Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

regresso-as-aulas-apoio-escolar-billboard

A sesta não é normal

30
Ago19

sesta.jpg

 

Sempre me habituei a não dormir a sesta e foi sendo muito raro deitar ao longo do dia e acabar por adormecer. Ultimamente isso não tem acontecido bem dessa forma e percebo assim que os sinais da idade também surgem através do cansaço, mesmo que durma as horas aconselhadas de noite e consiga descansar para me sentir bem.

Não sei o que se passará mas pelas últimas semanas, se durante as tardes de folga me deixo ficar em casa encostado a olhar para a televisão ou a ler, as pálpebras começam a dar aqueles sinais bem notórios de que mais vale desligar tudo, descer a almofada e deixar que o corpo descanse e os olhos se fechem. Começa a ser um ciclo que num dos dois dias de pausa, que geralmente são seguidos, me deixe levar por umas horas pelo sono ao longo da tarde, fazendo com que depois ao deitar no horário noturno leve mais tempo a adormecer, mas chego lá. 

Fim-de-semana caseiro

15
Ago18

descansar.jpg

Todos sofremos do mesmo ao longo de determinado período e aqui o moço não é exceção. No passado fim-de-semana o meu estado de espírito bloqueou por completo e a ideia era só uma, ficar por casa, aproveitar o sossego do lar, ligar-me ao Netflix, nada de computador e livros deixados na mesa-de-cabeceira. A ideia era descansar, dormir mais que o habitual e ver vários episódios das séries em andamento. Quase que assim foi!

No Sábado ainda sai após o almoço para um café mas logo regressei a casa, após deixar umas dezenas de euros na troca do comando do carro que se partiu. Mais de metade da tarde foi passada de cama, a deixar que os músculos relaxassem e a televisão ligada como companhia perfeita. Não estava para sair, mas após o jantar a noite chamou e esticou até bem tarde, o que foi recompensado no Domingo, onde acordei perto do meio-dia, nada de almoços e somente um iogurte para não ficar com o estômago completamente vazio. A tarde foi passada completamente na ronha, sem quase me mexer, entre a fase do sentado e deitado onde adormeci várias vezes para acordar com um som exterior que me foi despertando. Descansei durante todo um Domingo em que não coloquei os pés na rua, tendo mesmo assim adormecido à noite cedo e acordado mais tarde na Segunda-feira. 

Descanso com cansaço positivo

30
Abr18

felicidade.jpg

Uns dias de pausa teoricamente significam descanso e foi isso que consegui ter num fim-de-semana entre amigos e conhecidos, no entanto no final e ao chegar a casa para me preparar para o regresso à rotina, consigo perceber que embora tenha descansado, aproveitado para pouco fazer para além de comer, dormir, conversar e divertir, acabei por terminar a pausa de rastos.

A verdade é essa mesmo, uns dias de folga, combinados para descansar por vezes acabam por se revelar mais cansativos que qualquer outro fim-de-semana rotineiro. O ambiente altera, as pessoas estão para se divertirem e o ambiente acaba por se tornar propicio para se passarem bons momentos de total descontração, sem tempos marcados e afazeres urgentes para deslocações rápidas para aqui ou acolá. Tudo decorre ao sabor da maré, as refeições vão sendo feitas sem cumprirem horários, as conversas fluem entre o som que as colunas soltam, os animais de estimação fazem companhia e entretêm com as suas meiguices e brincadeiras e os copos vão passeando pelo espaço ao sabor da dança.

Este é um fim-de-semana entre pessoas que se gostam, onde o bom ambiente existe e cuja intenção é só uma, aproveitar o momento, desfrutando da pausa e do bom que a vida nos dá entre pessoas que podem não estar desde sempre nas nossas vidas, mas que aos poucos vamos conhecendo e percebendo que o tempo nos coloca pela frente seres que nos completam falhas e que vão surgindo quando menos se espera como agradáveis surpresas.

O que posso concluir com um fim-de-semana diferente, bem passado e de descanso, é que aproveitei ao máximo mas no final, pela exaustão, acabei cansado mas de bem com a vida, com baterias recarregadas para mais uns dias normais e com o pensamento de que a vida é mesmo feita de mudanças e que é no descomplexo que cada um tem de ter sobre si e sobre os outros que a vida circula. Por vezes é necessário riscar para apostar em novos caminhos onde sentimentos bons criam boas energias e este ano tenho percebido e enveredado por celebrar o que tenho de bom e não seguindo trajetos já estabelecidos que nem sempre me transmitem agradavéis sentimentos. 

Férias a caminho!

25
Mai16

férias.png

Hoje é o último dia de trabalho antes de iniciar a primeira semana e meia de férias deste ano! Suspirei, supliquei e superei o tempo que tardava em passar para que este dia, 25 de Maio, um mês após o Dia da Liberdade, chegasse!

Quando as dezanove horas baterem estou oficialmente de férias e livre para descansar, acordar tarde e partir para outra zona do país para desfrutar do bom tempo (?) por uns dias!

Início de Março é assim...

01
Mar16

Começar um mês e ficar logo de folga é bom demais! Dia 1 assinala também a folga semanal, o dia em que acordei já a manhã ia a meio, passei as restantes horas até ao almoço na cama a saborear o que de bom se faz internacionalmente em termos de ficção. Sentar-me à mesa para um peixinho cozinho e aproveitar a tarde e o sol que apareceu após dias e dias de mau tempo, embora o vento e frio ainda se façam sentir mas em menor quantidade. Isto é um bom início de mês onde as despesas não estão previstas! 

Bom dia!

02
Jan16

Deixo aqui a informação, para os mais preocupados com a minha pessoa, de que enquanto a maioria dorme em mais um dia de fim-de-semana prolongado, eu, pobre desgraçado, estou a preparar-me para entrar ao trabalho daqui a pouco. Pois é, depois de dois dias de pausa, hoje tenho oito horas de trabalho pela frente para amanhã voltar a poder descansar! Vida de pobre é assim! Divirtam-se lá com estes vossos dias de descanso extra! Inveja pura e dura, confesso!