Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

18
Mar18

Vencedores dos exemplares de Os Mauzões | Porto Editora

O Informador

os mauzões 2.jpg

SINOPSE

Eles são Mauzões, todos sabem disso. São assustadores, perigosos e... Maus. Mas estes tipos querem ser Heróis. E vão prová-lo fazendo boas ações… quer queiras quer não. Prepara-te para o mais divertido, atrevido e espetacular coleção que alguma vez leste. Prepara-te para conheceres Os Mauzões.

Os Mauzões, da autoria de Aaron Blabey, chegaram às livrarias nacionais através da Porto Editora que lançou no início deste mês os primeiros volumes desta coleção destinada aos leitores mais jovens. Contando a história do grupo de amigos Sr. Lobo, Sr. Tubarão, Sr. Víbora e Sr. Piranha, Os Mauzões são um quarteto invulgar, assustador, perigoso e com muito má reputação, devido ao longo cadastro criminal que os acompanha. 

08
Mar18

Ganha exemplares de Os Mauzões | Porto Editora

O Informador

os mauzões 1.jpg

SINOPSE

Eles são Mauzões, todos sabem disso. São assustadores, perigosos e... Maus. Mas estes tipos querem ser Heróis. E vão prová-lo fazendo boas ações… quer queiras quer não. Prepara-te para o mais divertido, atrevido e espetacular coleção que alguma vez leste. Prepara-te para conheceres Os Mauzões.

Porto Editora lançou no início do corrente mês de Março uma nova coleção para os leitores mais jovens que gostem de seguir as aventuras dos seus heróis. Os Mauzões já têm os seus primeiros dois volumes disponíveis nas livrarias de todo o país para que os leitores conheçam o Sr. Lobo, o Sr. Piranha, o Sr. Tubarão e o Sr. Víbora, o quarteto invulgar, assustador, perigoso e com muito má reputação, já que o seu longo cadastro criminal pesa nos dias que correm. 

Eles são péssimos, mas querem recuperar o tempo perdido e transformarem-se nos melhores seres do planeta, mas será que ainda vão a tempo de fazerem tanta boa ação para que a sua imagem fique definitivamente limpa perante a sociedade?

Em formato de novela gráfica, esta nova coleção literária é destinada aos leitores mais jovens que se irão certamente divertir com estes heróis através de ilustrações onde o humor é o grande destaque de toda a ação, mas todos poderão dar uma espreitadela porque Os Mauzões vieram para conquistar todas as idades.

Por aqui e em parceria com a Porto Editora, tenho um exemplar de cada um dos dois primeiros volumes desta coleção para vos oferecer. Em cada participação terão de selecionar qual o Episódio de Os Mauzões a que concorrem, já que optei por eleger dois vencedores, um para cada exemplar. Curiosos com estes mauzões que já estão ao serviço de Portugal?

23
Jan15

The Strain

O Informador

The StrainUma nova série chegou ao universo FOX Portugal. Por aqui não perdi o primeiro episódio e fica a promessa que os próximos já estão a aguardar pela gravação automática!

The Strain conta a história do Dr. Ephraim Goodwaether, o chefe da equipa do Centro de Controlo de Doenças na cidade de Nova Iorque. Com a sua equipa enfrenta a investigação de um misterioso vírus semelhante ao vampirismo onde certos factos remetem a situações passadas. Como enfrentar este mistério e salvar o futuro da humanidade?

Pessoas que são atacadas e sofrem a transformação de um vírus que não é mortal mas que é temido por quem o enfrenta, unindo-se esse universo com o mote principal de The Walking Dead e com o universo da investigação criminal num só produto, mostrando que as velhas fórmulas do sucesso televisivo não estão ultrapassadas, só têm de ser reformuladas para baralhar e voltar a dar de novo.

Confesso que este não era de todo um dos meus géneros favoritos de ficção, no entanto e tal como tem acontecido com outros produtos, os gostos no que toca a séries têm sofrido alterações e o primeiro episódio desta produção assinada pela FX para o mundo conquistou-me!

