Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

27
Ago18

Festa de Verão sem DJ?

O Informador

dj.jpg

Claro que não! Festa de Verão que é festa tem de ter música, pé no chão e dança. Por isso é que os DJs para festas em Lisboa já estão quase todos com a agenda cheia, mas há possibilidade de encontrar um bom DJ para a sua festa… se for a meio da semana.

Já alguém imaginou o que seria uma festa de Verão sem música? Vamos fazer esse exercício de imaginação durante alguns minutos. As pessoas iam começar por conversar e beber cervejas frescas (não se atrevem a fazer uma festa sem música e sem bebidas frescas, porque aí começo a duvidar que se qualifica como uma festa), mas ao fim de alguns minutos ficam aborrecidas. Pelo menos metade dos convidados pega no telemóvel e começa a ver o Instagram.

Eventualmente alguém se irá lembrar que o que falta na vossa festa é música. Se tiver convidados aventureiros, então talvez comecem a cantar. Claro que tem que ser uma música que toda a gente conheça, e todos sabemos quais são… talvez os seus vizinhos não fiquem muito contentes. A segunda hipótese, se tiver convidados menos atrevidos, é que alguém saque do telemóvel e comece a pôr uma playlist de Spotify.

23
Mai16

Presenças de lingerie!

O Informador

sofiasousa.jpg

Os concorrentes dos reality shows quando deixam o formato televisivo em que participaram sempre sabem que se estiverem disponíveis várias são as discotecas e bares que os esperam contratar para futuras presenças com a finalidade de atrair clientes até aos espaços. A nova moda que agora chegou entre os antigos concorrentes da Casa dos Segredos, e não só, é a presença ser feita em lingerie!

Com o número de famosos feitos à pressão pela caixinha mágica a aumentar a olhos vistos através dos programas da vida real que se unem cada vez mais a um guião feito pela produção, quem já teve o seu tempo televisivo mas se tem mantido «on fire» na noite tem alterado a forma de aparecer aos olhos do público, que o diga Sofia Sousa.

A ex-concorrente do Secret Story agora deixa a roupa à porta das discotecas onde marca presença e aparece em lingerie. Começou na Suíça onde o seu sucesso junto da comunidade portuguesa acontece e ao que parece a fórmula poderá ser adoptada também entre nós, isto porque a concorrência aperta e é necessário chamar a atenção para se conseguir sobreviver na e da noite. 

Em forma, com mais curvas que há uns tempos atrás e com a fama a fraquejar, Sofia aparece assim em trajes íntimos na noite para continuar a dar nas vistas, visto que a sua entrada em programas televisivos para já parece estar em pausa prolongada. Este é o caminho desejado por quem entra num formato televisivo onde o objetivo parece ser cada vez mais só um, a fama?!

05
Mai16

Sexismo

O Informador

Igualdade de sexos é um dos temas chave do século XXI, no entanto se as mulheres sempre têm sido consideradas como o sexo mais fraco, as próprias conseguem não se ajudar nos dias que correm para que a tão desejada e merecida igualdade aconteça!

Há uns dias voltei a constatar o que tenho como ideia base! Quando duas pessoas de sexos opostos comportam-se de maneiras semelhantes num ato que a sociedade critica, quem leva mais por tabela? A mulher, claro está! Jovens que andam em cenas de sexo por casas-de-banho de discotecas nacionais, a serem vistos e filmados, com vídeos partilhados pelas redes sociais e a serem notícia... Comentei o tema e coloquei ao mesmo tempo um dos vídeos da notícia que passou em televisão por estes dias! O que aconteceu? Comentários de leitores do blog em que só acham mal o comportamento da rapariga, mostrando que no caso do rapaz não existe nenhum constrangimento em estar a ter relações sexuais ao vivo e em direto para um público ocasional que consegue apoiar o ato e ainda partilhar com quem não está no local. Existem dois protagonistas em cada vídeo daquele estilo mas só o do sexo feminino, por alguns comentários que recebi, é que fica a perder com tudo o que fez, passando o rapaz como um jovem que sabe viver a vida. 

Então a moça deve-se proteger e ele não? Tenham dó minhas meninas que nem se conseguem proteger umas às outras na questão da defesa igualitária entre homens e mulheres! Lutam pela igualdade dos sexos mas conseguem derrubar a ideia por si próprias mostrando que afinal e infelizmente existem diferenças que já não deveriam existir, mas os pensamentos são assim, retrógrados!

