Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Bom Domingo!

domingo.jpg

Acordar e deixar ficar a desfrutar da almofada por uns momentos até que o corpo se sinta capacitado para tomar alento e iniciar bem devagar o dia de Domingo. Fazer a primeira higiene do dia, preparar um requintado pequeno almoço para ser tomado ao sol matinal que se faz sentir na varanda, aproveitar o momento posterior para ler um pouco começando o dia de pausa com calma, sem horários e pressas. 

Todo este início de Domingo poderia acontecer, não fosse hoje dia de trabalho, já estar acordado há algum tempo porque tenho um despertador interno que não me deixa dormir até mais tarde, já tomei um rápido pequeno almoço e agora estou aqui, a escrever para logo publicar esta tua leitura, pensando que daqui a pouco é tempo de ir ao banho, aprumar a vestimenta e cuidar do corpo para me colocar a andar logo após o almoço antecipado para entrar em funções no preciso horário em que a maioria das famílias portuguesas se senta em torno da mesa a desfrutar da refeição dominical com pompa e circunstância, dentro ou fora de portas. 

Fui à missa!

No Domingo o dia começou cedo e o final de tarde acabou por me levar à igreja! Inesperado, eu sei, mas fiz a vontade a alguém, não custou assim tanto, mas também não é onde me sinto bem!

Acordar praticamente pela mesma hora como se fosse trabalhar, tomar um pequeno almoço rápido e o caminho para Lisboa esperava. El Corte Inglês para uma sessão de teatro no cinema com o espetáculo Alice no País das Maravilhas. Após a saída da sala onde o cinema é trocado por bom teatro e em português, o caminho é feito para a zona do Bairro Alto para um almoço de sushi. Sushi é daquelas coisas que gosto mas que tem de ficar com um tempo de pausa porque acaba por enjoar. No Domingo foi o momento de voltar ao buffet de sushi e ainda bem. Entramos no restaurante e estava cheio de fome, com uma manhã quase inteira sem ter colocado alguma coisa na barriga após ter saído de casa, praticamente quatro horas. 

Após o almoço e um passeio pelo Rossio, eis que o horário da missa estava próximo. O pedido já me tinha sido feito, fiz que não ouvi. Passado um bocado o tema voltou e após uns segundos de pensamento rápido lá cedi. É Natal e tal e lá fui eu para a igreja, assistir à missa das 16h15 com um padre meio despachado e atrapalhado e uma cantora lírica que mais parecia estar no palco de um programa televisivo de talentos. A missa do ano foi assistida e agora só em 2016 é que espero voltar a sentar-me numa igreja de livre vontade para acompanhar um sermão que não me diz nada, sobre o qual não me revejo e em locais onde a distracção por não existir concentração aparece com tudo e mais alguma coisa. 

O dia de hoje!

Acordar a meio da manhã, nada comi como pequeno-almoço por falta de apetite! A sala esperava-me com o recúo para a programação do serão de ontem onde a estreia da segunda temporada de MasterChef Portugal aconteceu pela TVI. Quis ver, gostei, mas logo mais contarei o que achei sobre o programa num novo texto! O almoço bateu à porta com uma massa de marisco para não encher o estomâgo com algo que não lhe cabia e a hora de sair chegou!

A tarde, essa foi direta por Lisboa, zona de Belém, onde ao primeiro Domingo de cada mês se realiza a feira de antiguidades com mais expositores que já vi pelo nosso país. Após isso, o Museu Berardo esperava por alguém que lá não tem ido pelos últimos meses, eu. 

Hoje o dia correu absolutamente bem, sem pressas e correrias com tudo à mistura... Amor, mimo, passeio, cultura, nada de compras indispensáveis, comida e bem-estar. Agora ao serão fica-se por casa a colocar a escrita e leitura em dia, dando uma vista de olhos pelo que se está a passar por aí e com a televisão a fazer-me companhia!

A hora mudou!

RelógioBom dia! Acordei cedo sem qualquer intenção, logo a um Domingo, aquele dia em que geralmente me deixo ficar pela cama até mais perto da hora de almoço. No entanto hoje foi excepção e mesmo tendo ganho uma hora com o atraso do horário nacional, acabei por dormir menos que o habitual!

Não te esqueças de alterar os teus relógios manuais para uma hora antes e dar-te por contente por talvez teres conseguido dormir mais um pouco se costumas acordar ao som do despertador do telemóvel que atualiza automaticamente o seu fuso horário. 

Bom Domingo para todos e um conselho... Os relógios têm de recuar no tempo por uns sessenta minutos, caso contrário vais começar a chegar atrasado aos próximos compromissos! Até já!

Um Sábado em casa... Tão bom!

O meu emprego só me deixa ficar um Sábado de seis em seis semanas em casa e posso dizer que estes raros momentos de fim-de-semana alargado sabem tão bem como se fossem umas mini férias!

Acordar um pouco mais tarde a um Sábado, poder passear pela manhã, beber café à beira rio, desfrutar da leitura do jornal diário e do livro e ainda ter tempo para colocar a conversa em dia, jogar pelo telemóvel e tirar algumas fotografias torna sempre as manhãs dos raros Sábados livres que tenho especiais. A maioria das pessoas quando termina o trabalho à Sexta-feira logo fica de fim-de-semana e passa dois dias de descanso a aproveitar a sua pausa, por aqui o Domingo é sempre certo, no entanto o outro dia de paragem laboral ao ser rotativo faz com que só de longe a longe consiga aproveitar uma paragem mais alargada.

