Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

wook-natal-billboard

Complicações com as embalagens solidárias

09
Set15

Lembram-se de ter falado das Embalagens Solidárias? Pois bem, na Segunda-feira estive de folga e fui até ao posto de correios mais próximo e a resposta que me deram foi que as ditas embalagens estavam esgotadas no local, mas que talvez existisse numa outra das lojas do concelho. Pois bem, lá fui eu, porque tinha mesmo de passar na zona, parei o carro e dirigi-me então ao segundo balcão dos CTT e perguntei pelas Embalagens Solidárias. Perguntaram-me quantas queria, pedi umas duas e quando me vão entregar as caixas dizem-me que as mesmas não podem sair do local, tendo de levar o que quero doar até ao posto de correios e só aí encher as caixas à vista dos empregados que passam parte do seu tempo a olhar para as paredes ou a ver quem passa. 

A sério que é assim tão complicado conseguir fazer uma boa acção de solidariedade no nosso país? Primeiro esta campanha das Embalagens Solidárias não é quase divulgada, depois existem locais que nem têm as caixas disponíveis e quando finalmente conseguimos encontrar o que queremos dizem-nos que como não temos os artigos para doar connosco no momento que não nos podem deixar levar as caixas com a finalidade de passarmos mais tarde para as deixar já prontas a seguir a sua viagem para as instituições seleccionadas!

Embalagens solidárias

01
Set15

CTT.JPG

Infelizmente a divulgação de iniciativas como a das Embalagens Solidárias dos CTT não são divulgadas como deviam e mesmo quando se tenta fazer uma pesquisa pela internet pouco ou nada se consegue encontrar. O que corre mal então nesta forma gratuita de podermos ajudar instituições nacionais sem qualquer custo? A sua divulgação! A ideia está lá, sem custos e com todos os dados sobre os locais que podem ser seleccionados para receberem o que já não nos faz falta mas que pode ajudar quem está do outro lado. Então e porque a maioria de nós não tem acesso a tal informação que funciona como um ato solidário?

Tantas e tantas divulgações da treta e notícias por tudo e por nada e depois com estes casos tudo fica mudo e talvez com a esperança que não se saiba que tais iniciativas existem porque dão algum trabalho, não se percebe! O modelo está feito, os CTT são uma marca de confiança e agora é juntar o que já não nos faz falta em casa e que pode aconchegar de uma forma ou outra quem está dependente da ajuda de pequenos atos solidários que vão fazendo a diferença.