Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

formavida-billboard
26
Abr20

Acordar ainda de madrugada

insonia-1024x500.jpg

 

Leitores dos recentes dias, hoje partilho com todos vocês o meu acordar quase de madrugada e com o sono necessário totalmente feito. Poderia ser bom, não fosse estar em período de quarentena, por encerramento temporal do local de trabalho, e perceber que por volta das seis da manhã já estou acordado e com falta de sono.

É um facto que me ando a deitar no horário normal como se fosse trabalhar, mas isso não invalida que neste momento fique satisfeito com cinco ou seis horas de sono. Acordo bem cedo como se nada fosse e quando olho para o relógio fico de imediato irritado por perceber que era completamente desnecessário estar já de olho aberto e pronto para mais um dia com mais do mesmo para fazer, sabendo que não irei conseguir adormecer de novo. 

Ao acordar tão cedo tenho de comer alguma coisa e depois deixo-me ficar com o tablet ou telemóvel na cama a ver uma série com os auscultadores para não fazer rigorosamente algum barulho porque no silêncio da noite qualquer som pode afetar os vizinhos do lado. 

18
Fev20

Dormir com vontade

dormir 2020.jpg

 

Ando a dormir mais cedo e com alguma vontade! Será isto normal?

Mal chego ao aconchego dos lençóis, de luz apagada e silêncio total e lá vou eu viver a noite de olhos fechados, com o cérebro a descansar mais cedo do que deveria ser o desejado e seguindo o caminho em menos de nada para o que poderia ser o paraído em sonhos, o que não acontece comigo.

17
Set19

Dormir bem quente

dormir

 

Dormir com calor por vezes acaba por ser incomodo e se estiver em locais quentes sinto esse efeito. No entanto em casa, quase de forma habitual ao longo do Verão, costumo deitar e deixar ficar o lençol e edredom como cobertura porque parece que aquele aconchego faz sempre falta para que o sono apareça. 

Adormecer em casa é como se fosse praticamente certo que é tapado e quente, depois ao longo da noite a roupa vai saindo de cima do corpo, ou não, consoante o calor que se vai fazendo sentir. Adoro ficar tapado para me sentir confortável, como se estivesse a adormecer num ninho bem fofo e leve. 

«Tu dormes todo tapado com este calor?». Ah, pois é! Tapado até quase à ponta dos cabelos quando é no momento de ir dormir, tal como adoro andar de manga comprida quando sinto um pouco de aragem a milhas de distância. O frio vem ai e já estou com as mangas preparadas porque gosto. 

30
Ago19

A sesta não é normal

sesta.jpg

 

Sempre me habituei a não dormir a sesta e foi sendo muito raro deitar ao longo do dia e acabar por adormecer. Ultimamente isso não tem acontecido bem dessa forma e percebo assim que os sinais da idade também surgem através do cansaço, mesmo que durma as horas aconselhadas de noite e consiga descansar para me sentir bem.

Não sei o que se passará mas pelas últimas semanas, se durante as tardes de folga me deixo ficar em casa encostado a olhar para a televisão ou a ler, as pálpebras começam a dar aqueles sinais bem notórios de que mais vale desligar tudo, descer a almofada e deixar que o corpo descanse e os olhos se fechem. Começa a ser um ciclo que num dos dois dias de pausa, que geralmente são seguidos, me deixe levar por umas horas pelo sono ao longo da tarde, fazendo com que depois ao deitar no horário noturno leve mais tempo a adormecer, mas chego lá. 

24
Mar19

Bom Dia ao raiar do Sol

raios de sol.jpg

Conhecido que é o meu mau acordar com os despertadores, optei pelos últimos dias por adotar uma nova estratégia para que quando o horário do alarme chegar já esteja de olhos bem abertos. Deixei de dormir com as persianas da janela do quarto deitadas abaixo para que quando o sol começa a surgir no horizonte a claridade possa entrar através dos vidros e assim acabar por ajudar a um despertar do corpo com a luz natural que vai surgindo. 

Acreditem que um acordar a solo, sem ajuda dos alarmes ensurdecedores, ajuda a começar o dia de forma bem melhor, sem a estridência do acordar e dando espaço para ir despertando, percebendo em que momento da manhã nos encontramos e começar o dia com calma, de forma lenta, como aprecio na primeira hora do dia. Silêncio, calma e aproveitando o momento, depois sim, quando saio de casa lá começa o dia corrido, com movimento, barulho por todo o lado e a boa disposição que é necessária entregar aos outros para que possamos receber o mesmo positivismo de quem se cruza pelo nosso caminho.