Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

saldos-billboard

A criança que existe...

  Crianças sempre conseguem arranjar pequenas coisas para desfrutarem da brincadeira, mas mesmo quando já somos adultos quem nunca saltou pelas linhas brancas das passadeiras ou foi pisando o risco mais escuro da calçada sem sair da linha ao longo de alguns metros? Ah pois é, quem nunca subiu os degraus das escadas dois ou dois ou mesmo a três? E quem nunca na auto estrada colocou um objetivo de alcançar determinado carro para o ultrapassar antes de chegarem a determinado local? N (...)

Sem luz em casa... Criança estuda na rua...

Habituados que estamos a ter por perto as condições gerais de comunidade, por vezes não damos valor a quem menos tem. No Peru, uma criança foi apanhada pelas câmaras de vigilância a estudar e fazer os seus trabalhos escolares na rua para aproveitar a luz pública. Tudo porque em casa e por questões burocráticas, não existe eletricidade.  Este rapaz foi apanhado a estudar na rua, sentado no chão com o caderno em cima dos joelhos ou deitado na estrada, mostrando que a vontade de (...)

Refeições de moleza

As recordações de infância são sempre uma mistura de bons e maus momentos da altura que se refletem em boas ideias sobre o que nos foi acontecendo. Na verdade percebo aos trinta que tive uma infância feliz, com pais que me amam, com uma família que sempre me deu mimo e com uma curiosidade e rebeldia de criança que em casa era uma coisa e na rua perante a sociedade era outra.  Hoje apetece-me comentar o facto de ser um autêntico caracol no que toca a refeições. Lembro-me tão (...)

Hatchimals chegam a Portugal

Os Hatchimals são já considerados o brinquedo do ano e estão a entrar no mercado nacional com o objetivo de atingir o sucesso já obtido além fronteiras.  Pequenas criaturas mágicas que vivem dentro de ovos e fazem todo o processo para nascerem com a ajuda do toque e interação com os seus donos são o mais recente fenómeno mundial no campo dos brinquedos. Antes de nascerem e ao receberem carinho e afeto dos seus cuidadores os Hatchimals exprimem-se com sons. Após nascerem (...)

A Menina do Cão

Poderia ser o nome de um livro mas não o é! A Menina do Cão foi o nome que atribui a uma visão real que tive quando a caminho do trabalho logo pela manhã vi numa vivenda uma criança com o seu pequeno e jovem amigo de quatro patas ao colo. A menina estava junto ao grande portão de entrada e saída dos automóveis e tinha o pequeno cachorro ao colo! Ela com um ar triste a ver os carros passarem e talvez há espera que alguém chegasse. Ele, ao colo, a olhar e talvez com o pensamento (...)

Relação complicada de Pai e Filha (4 anos)

Pleno século XXI não significa em mudanças de mentalidades! Existe por ai muito boa gente que não consegue perceber que os tempos mudaram e que as mulheres andarem totalmente tapadas como se usassem uma burca já era na sociedade ocidental.  Um pai de família com ideias antiquadas tornou-se meu conhecido há uns anos e desde aí que tenho percebido como as coisas continuam difíceis na ligação entre marido e mulher, pai e filha, no que toca a questões de hábitos, costumes e (...)

Troca por Troca

  Infelizmente estas notícias surpreendem-me cada vez menos! E com isto ainda dizem que Deus existe e que olha por todos! Pois, pois... Continuem a acreditar nessa vossa fé quando milhões continuam a sofrer nas mãos de outros quantos milhões, muitas vezes sem qualquer culpa! Será que estes compradores do iPhone conseguirão agora ser felizes com o (...)

Regresso às aulas

Mais de duas décadas já passaram quando o primeiro dia de aulas bateu à porta! Lembro-me ainda de alguns dos momentos das primeiras horas! Lembro-me principalmente da minha mãe me ter ido levar a pé, porque vivo a metros da velha escola que entretanto encerrou portas em detrimento dos novos parques escolares, à porta da sala onde tudo iria começar.  A mochila vermelha que durou os quatro anos de ensino primário, os nervos miudinhos de uma criança bem tímida que mal falava com (...)

Uma verdade dos sexos

Existe a ideia social que uma mulher fica derretida quando vê um homem a passear o seu filho sozinho! Não podemos ir mais longe porque até nas compras constatei tal facto a acontecer! Aproveitei o dia de folga e fui até uma loja de roupa comprar o que me restava da prenda da afilhada que completa os seus sete anos amanhã. Entrei, primeiro fui à secção de homem e embora tenham oferecido ajuda tudo foi normal. Quando depois me mudei para a área de criança e perguntei se numa das (...)

Já vos contei?

Dezembro está a aproximar-se e nesse mesmo mês, se as coisas correrem dentro do previsto, serei tio emprestado da Madalena! Yeh, os meus afilhados de casamento estão à espera da primeira filha que já está formada e a ganhar peso dentro da barriga da mamã.  Já a senti! Já a trato por Madalena e começa a contagem decrescente para poder ir ao hospital conhecer a minha mais recente sobrinha, aquela que vou ver sempre como se fosse da minha família. Faltam três meses e pouco para (...)