Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

maria-duenas-billboard

Obra de Paulo Coelho em série

06
Mai18

paulo coelho.jpg

Considerado como um dos melhores escritores do Mundo, com os seus livros publicados em todos os cantos do planeta, Paulo Coelho verá daqui a uns tempos três das suas obras serem transformadas em série.

Assinado o contrato entre o autor e a produtora The Fremantle Corporation, a responsável pela série American Gods, o novo projeto com as histórias criadas pelo autor brasileiro será um thriller policial que envolverá as personagens de Brida, O Demónio e a Senhorita Prym e A Bruxa de Portobello numa conjugação que já se encontra a ser desenvolvida.

Ao que tudo indica através das poucas notícias já tornadas públicas, a série centrar-se-á num jovem padre que inicia um caminho sobre o auto conhecimento e redenção após ser expulso de uma família complicada e envolvida no mundo do crime. Com um passado familiar marcado este jovem terá um futuro pela frente onde o mal de outrora não fica esquecido por ninguém. 

Bom lembrar que não será só Paulo Coelho a ter as suas narrativas transformadas em série, já que a mesma produtora tem em mãos a adaptação de A Amiga Genial, de Elena Ferrante, para o canal HBO. 

A Amiga Genial vira série

02
Abr17

Elena Ferrante, a autora desconhecida que nunca quis revelar a sua verdadeira identidade junto do público, embora a investigação jornalistica tenha revelado que a tradutora Anita Raja, residente em Roma, é que está por detrás do nome sonante da literatura vê agora uma das suas obras mais conhecida virar série televisiva. A Amiga Genial será adaptada para televisão em italiano através de uma série da HBO em parceria com o canal italiano RAI e escrita pelo realizador também italiano Saverio Constanzo.

Assim sendo as personagens Elena Greco e Lila passarão do papel para o pequeno ecrã através de uma minissérie de oito episódios onde a amizade entre ambas é relatada por Elena Greco ao longo de quatro volumes onde de forma violenta é retratada a realidade de Nápoles através de uma crítica à sociedade e ao modo como as mulheres eram tratadas. 

Bertrand elege o Livro do Ano

31
Jan17

finalistas bertrand.jpg

Após um mês em votação a primeira fase do Prémio Livro do Ano Bertrand, onde 55 títulos disputavam um lugar no top 10, chegou ao fim. Aproximadamente 10.000 livreiros e leitores Bertrand votaram e elegeram os candidatos a Livro do Ano na primeira fase de seleção. Com Vaticanum de José Rodrigues dos Santos, Uma terra chamada liberdade de Ken Follet, História da menina perdida de Elena Ferrante, Homens Imprudentemente Poéticos de Valter Hugo Mae, O Evangelho segundo Lázaro de Richard Zimler, Prometo Perder de Pedro Chagas Freitas, A Espada e a Aziaga de Mia Couto, Doutor Sono de Stephen King, Nem todas as baleias voam de Afonso Cruz e Como vento Selvagem de Sveva Casati Modignani a serem as escolhas da primeira fase, eis que se inicia agora a última e derradeira escolha do melhor entre os melhores. 

Até 13 de Fevereiro as votações voltam a estar aberta para que livreiros e leitores Bertrand possam eleger o seu preferido entre esta seleção de grandes obras, distinguindo assim o livro que mais marcou o ano de 2016. Tu, que amas livros e tens aqui uma das tuas preferências literárias do ano passado do que esperas para votar? Faz-te leitor Bertrand e vota!