Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sem ideias de escrita

Escrever de forma pensada, com calma e com tudo previamente planeado é do melhor, mas o certo é que nem sempre isso acontece, existindo dias em que as ideias não surgem e acabo por iniciar um texto sem tema mas fazendo com que a escrita saia de forma rápida, meio que desgovernada e sem um princípio, meio e fim, deixando que cada palavra defina a que se segue através do teclado.  Naqueles dias que não existe um tema definido, como é este o caso, a ideia é deixar o texto formar o (...)

Escrever

Enfrentando as letras, criando palavras que juntas dão origem a uma frase inserida num texto que será publicado para todos o poderem ler, refletir e comentar. É por este gosto de partilhar que por aqui sigo, escrevendo por vezes somente para mim porque do outro lado nunca se sabe quem aparece. Quando os dedos começam a elaborar um encadeamento de letras não se sabe como irá terminar, quem irá estar do outro lado e o destaque que essa mesma publicação irá ter para quem por ela (...)

Página em branco

Encontrar um bom tema para ser comentado no blog é essencial para quem quer receber visitas que deixem o seu comentário com uma opinião bem formada sobre o que está a ser partilhado pelo autor que nem sempre consegue seguir um caminho exato e com algo de novo para contar. Isso acontece e este texto vem sobretudo no seguimento dessa linha, uma vez que estava com a página para escrever um "novo post" aberta e nada surgia para iniciar uma publicação que podia não ser automaticamente (...)

Vem aí... Novo livro de Sócrates

José Sócrates lançou o livro Confiança no Mundo há uns tempos! E agora, uns meses após ter saído da prisão, onde esteve durante dez meses, o antigo Primeiro-Ministro volta a lançar-se na escrita e prepara nova obra para ser lançada em breve dentro do tema base e que teve formação ao longo dos anos em que viveu em Paris, a filosofia política! O que gostava mesmo de ver seria uma visão do estado financeiro do nosso país, em modo romanceado onde a ficção se unisse com (...)

Escrita e títulos sensacionalistas

O tempo vai passando, as coisas vão sendo alteradas mas tenho que admitir que existem factos que não consigo modificar totalmente! Quando comecei a partilhar assuntos e opiniões pelo mundo da internet, quer tenha sido através de sites, blogues ou fóruns, sempre me disseram que criava títulos e escrevia de forma sensacionalista para chamar as pessoas com a finalidade de lerem o conteúdo do artigo. Agora dizem-me que faço o mesmo, embora de forma mais suave, mas com a mesma força! N (...)

Hoje é sexta! Preciso de descansar!

Quase na hora de ir ver o quarto episódio de Mr. Selfridge, para que o sono apareça em definitivo, conseguem-me arranjar maneira de me chatearem mesmo à distância! Será isto normal acontecer num dia em que só penso em descansar, estar quieto no meu canto para assim que aparecer o clique conseguir adormecer a pensar que amanhã, pelas oito da matina, estou de novo levantado para mais um Sábado de trabalho?! Estou cansado, preciso de descansar, não ando a melgar ninguém e mesmo (...)

Voltar aos sites televisivos

Desde que criei O Informador, em modo de blogue pessoal, que me é feita várias vezes a questão, e posterior convite, sobre quando se dará o meu regresso ao ativo pelo mundo dos sites e blogues de televisão e celebridades. A resposta tem sido sempre a mesma porque não faz sentido com o que tenho vindo a criar ao longo destes meses eu me ter que esticar para mais um projeto de onde saí por não ter assim tanto tempo como era necessário. Mas o nunca não o posso dizer porque existem (...)

Voltar à escrita televisiva

O passado nem sempre fica para trás das costas e embora com este modelo que O Informador tem atualmente me deixe por vezes escapar para o campo televisivo, um novo convite para fazer uma perninha num site que anda por aí a noticiar e comentar o que se passa pelo mundo do pequeno ecrã aconteceu e não consegui dizer que não. Embora seja uma área que sempre apreciei e por onde já andei através da organização de uma boa equipa que formou um bom produto de notícias e comentários (...)

Cresci com as palavras

O Informador está a umas semanas de festejar o seu primeiro aniversário e eu, pessoa que está por detrás de milhares de palavras que são publicadas diariamente porque me sinto bem assim, percebo que ao longo destes meses não só o número de visitantes que visitam este blogue cresceu. Eu também desenvolvi a minha forma de escrever para os outros e não só para mim. Isso ajuda a ter mais atenção dos seguidores porque tudo é mostrado de forma mais espontânea e sem as ideias de (...)