29
Abr16

Sexo em discoteca

O Informador

Existe sexo em discotecas! Isto é novidade? Não me parece, pelo menos não me causa qualquer espanto esta parte da notícia! O que acaba por ser, infelizmente, relevante é o facto dos jovens nos tempos que correm além de gostarem de fazer sexo em locais públicos, o que sempre aconteceu, adorarem também dar nas vistas, ser vistos e apoiados por quem está ao seu redor que acaba por ver o ato ao vivo e em direto, de telemóvel na mão e a gravar toda a cena sexual que vai acontecendo dentro das cabines dos locais de festejo noturno!

Os comportamentos sociais evoluem e se em alguns casos acabam por recatar certas atitudes, na maioria das vezes a evolução tem acontecido de forma negativa. Neste caso em especifico o «dar nas vistas» parece estar cada vez mais na moda em determinados grupos que não se coíbem de fazer o que lhes apetece, onde lhes apetece, acabando por provocar quem está à sua volta, dando show e procurando consequências que podem ter um sabor bem amargo daqui a algum tempo. 

A diversão, a vontade, o desejo e a ansiedade com a ajuda do álcool e não só acabam por fornecer um cocktail explosivo a qualquer pessoa mas será que não existem limites de bom senso para com as atitudes? As hormonas podem andar a ferver, mas numa casa-de-banho de discoteca com público ao vivo e com a previsão, como é o caso, de vídeos serem publicados para todos, inclusive familiares, de poderem assistir a estes atos? Nos tempos que correm parece existir cada vez menos discernimento nos pensamentos dos jovens que não medem consequências futuras, agindo consoante vontades do presente. 

22
Fev15

Discoteca sénior

O Informador

Há uns anos surgiu em Portugal a moda do «baile das velhas» onde eles também lá chegam como verdadeiros dançarinos capazes de conquistar e brilhar com os seus passos de dança. O que ainda não percebi foi tal alcunha dada aos espaços que passam música dedicada ao público mais sénior, aquele que na maioria dos casos já não encaixa com os sons que podem ser ouvidos pelas discotecas mais conhecidas pelas diferentes zonas nacionais!

Se aquilo é um espaço noturno que passa música, fazendo também verdadeiras matinés pelas tardes de fim-de-semana e feriados, qual a razão de não ter o nome dos outros locais do género? DISCOTECA! Não é para ouvir boa música, dançar, beber uns copos, com álcool ou sem ele, e tentar meter a conversa em dia que as pessoas lá vão? Pelo que sei sim! Então qual a razão de ser chamado de «baile das velhas» e não poder ter a mesma designação que os seus semelhantes mais virados para outros públicos?

22
Out13

Dia ou Noite... A preferência!

O Informador

Os anos passam e as opções vão sendo alteradas ao longo do tempo. Os dias livres, sejam de folga ou férias, são bem mais proveitosos com o tempo claro, que é como quem diz, em plenas horas diárias, deixando o nocturno para trás, porque para sair e viver na noite já lá vai o tempo!

Se tiver de optar entre deitar-me à hora normal para acordar cedo ou estender o serão e passar toda uma manhã a dormir, arrastando a noite pelo dia, tenho que confessar que levantar cedo é bem mais apetecível do que deitar tarde! Já não consigo estar acordado até altas horas pensando que depois vou dormir durante o dia, sem conseguir aproveitar as horas em que o céu está claro e agradável para se andar na rua, partilhar uma agradável conversa numa esplanada ou ler um bom livro num banco de jardim.

Antes a noite era uma atracção, mas com o passar dos anos tudo vai mudando e hoje a ansiedade para ter dias de descanso só acontece para que possa acordar à mesma hora como se fosse trabalhar, aproveitando todos os raios de sol de forma única. O dia é bem mais agradável do que a noite que cansa e, mesmo estando em boa companhia, deixa qualquer um de rastos e cansado para as primeiras horas do que há-de chegar quando se acorda!

Dia ou Noite? A minha preferência cai, sem dúvida alguma, no dia porque a noite é para meninos que adoram sair, estar à conversa na escuridão, beber até cair e não dar uma para a caixa! O meu fascínio aproxima-se cada vez mais da claridade diária que se faz sentir na minha vida!

Oferta de Livro - MREC

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook