Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

wook-natal-billboard

Convites duplos | Shrek, O Musical

30 de Novembro e 01 de Dezembro

28
Nov19

 

Já estreou no Auditório do Casino Estoril o espetáculo infantil Shrek, O Musical, baseado no livro de William Steig e no filme de animação da Dreamworks. Numa produção da ArtFeist, as aventuras do ogre mais famoso do mundo já se encontram disponíveis através desta versão teatral e em português.

Era uma vez um pântano distante, onde vivia um ogre chamado Shrek. De repente, o seu sossego é interrompido pela invasão de personagens de contos de fadas que foram banidos do seu reino pelo maldoso Lorde Farquaad. Determinado a salvar o lar das pobres criaturas, e também o dele, Shrek faz um acordo com Farquaad e parte para resgatar a princesa Fiona. Resgatar a princesa pode não ser nada comparado com seu segredo profundo e sombrio.

Com sessões aos Sábados e Domingos, pelas 11h30 e 15h30, e com preços que variam entre os 15€ e os 18€, Shrek, O Musical convida miúdos e graúdos para se juntarem pela plateia e poderem assistir a uma verdadeira aventura já bem conhecida de todos nós. Aproveito para informar que nem todos os miúdos podem marcar presença na plateia do Auditório do Casino Estoril, uma vez que este espetáculo é para maiores de seis anos, embora possam entrar crianças a partir dos dois anos após autorização da bilheteira. 

Para que todos possam ter a oportunidade de assistir a este espetáculo, tenho convites duplos para as sessões de Sábado e Domingo, 30 de Novembro e 01 de Dezembro. Este passatempo irá estar disponível até às 09h00 de dia 29 de Novembro, Sexta-feira, e nesse dia serão revelados os nomes dos vencedores nesta mesma publicação, sendo o sorteio feito através do sistema automático random.org. Os premiados serão contactados via email com as recomendações para o levantamento dos bilhetes acontecer nas melhores condições. Para a participação ser válida tens de seguir os passos que se seguem.

 

Salvador herói! Sobral esquecido!

27
Nov19

alma nuestra 2.jpg

 

Salvador Sobral, o vencedor do Festival da Canção 2017 e que venceu o Eurovisão no mesmo ano em Kiev, na Ucrânia, com o tema Amar Pelos Dois, seguiu o seu percurso no panorama musical e entre os vários projetos onde tem marcado presença, continua a pertencer ao grupo Alma Nuestra, cuja fundação dependeu de si a quem se juntou Victor Zamora, no piano, e mais tarde André Sousa Machado, na bateria, e Nelson Cascais, no contrabaixo. Numa mistura entre o jazz e os sons cubanos e sul-americanos, os Alma Nuestra estão a lançar o seu primeiro trabalho discográfico e tive o privilégio de assistir a um dos espetáculos onde tenho a dizer que fiquei convencido com o trabalho feito e principalmente com o talento de todos, inclusive de Sobral que além de cantor e interprete, tem um bom à-vontade para o entretenimento ligado à comédia. 

No espetáculo de apresentação do trabalho realizado pelos Alma Nuestra o que não entendi foi mesmo a adesão do público, que numa sala mais pequena do que os grandes centros de espetáculos, conseguiu mesmo assim deixar várias fileiras de lugares vazios. O Salvador Sobral não foi o nosso representante que mais longe ficou na competição europeia Eurovisão? Na altura o país não parou para assistir ao grande momento em que era mais que esperada uma vitória? Dois anos e uns meses depois de todo o sucesso, o cantor promoveu o espetáculo com os restantes elementos da banda que atuou no Teatro Villaret com o apoio da Força de Produção e o público que o venerou parece ter desaparecido. 

Com a minha honesta opinião tenho a confessar que senti um pouco de desilusão por não ver uma sala esgotada num momento em que uma boa voz que todos ficaram a conhecer pelo seu sucesso rápido ter lançado um trabalho e não conseguir cativar o seu público ao longo deste tão pouco espaço de tempo. Será que todos esqueceram o quanto o tema Amar Pelos Dois andou a viajar por aí? Então o Salvador agora que já passaram mais de dois anos já não é o melhor, o que venceu e que mereceu o seu lugar de destaque?

