Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

20
Fev17

Avenida Q

O Informador

avenida 1.png

As expetativas com Avenida Q iam altas mas tenho que dizer uma coisa a quem pensa ir ver! Vão porque tudo o que podem esperar é um excelente musical importado diretamente da Broadway. Bom demais e acima de qualquer ideia com que se possa entrar no Teatro da Trindade para assistir a hora e meia de pura diversão. Fiquei rendido do início ao fim sem qualquer falha de atenção. Isto é (pausa e tambores) muuuuuuito boooooooooooooooom!

Não li longos comentários nem a sinopse de Avenida Q, só ouvindo conversas de café e alarido nas redes sociais em torno deste espetáculo adaptado em Portugal pela Força de Produção. Rapidamente fiquei com vontade de ver para perceber afinal a qualidade do que diziam ser tão bom e que andava a esgotar todas as sessões. Fui e só tenho a dizer que este musical é uma grande lufada de ar fresco do que tem sido feito entre nós em termos teatrais. 

O público é convidado a conhecer os habitantes de um «condomínio» de uma qualquer rua lisboeta onde pessoas e monstros coabitam sem qualquer preconceito. Perdão, todos somos preconceituosos e não vale a pena arranjar justificações contrárias. Este é um dos primeiros temas a serem debatidos onde o racismo, a homossexualidade, os medos, o amor e a profissão tomam lugar porque afinal de contas conseguimos vencer mas também cometer diversas falhas ao longo das oportunidades que a vida nos dá. Avenida Q é um consciencializador social que de forma divertida toca em temas sensíveis e que acabam por estar nas proximidades ou em qualquer um.

Entre bonecos que misturam o universo de Rua Sésamo e os Marretas e atores de carne e osso, esta avenida tão bem frequentada é daquelas produções que todos devem e têm a obrigação de ver porque se existe alguma coisa bem feita neste momento no teatro nacional é Avenida Q, que sem falhas, com um bom texto, toques bem colocados na adaptação para a nossa realidade social e um elenco excelentemente competente consegue chegar junto do público de forma eficaz, provocando e sem cansar. 

Ana Cloe, Artur Guimarães, Diogo Valsassina, Gabriela Barros, Inês Aires Pereira, Manuel Moreira, Rodrigo Saraiva, Rui Maria Pêgo, Samuel Alves, Artur Guimarães, Luís Neiva e André Galvão formam um elenco, entre fixos e substituições, tão coeso que se percebe que existe amizade e carinho em palco onde a cumplicidade das personagens parece ir muito mais além dos momentos que são vistos. Quando as pessoas se gostam percebe-se e neste espetáculo todos se gostam e acima de tudo, todos estão a gostar de estar em Avenida Q onde a Marta Monstro, a minha monstrinha favorita do musical, a irreverente e provocadora Paula Porca, o sonhador e aparentemente solitário Luís se juntam a outros colegas bonequeiros para comporem o lote de rostos que desfilam assim a sua vida em palco, aquela vida que pode muito bem traduzir a de qualquer um de nós. 

06
Ago14

Os ridículos de «Ruas Rivais»

O Informador
https://www.youtube.com/watch?v=wvxrdHMmr24

O elenco mais novo é conhecido pelo seu sucesso pelos vídeos do YouTube e pelas redes sociais, os seniores são atores comediantes que têm integrado o elenco de vários programas e séries televisivas, no entanto os putos conseguem ser a surpresa do elenco do filme Ruas Rivais, que não me dá qualquer estímulo para ser visto.

Os «mais novos» estão como peixe na água, tendo existindo uma união dos maiores sucessos nacionais de partilha de vídeos para a integração neste elenco, agora qual a necessidade real de ter um Unas sem piada, o Franco Bastos sem qualquer pinta, o Manzarra, o Pêgo, o João Paulo e o Salvador que deviam deixar-se destas parvoíces e assumirem que podem ter um bom lugar televisivo no futuro sem este tipo de parvoíces e a Catarina, o Valsassina, o Raminhos e o Boinas que dão um completo tiro no pé ao integrarem este elenco?! Compreendo a decisão e convite dos dois primeiros, já que a piada ficas-lhe não sei onde, agora os restantes tinham alguma necessidade de entrarem nesta nódoa de filme?

Ruas Rivais pode ter uma grande história e ser um dos filmes nacionais do ano, mas eu não o irei ver porque para mim, só o trailer já mostra o mau trabalho que foi feito. Os putos autores e atores não podiam ter optado por ficarem com esta grande metragem com um elenco formado pelas suas idades sem terem que convidar as figuras que se acham de proa da comédia nacional e que não fascinam nada nem a ninguém?

Um elenco «mais velho» escolhido por ser a inspiração dos jovens youtubers! Gosto da maioria do jovens, não conhecendo o trabalho de todos, agora a alguns dos mais velhos, que insistem em fazerem fantasias cómicas, não consigo achar graça alguma, podendo muito bem ser feito um outro trabalho longe das piadas ridículas.

Um filme possível com a ajuda da NOS, pelo trabalho feito pelos últimos meses na rede WTF e que promete levar muitos fãs da comédia mal amanhada aos cinemas nacionais! Eu dispenso, não pelos putos mas por alguns dos convidados!

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Mais comentados

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook