado consegue dançar e bem e ainda ter um excelente desempenho com o corpo. Pinos, cambalhotas, rodas e tudo o mais que confesso não o faço com tanta agilidade e onde o Badoxa me espantou, sendo mesmo a surpresa do Dança na noite de estreia. José Condessa foi outras das surpresas. O ator com 21 anos e com uma carreira já com inúmeros sucessos no cinema, teatro e televisão surpreendeu na pista onde mostrou que mesmo novato nestas andanças agarrou o projeto com empenho e para dar o seu melhor. Anamar, a concorrente mais velha e também menos conhecida do público, é atriz e cantora, no entanto em dança, após trinta anos sem fazer exercício físico, mostrou na arena ter os movimentos corporais certos para recolher os bons comentários dos jurados. 

White Christmas | ArtFeist

25
Nov18

white christmas.jpg

Mais uma Natal se aproxima e mais uma vez a Artfeist Produções Artísticas aposta num musical dedicado à época, White Christmas. Numa produção original, inspirada no espetáculo do ano passado, Um Canto de Natal, o público é convidado a recordar os temas natalícios de todos os tempos.

Com Henrique Feist, Mariana Pacheco, Diogo Leite e Valter Mira em palco e com Nuno Feist responsável pela direção musical, este novo espetáculo vai muito ao encontro do que foi feito em 2017, fazendo uso dos melhores momentos do que havia sido apresentado onde se juntam novos apontamentos. Através de um cenário natalício, com neve, árvores, candeeiros e estrelas, o público é convidado a recordar no Auditório do Casino Estoril os temas de Natal mais célebres do Mundo, dos que marcaram viragens históricas em conflitos continentais, diferenças religiosas ou mesmo histórias familiares que se tornaram eternas e passadas de geração em geração. 

Do início ao fim do espetáculo o público é convidado a juntar-se às boas vozes dos artistas que de forma individual ou em grupo cantam e conquistam quem se deixar embalar pelos vários temas que vão sendo interpretados.