Portugal no apoio dos bons trabalhos parece não existir. Concordo talvez que o facto dos Alma Nuestra seguirem a linha do jazz que afaste algum, muito até, público. Não sou apreciador deste estilo, confesso, mas na verdade gostei do espetáculo, via de novo e acho que as estrelas rápidas merecem sempre continuar a brilhar quando têm o talento do seu lado e o Salvador têm muito talento e mérito consigo.

A Rainha da Neve | Teatro Politeama

26
Nov19

A RAINHA DA NEVE CARTAZ.jpg

 

O novo espetáculo infantil de Filipe La Féria para a temporada  2019/2020 traz A Rainha da Neve ao palco do Teatro Politeama. Num original do produtor, inspirado no conto de Hans Christian Andersen, que também inspirou o célebre filme da Disney, Frozen, este novo musical de La Féria traz consigo ainda mais magia que os sucessos dos anos anteriores pela sala de espetáculos. Em A Rainha da Neve, o reino gelado de uma família é encenado num momento em que a temível rainha da neve surge para sacrificar a união e conforto de uma família, onde um pai faz de tudo para proteger as suas jovens filhas e princesas. 

Numa metáfora entre o calor e o frio, em A Rainha da Neve o poder da magia e o encantamento marcam presença ao lado de uma história onde vida, amor, família, amizade, magia, diferenças, sonhos e coragem ganham destaque numa partilha entre as personagens. Num confronto entre o verdadeiro amor e o egoísmo, neste território gelado a história faz com várias mensagens sejam transmitidas e fiquem a pairar pela sala do Teatro Politeama onde miúdos e graúdos aplaudem, questionam e emocionam-se perante o que cada ser deste mundo encantado e gelado tem para dar e receber, passando de forma fácil a mensagem de que juntos somos mais fortes para seguir em frente. 

Numa união entre a representação, o canto e a dança, esta nova produção de Filipe La Féria segue a qualidade que o produtor e encenador habituaram o seu público. Com cenários, guarda-roupa e musicalidade sem falhas e um elenco de atores, cantores e bailarinos com rostos já conhecidos da "casa", A Rainha da Neve segue todos os parâmetros necessários para encher a sala de espetáculos sessão após sessão e com algumas surpresas pelo meio. A história base é, com alguns ajustes, conhecida de outros campeonatos do audiovisual, a magia acontece, o elenco cumpre e os momentos musicais estão desta vez em grande destaque pelas vozes escolhidas. 

 

Convites duplos | Shrek, O Musical

23 e 24 de Novembro

20
Nov19

shrek.jpg

 

A Artfeist estreia no próximio dia 23 de Novembro um novo teatro musical infantil no Auditório do Casino Estoril. Shrek, O Musical, baseado no livro de William Steig e no filme de animação da Dreamworks, está a ser preparado há algumas semanas e agora as aventuras do ogre mais famoso do mundo vão estar disponíveis através desta versão teatral e em português.

Era uma vez um pântano distante, onde vivia um ogre chamado Shrek. De repente, o seu sossego é interrompido pela invasão de personagens de contos de fadas que foram banidos do seu reino pelo maldoso Lorde Farquaad. Determinado a salvar o lar das pobres criaturas, e também o dele, Shrek faz um acordo com Farquaad e parte para resgatar a princesa Fiona. Resgatar a princesa pode não ser nada comparado com seu segredo profundo e sombrio.

Com sessões aos Sábados e Domingos, pelas 11h30 e 15h30, e com preços que variam entre os 15€ e os 18€, Shrek, O Musical convida miúdos e graúdos para se juntarem pela plateia e poderem assistir a uma verdadeira aventura já bem conhecida de todos nós. Aproveito para informador que nem todos os miúdos podem marcar presença na plateia do Auditório do Casino Estoril, uma vez que este espetáculo é para maiores de seis anos, embora possam entrar crianças a partir dos dois anos após autorização da bilheteira. 