09
Set14

Os novos Jardins Proibidos

O Informador

Há catorze anos uma das primeiras novelas nacionais de maior sucesso estava a ser transmitida com os jovens protagonistas Pedro Granger e Vera Kolodzig a fazem furor no pequeno ecrã e fora dele. Hoje os dois já consagrados atores voltam a estar juntos na continuação da história que protagonizaram, numa nova trama recheada de encontros, amores e muita complicação!

Não assisti em direto ao primeiro episódio da renovada temporada da novela Jardins Proibidos, no entanto assim que cheguei a casa recorri à gravação do primeiro episódio para perceber que o sucesso de outros tempos está de volta e em força. Com parte do elenco antigo e muitos novos rostos para transformar esta novela numa fresca produção com histórias de jovens adultos a serem o grande destaque, o enredo parece estar composto para conquistar o coração dos telespetadores.

Com um genérico nostálgico com o mesmo tema, em versão atualizada, de Paulo Gonzo, uma imagem excelente e uma banda sonora romântica, as novelas com o cunho de José Eduardo Moniz estão mesmo de volta ao ecrã da TVI! Adorei e acredito, pelo menos a julgar no sucesso que esta estreia teve junto do público pelas redes sociais, que os grandes resultados da ficção nacional estão de volta, reforçando a liderança do canal.

O primeiro episódio revelou um bom arranque onde todas as personagens têm algo a revelar para surpreenderem ao longo dos próximos tempos, agora resta a equipa de guionistas, orientada por Manuel Arouca e José Eduardo Moniz, não desiludir e conseguir manter o interesse conquistado no primeiro impacto, catorze anos depois!

Os Jardins Proibidos inspiraram muitas histórias há mais de uma década atrás! Agora que estão de volta de forma tão romântica e com as melhores paisagens do nosso país a serem reveladas ao mundo, não existirão dúvidas que Portugal estará de novo rendido à história da Vera e do Pedro, ou melhor da Teresa e do Vasco!

03
Fev14

O Beijo do Escorpião - Estreia TVI

O Informador

A TVI estreou ontem a sua nova novela da noite, O Beijo do Escorpião, e depois de Belmonte ter chegado há uns meses com uma grande garra logo no primeiro episódio, desta vez a aposta foi feita com calma, estando somente o final do capítulo cheio de cenas que deixaram muita curiosidade para o que poderá acontecer pelos próximos dias.

Da autoria de António Barreira e João Matos e com Dalila Carmo, Margarida Marinho e Sara Matos nos principais papéis, esta nova aposta na ficção da estação de Queluz tem temas polémicas na sua história e poderá conquistar os espetadores a médio prazo. No entanto, o primeiro impacto que teve junto do público deixou algo a desejar no que toca à demonstração do potencial que a trama poderá ter, já que as apresentações das personagens e cenários foi bem feita, a produção está a um bom nível, banda sonora e atores ímpares, só que o desenrolar narrativo pareceu-me demorado e sem grandes cenas carregadas de momentos fortes ao longo de grande parte do episódio.

Nos momentos finais, aí sim, O Beijo do Escorpião espevitou e conseguiu fazer com que quem viu volte a querer saber o que irá acontecer aos ricos casais cheios de artimanhas para atingirem os seus fins, à irmã pobre que descobriu, assim de um momento para o outro, que é herdeira de uma grande fortuna, vinda da sua mãe que morreu por um acidente provocado pela própria filha, querendo-se saber também quem vai andar com quem e os que conseguirão enganar o próximo à custa de tudo, dos sonhos e da glória, de um beijo de amor ou amargo.

Esta produção trata de temas polémicos como a emigração, a homossexualidade, o alcoolismo, o adultério, mas acima de tudo tem um beijo bem provocante e que pode fazer estragos, o do escorpião, que tem mostrado ao longo dos séculos ser um animal bem ruim.

Uma novela que vou ver pelos próximos dias para depois tentar perceber se será mesmo para seguir até ao final ou se ficará pelo caminho no meu amor pelo mundo televisivo! Os primeiros momentos conquistaram, mas poderiam ter sido melhores!

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook