Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

leituras-verao-billboard
08
Fev20

Amor Sem Fim, engravidar depois da partida

amor sem fim.jpg

 

A TVI passou durante a semana e após o serviço informativo da noite a reportagem documental Amor Sem Fim, no espaço Alexandra Borges, num trabalho de Emanuel Monteiro.

Resumindo o tema de forma rápida, nesta grande reportagem uma mulher pretende com o esperma do marido engravidar. O marido faleceu com cancro, horas após casarem no hospital, tendo deixado tudo tratado para que o sonho de ambos se realizasse. O problema agora impõe-se!

Com a documentação devidamente assinada por ambos em como Ângela podia usar o esperma de Hugo para terem um filho em comum, a lei portuguesa não o permite. No entanto essa mesma lei permite a que esta mulher viúva recorra a um banco de esperma para ter um filho de dador anónimo. 

Em que país vivemos para que uma mulher com um sonho comum de um casal não possa usar o que tem do seu falecido marido mas que o possa fazer de outro homem? Qual o problema de Ângela poder dar vida a um filho desejado por ambos, mesmo quando Hugo já não está com vida, quando ao usar um banco de esperma também não existirá um pai presente no futuro da criança?

Esta mulher luta por uma alteração na lei para que possa realizar um sonho e este problema de leis e regras não se entende em pleno século XXI onde se percebe que existem falhas nos regulamentos impostos. Até quando isto vai acontecer? Ângela e Hugo fizeram tudo de forma correta nos últimos tempos da doença, casaram mesmo no último dia pelo amor sentido, ambos queriam ficar unidos para sempre, ter um filho de ambos. O futuro está a um passo e a lei não permite que esta mulher possa ter o fruto tão desejado de um amor verdadeiro.

 

 

18
Fev19

89ª Feira do Livro de Lisboa já está marcada

feira do livro lisboa 2019.png

A 89ª Feira do Livro de Lisboa já tem data definida para se apresentar ao público. Este ano o maior evento literário do país irá realizar-se entre os dias 29 de Maio a 16 de Junho, ocupando grande parte do Parque Eduardo VII, como tem vindo a ser hábito.

Pouco ainda se sabe sobre o que está a ser preparado para a edição deste ano, o que já é certo é que Espanha é o país convidado, após Portugal ter sido o convidado da feira literária de Sevilha e de em 2017 também ter sido o país presente na 76ª Feira do Livro de Madrid.

Para o evento deste ano, além de Espanha ser o país convidado, a organização está a tentar voltar a surpreender os seus visitantes com um maior número de expositores e de eventos a decorrer em simultâneo ao longo dos dias em que o evento irá estar a decorrer. Além das bancas literárias e dos espaços de comida, os palcos para workshops, apresentações, sessões de autógrafos, conversas com os autores e mesmo concertos estão a ser pensados para que os leitores não se fiquem somente pelas compras e visitas ao parque, podendo aproveitar ao longo de grande parte do dia o evento com os mais diversos motivos de interesse que irão estar em destaque.

05
Out16

Sesta espanhola

Maldita a hora em que em pleno período de férias nos lembramos de partir uma certa manhã para terras espanholas. Então não é que nos esquecemos que os vizinhos fazem o seu período de sesta prolongada por horas infinitas ao longo da tarde?

Ah pois é! Tinha a ideia que os espanhóis fecham tudo e mais alguma coisa por um período de duas horas e com horários definidos, mas não. Afinal de contas fecham tudo na maioria dos casos das 14h00 às 17h00 e isolam-se dentro de quatro paredes para dormir. Tudo fica encerrado, desde cafés, a lojas, museus, igrejas e qualquer tipo de estabelecimento. A sesta espanhola é tradição no país mas causa uma raiva enorme aos visitantes que percorrem quilómetros para visitar e conhecer o que de bom existe por aquelas paragens e depois a espera tem de ser feita a circular por jardins ou a ficar sentado dentro do carro porque tudo se encontra encerrado. Faz algum sentido tamanha tradição?

25
Ago14

Bailando

https://www.youtube.com/watch?v=ApeC2AGENgo

Enrique Iglesias relançou o tema bailando, desta vez ao lado do português Mickael Carreira! Um mês depois de ter estado por Espanha de férias e de ter ouvido este som várias vezes acabo por perceber já em Portugal que está aqui uma ligação luso-espanhola!

Num tema bem romântico os dois cantores uniram-se para lançarem um dos sons do momento nos dois países da Península Ibérica. Já por Torremolinos tinha ouvido várias vezes este tema, tendo ficado com o mesmo no ouvido e cantarolado algumas das suas partes, isto sem ainda existir esta nova versão nas duas línguas.

Bailando é um dos temas do Verão que irá ficar a passar nas rádios pelos próximos meses! Bailando por amor e com paixão por terras portuguesas e espanholas num tema e letra inspiradores!