Para que todos possam ter a oportunidade de assistir a este espetáculo, tenho quinze convites duplos a distribuir pelas sessões de Sábado e Domingo, 23 e 24, respetivamente. Este passatempo irá estar disponível até às 09h30 de dia 22 de Novembro, Sexta-feira, e nesse dia serão revelados os nomes dos vencedores nesta mesma publicação, sendo o sorteio feito através do sistema automático random.org. Os premiados serão contactados via email com as recomendações para o levantamento dos bilhetes acontecer nas melhores condições. Para a participação ser válida tens de seguir os passos que se seguem.

Jorge Palma atuou no Coliseu de Lisboa

16
Nov19

expresso do outono jorge palma.jpg

 

Fui convidado para no dia 14 de Novembro ir até ao Coliseu de Lisboa para assistir ao concerto de Jorge Palma sob o título Expresso do Outono, um dos novos temas do cantor e compositor. Se não ia com muitas expetativas, o que tenho a confessar é que até sai animado do espetáculo que começou morno mas que foi ganhando vida dentro do estilo do artista. 

Com um registo de «quem está completamente em casa» e com muito pouca comunicação com a plateia, Jorge Palma parece estar em palco para cantar, beber água e seguir em frente para tema atrás de tema, seguindo o agrado do público que o segue ao longo dos anos. Com vários êxitos interpretados e temas menos conhecidos, Palma seguiu o seu alinhamento sem oscilações, com as poucas falas e conversas a serem impercetíveis junto da plateia, uma vez que a sua união com o microfone só funciona mesmo no canto e mesmo assim com algumas falhas. 

 

Saturday Night Fever | 03.11.2019

Convites duplos

31
Out19

 

Yellow Star Company convida todo o público a assistir ao seu mais recente grande musical, Saturday Night Fever, que se encontra em cena no Salão Preto e Prata do Casino Estoril até meados de Novembro, pretende levar o público para os tempos áureos do disco sound através deste musical.

Levando o público até aos tempos áureos do disco sound através da história de Tony Manero, um jovem que vive no bairro de Brooklyn. Gostando de dançar e só com os fins de semana para o fazer por trabalhar numa loja que lhe ocupa todo o tempo, a luta pelo sonho deste jovem existe. Com Stephanie como parceira de dança, as perspetivas de mudar de vida e os aplausos nas pistas, Tony prepara a sua participação num concurso de dança. Tudo isto ao mesmo tempo que uma crise amorosa e familiar se instala, criando uma certa instabilidade. 

Ricardo de Sá, Beatriz Barosa e Mafalda Tavares lideram o elenco, perante outros nomes conhecidos, como é o caso de António Máximo, Andreia Barros, Diogo Martins, Daniel Cerca Santos, Pedro Vieira, Sara Cecília, João Vilas, Luís Pacheco, Fabiana Craveiro, Alexander Aleksandrov, Elsa Galvão e Diogo Faria, que em palco brilham com Saturday Night Fever.

 

Saturday Night Fever | 31.10.2019

Convites duplos

27
Out19

 

A Yellow Star Company estreou Saturday Night Fever para reconquistar o público após o sucesso do ano passado de Grease. Com sessões agendadas para o Salão Preto e Prata do Casino Estoril até meados de Novembro, pretende levar o público para os tempos áureos do disco sound através deste musical.

Contando a história de Tony Manero, um jovem que vive no bairro de Brooklyn. Gostando de dançar e só com os fins de semana para o fazer por trabalhar numa loja que lhe ocupa todo o tempo, a luta pelo sonho existe. Com Stephanie como parceira de dança, as perspetivas de mudar de vida e os aplausos nas pistas, Tony prepara a sua participação num concurso de dança. Tudo isto ao mesmo tempo que uma crise amorosa e familiar se instala, criando uma certa instabilidade. 

Ricardo de Sá, Beatriz Barosa e Mafalda Tavares lideram o elenco, perante outros nomes conhecidos, como é o caso de António Máximo, Andreia Barros, Diogo Martins, Daniel Cerca Santos, Pedro Vieira, Sara Cecília, João Vilas, Luís Pacheco, Fabiana Craveiro, Alexander Aleksandrov, Elsa Galvão e Diogo Faria, que em palco brilham com Saturday Night Fever.