Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

17
Set18

Instagram | Seguir para deixar de ser Seguido

| O Informador

instragram.jpg

Vou comentar em modo de alerta sobre uma situação que há umas semanas tinha detetado mas que não levei a sério, pensando que tinha sido uma situação esporádica, mas entretanto percebi que a mesma peripécia voltou a acontecer comigo e com outras pessoas. 

Todos ou quase todos andamos pelo Instagram, já agora para quem não me segue é só clicar aqui, e existem novos seguidores que até gostamos das suas publicações e também começamos a ver o que vão partilhando pela rede social. Tudo bem, é legitimo, sendo também aceitável que eu possa seguir quem não me segue e vice-versa. O que não percebo é como um grupo tão grande de comunicação social nacional consegue andar a fazer «Seguir» pelas suas várias páginas a bloggers para depois quando têm a mesma resposta deixarem de ser seguidores. Ou seja, a intenção do grupo Impresa é só mesmo Seguir para serem seguidos dentro das várias páginas para depois se desconectarem, ganhando seguidores para virarem costas. 

Esta situação havia acontecido comigo à uns tempos com a página do Jornal Expresso. Seguiram-me, retribui e no mesmo dia deixei de ser seguido. Tudo bem, podiam não ter gostado do que partilhei, pensei na altura. Uns dias depois fui seguido pela página principal da SIC, segui mas fiquei atento e sabem que mais? Deixei de novo de ser seguido. Mais recentemente comecei a ser seguido pela página do programa Fama Show, sabem o que fiz? Nada! Até agora ainda sou seguido mas aposto que assim que os começar a seguir que retiram logo o gosto pelo meu perfil. Esta situação poderia ter acontecido só comigo, mas outros bloggers começaram a queixar-se do mesmo. É o caso da página The Girl Who Reads Books em que lhe aconteceu exatamente o mesmo com o Jornal Expresso e a SIC Notícias. Seguiram para serem seguidos e deixarem de seguir.

05
Abr15

Kebab

| O Informador

A minha história com os kebab é algo singular! Vamos lá há explicação!

Antes de mais quero revelar que talvez há uns dez anos que não como carne de borrego, quer dizer, achava que não comia! Isto porque adorava comer um bom kebab, daqueles que são servidos em alguns restaurantes rápidos espalhados pelos centros comerciais do nosso país. Hum, que bem que aquilo me sabia que nem parava para pensar com que carne tais sandes e pratos são feitos. Comia e sempre que era hora de uma refeição e tinha um espaço do género há mão lá ia eu pedir um kebab, com um molho fantástico num menu a fazer lembrar os restaurantes de hambúrgueres e pizzas. Foi assim talvez durante sete ou oito anos, até que um dia, a minha companhia de eleição acabou por se descair, perguntando-me como gostava assim tanto de kebab e não comia borrego. Os alarmes soaram na minha mente e o alerta bloqueou para sempre o que achava tão delicioso e irrecusável.

De talvez há dois anos para cá que nunca mais fui a um espaço do género, pensando que andei enganado durante tanto tempo e onde ninguém me conseguia chamar há razão sobre o que estava a comer. O sabor, aquele bom sabor que me chegava aos lábios nada tinha haver com a pobre carne de borrego que é servida aqui por casa ou em restaurantes. Como consegui não perceber que os temperos mudavam todo o paladar e que andei a ser enganado tanto tempo?

04
Mar15

(In)defesa do consumidor

| O Informador

Deco.JPG

A Deco Pro Teste afirma-se como defensora do consumidor, tendo tudo ao alcance dos seus clientes para conseguirem ajuda nas questões contratuais em defensa da verdade. Depois, volta não volta, também a empresa que se mostra contra a falsa propaganda consegue invadir as caixas de correio em papel ou digital de qualquer pessoa com publicidades enganosas sobre os seus serviços, com promoções e atrativos que não são nada mais do que um verdadeiro engano em busca de dinheiro extra de quem acabar por cair na tentação.

Recebi via CTT e também pelo email, hoje mesmo, uma suposta grande oferta da Deco Pro Teste onde por dois euros nos primeiros dois meses recebia as revistas Proteste, a Dinheiro & Direitos e a Teste Saúde, tendo além disso como grande oferta um tablet com sistema wi-fi, uma boa memória e super leve. O que isto é afinal? Propaganda totalmente enganosa já que depois desses supostos dois meses, a mensalidade passaria a ser de €6,75, o que no prazo de um ano passaria para os €13,60, tudo isto em débito direto para que seja mais fácil o consumidor esquecer-se que tem este pagamento sempre a cair mês após mês. Não critico o preço em si mas sim a falta de lata para melgarem os consumidores com este tipo de abordagens, tal como os outros o fazem, aqueles que esta empresa mostra estarem mal com os mesmíssimos atos que no final de contas são feitos por todos, até pelos próprios defensores!

12
Jan14

Imprensa chamativa

| O Informador

Imprensa chamativaA imprensa nacional é um mimo de tão cómica que se apresenta pelas bancas de todo o país de forma a atrair mais leitores pelas diversas publicações diárias, semanais ou mensais. Enfim...

Ao olhar para esta capa o que se pensa através das letras garrafais? Sim, que a Fanny está grávida e que tem uma vida cheia de mentiras, isto para não falar dos outros protagonistas que aparecem pela imagem! Então vamos lá ver detalhadamente o que se apresenta no interior e devido a esta suposta reportagem principal... A história de amor da belle portugaise que entrou na segunda edição de Secret Story - Casa dos Segredos com um rapaz de 16 anos de idade e que joga no Braga. Esta revista faz notícia sobre o amor que une os dois jovens e o facto dos pais do mesmo não apoiarem o romance, tendo o apaixonado de Fanny andado a mentir para a conseguir ver longe da vista dos pais... Quantos jovens já não fizeram o mesmo por amor? Pelo título parece que a filha do sr. Fernando é uma mentirosa nata e que anda por aí a enganar meio mundo! Quanto à gravidez do título, e tal como existe um cheirinho pela capa, é a mãe do rapaz que espera um novo filho e não a Fanny! Como assim vende mais, fez-se este título bem promissor para levar os leitores ao engano e a comprarem esta mesma revista!

O facto é que eles não mentem na capa, mas distorcem bem o que depois é contado no interior da publicação! O que vale é que no mundo da imprensa cor-de-rosa e de televisão estes factos são cada vez mais usuais, optando-se por mostrar uma coisa na capa que não corresponde na integra às histórias que depois são contadas. Por isso é que existem muitos famosos a não prestarem declarações a determinados órgãos de comunicação social porque esta imprensa faz títulos chamativos mas enganosos!

Atenção que optei por referir-me a esta capa com Fanny por verificar o facto das contradições entre imagem/título e reportagem acontecerem, podendo ter escolhido outro exemplo, porque existem muitos por aí. Esta escolha não faz com que seja um fã incondicional da moça nem que a esteja a defender por ser quem é, tendo acontecido só mesmo para mostrar o quanto a imprensa do nosso país, por vezes, consegue descer baixo a favor das vendas!

Mais sobre mim

foto do autor

oportunidades 20 a 50 em livros

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • O Informador

    Já ouvi dizer que sim! Como sou filho único nunca ...

  • P. P.

  • Sofia

    Os filhos mais velhos são sempre sobrecarregados!

  • O Informador

    Pensando no presente e futuro sem levar as pedras ...

  • O Informador

    Por vezes é necessário dar espaço para que os outr...

Mensagens

Mais comentados

Pesquisar