Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

oportunidades-970x250-billboard

60 anos recordados pela desigualdade

A marca Nestum nasceu em 1958, estando a completar os seus 60 anos, data que está a ser celebrada com a implementação na embalagem da imagem original que foi lançada aquando dos primeiros anos de Nestum no mercado. Ao longo dos últimos anos, talvez por influência do avô que sempre apreciou estes cereais ao pequeno almoço, ter uma caixa de Nestum cá por casa é praticamente obrigatório e por estes dias reparei no apontamento sobre as figuras que estão na embalagem, onde as (...)

Convites | Mega Festival de Insufláveis | 21-07-2018

O Primeiro Mega Festival de Insufláveis irá invadir o Jardim do Casino do Estoril pelos dias 20, 21 e 22 de Julho. A Yellow Star Company apresenta assim um evento dedicado aos mais novos onde a diversão não vai faltar ao longo de três dias que prometem ser bastante animados pelo espaço que se irá encher com mais de vinte insufláveis.  Para todos os gostos, idades e feitios, todos irão (...)

Crianças expostas nas redes sociais

Num momento em que a imagem das crianças é um dos temas centrais de várias discussões públicas, pergunto-me se os pais têm o direito de publicar imagens dos seus próprios filhos pelas redes sociais.  Sabemos que enquanto menores de idade as regras são impostas pelos progenitores ou responsáveis pela educação dos mais pequenos, mas estará esse poder parental capacitado para expor o dia a dia de crianças? Existem casos e casos e é nesse ponto que o tema diverge por vários (...)

MasterChef Júnior sem chorar?!

Será possível ver um episódio do MasterChef Júnior sem soltar uma lágrima? Os miúdos cativam e a produção portuguesa, mais uma vez, está tão bem feita que é impossível não chorar um pouco quando os miúdos não passam à fase seguinte e têm de se despedir uns dos outros! Acabou de estrear a segunda edição do MasterChef Júnior e tudo indica que estamos perante uma boa e renovada temporada deste formato de sucesso. Este é dos melhores programas já feitos na televisão (...)

Silêncio na biblioteca

Ao longo das férias alentejanas fui até ao espaço de internet da biblioteca da vila e se há coisa que me irrita é ouvir constantemente as funcionárias a pedirem aos miúdos para falarem baixo e não arrastarem as cadeiras quando depois são elas próprias a falarem alto entre si, ao telemóvel ou com quem passa na rua. Afinal de contas quem acaba por incomodar mais com o barulho? Os miúdos que estão a jogar e falam entre si sobre o que estão a fazer ou aquelas funcionárias, tão (...)

Adoção tardia

Em pleno século XXI ainda sou capaz de ficar parvo quando vejo as situações demoradas de adoção que o nosso poder impõe para que crianças ganhem uma família e deixem de viver por tempo indeterminado em instituições. Como é que bebés vão parar a instituições e por lá ficam anos e anos enquanto milhares de cidadãos estão inscritos nas filas de espera para conseguirem ter uma criança consigo? Não é necessário a criança entrar numa casa e ficar automaticamente adoptada, (...)

Protecção literária

Aquelas pessoas que afirmam que ler é desperdiçar tempo não sabem mesmo do que falam e devem adorar viver no seu mundo onde não existem reflexões, comentários e debates. Ao ler reflete-se sobre os diversos temas que vão aparecendo ao longo das histórias e isso é tão melhor que andar por aí em busca da imperfeição da vida alheia. Ando a ler O Pintassilgo, tal como já tinha revelado (...)

Crianças do IPO

O jovem cantor D8 lançou um videoclip em homenagem às crianças que passam pelo IPO com a infeliz doença que está na moda. Sorri é o nome deste tema que faz a diferença por ser especial e totalmente dedicado aos que sofrem e que enfrentam horas, dias, semanas, meses e anos nos quartos e corredores de um hospital onde a esperança por um futuro existe.  Um bom projeto que decerto arrancará alguma, a possível no momento, felicidade a todas as crianças, jovens e seus familiares (...)

A felicidade é sempre a resposta

Família é quem dá amor com tudo o que isso inclui. A Coca-Cola tem neste momento um anúncio que bem descreve como a felicidade é sempre a resposta para os problemas que os outros apontam para cada seio familiar.  A mensagem é bem passada com um simples vídeo promocional e que serve de alerta para todos nós que vivemos num mundo cada vez mais diversificado onde a família tradicional já não existe como meio único para criar uma criança feliz.  Dará um casal heterossexual (...)

Crianças ignoradas

Não sou pai, é um facto, mas acredito que se fosse não lidaria com as crianças como se por vezes fossem completos inúteis. No passado fim-de-semana vi uma situação que me deixou a pensar sobre este tema por um simples facto. Dois miúdos, percebi que estavam com dez e oito anos de idade, estavam entregues em férias escolares aos seus avós. Foram os quatro a um café onde os amigos dos avós estavam ou iam passando e faziam questões que geravam conversas sobre os pequenos como se (...)