Sábado, Domingo e Segunda-feira são os dias longe do trabalho por esta semana e sabem sempre tão bem que nem consigo descrever a sensação de conseguir estar com um verdadeiro fim-de-semana alargado por casa e a poder ir onde quero sem pensar que no dia seguinte já estarei de novo fechado durante mais de oito horas num só local de onde não convém sair. 

Estou de fim-de-semana e a desfrutar do meu Sábado que agora só voltará no início de Outubro!

E amanhã já parece Domingo

Sim é bom ir descansar um dia, o Domingo, ter de trabalhar no seguinte e perceber que logo depois aparece um feriado que faz lembrar que os dias fora do trabalho estão de volta. Amanhã é Terça-feira mas quase parece ser Domingo. Hoje posso sair, beber um copo e deitar mais tarde sem ter de pensar que terei de acordar às 08h00 para entrar ao serviço pelas 09h00 no dia seguinte.

É bom existirem feriados e é bom poder ter um dia extra de descanso por semana, poder dormir até mais tarde, acordar e ir tomar o pequeno-almoço sem pressa, almoçar em casa, passear pela tarde e voltar relaxado e com o pensamento que o dia correu bem e foi aproveitado da melhor maneira. 

Pena é perceber que após um dia inteiro de descanso, quando chega a hora do jantar o pensamento sobre o que acontecerá no dia seguinte logo aparece... O regresso ao trabalho! Mas pronto, ter uma Terça-feira feriado transformada em Domingo já é muito bom! Venham mais!

Boa Páscoa!

Não sou nada destas coisas e tudo o que envolve dias obrigatórios pela religião faz-me alguma confusão por não ter a tradição como a maioria de desfrutar destas datas em família e comunhão. No entanto, tirei algum tempinho deste dia que é mais um Domingo como outros tantos para mim para poder desejar a todos um bom dia de Páscoa!

Por aqui tudo acontece normalmente, com o acordar tarde e a más horas por ser dia de descanso, horas de refeição normais, uma tarde passada como sempre e ao serão regressar a casa para ver um pouco de televisão, ler, escrever e tudo como num outro Domingo banal deste ano.

Desejo a todos os devotos um bom dia de Páscoa com muitas amêndoas e chocolates e que consigam fazer com que sobre algo a ponto de chegar a estas paragens! Um bom Domingo especial para todos!

Adormecer ao Domingo

E porque ao Sábado deito tarde e ao Domingo fico a dormir até quase à hora de almoço, quando chega o momento de deitar para voltar a acordar na manhã de Segunda-feira tudo se torna complicado! Dou voltas e voltas na escuridão do quarto e o sono não aparece... Conclusão: a pior noite é sempre a primeira da semana!

Tentar adormecer em vão de Domingo para Segunda, saber que vou acordar cedo para ir trabalhar e não conseguir ter as horas a que estou habituado dormir por dia causa-me aflição. Já sei que quando me enfio na cama por obrigação depois de desligar as luzes e os barulhos do quarto não consigo adormecer com a facilidade com que nos outros dias o faço. Rebolo e começo a pensar no dia seguinte, levanto-me e volto a deitar, ligo e desligo as luzes e tudo para passar a hora ou mesmo horas em que fico acordado a desperdiçar o tempo porque quero dormir e não consigo, ficando sem fazer nada com confiança que os olhos se fechem e deixem o corpo descansar.

Na manhã seguinte o acordar é doloroso, estando somente com quatro ou cinco horas de sono e os primeiros momentos, talvez até quase ao almoço, custam a passar. Sim, a noite de Domingo para Segunda-feira é sempre a pior no que toca ao descanso porque aparece após o sono mais longo da semana! Rrrrrr

Os choques do Cante Se Puder

SIC lembrou-se de trazer para Portugal mais um programa que só mostra lixo aos telespetadores. O que se pode dizer do Cante Se Puder quando se vê uma jovem rapariga a levar choques no pulso enquanto tem de cantar e transportar bandejas com copos cheios de bebida de um lado para o outro? Horrível e sem nexo foi o que Júlia PinheiroGabriela Sobral trouxeram para os seus serões de Domingo.

Não assisto a todas as provas do programa, no entanto vou mudando no intervalo da concorrência e se na estreia achei que o programa era mais parvo do que agradável, esta semana tive a certeza disso. Será possível que se tenha descido assim tão baixo e se coloquem pessoas a levarem choques eléctricos nos pulsos enquanto têm que subir e descer escadas com bandejas de bebida com a intenção de não as deixarem cair? A concorrente que se submeteu a esta prova mostrava dor no seu rosto a cada choque e no final já mal conseguia segurar as bandejas. O que é isto afinal, um programa de entretenimento ou um nova forma de massacre televisivo?

Depois do Splash! Celebridades, onde se achava que não se podia descer mais, ainda foi possível a direcção da SIC entregar a César Mourão Andreia Rodrigues um lixeira autêntica. Um programa que só mostra o estado cada vez mais recorrente da nossa televisão!