Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Confinado mas educado

  A meio de Janeiro entrei em modo confinamento e optei por regressar ao andamento diário durante duas horas seguidas para não ficar trancado em casa dias, semanas e meses seguidos e com poucos movimentos, exercitando assim músculos e acabando por descontrair a solo, ficando com os meus pensamentos durante o período que circulo. Neste tempo de rotinas bem restritas já consegui criar um certo conhecimento para o «boa tarde» com algumas pessoas que não conheço mas com quem me (...)

Contradições de um Natal pandémico

  Os portugueses e as suas contradições nem avançam nem melhoram, mesmo em tempos de pandemia.  Todos sabemos bem que o nosso Governo aconselhou a sociedade a ter em conta todos os cuidados nesta época festiva para não existirem grandes ajuntamentos sugerindo até a permanecermos em casa, passar o Natal cada um na sua, sem grandes festas, convívios familiares e sem que se tenha de viajar muito dentro do país. Nós que vivemos em Portugal somos aconselhados a permanecer em casa, (...)

Retrospetiva 2020, segundo o Google

Roubado algures por ai...

  Através das redes de conversação foi-me enviada este agendamento póstumo de 2020. Como não se conhece o autor, decidi roubar de quem roubou esta retrospetiva do ano. Fica aqui assim o convite para visitarem comigo a... Retrospetiva 2020, segundo o Google. Janeiro: • Onde fica Wuhan? • Os chineses comem morcegos? Fevereiro: • Como matar o vírus? • O que é uma pandemia? • Portugal está imune ao Coronavirus? Março: • O que é ‘lockdown’? • O que é “Estado (...)

Isto não vai ser fácil!

  Outubro está a ser um mês crítico, fazendo perceber que Novembro e Dezembro ainda serão dois conjuntos de trinta dias mais críticos no que toca ao estado da pandemia em Portugal. As coisas estão a avançar para uma situação de alguma desestabilização nacional com os cuidados de saúde a verem as ocupações hospitalares vagas a diminuírem e com os profissionais a voltarem a dar o litro para bem de todos nós. E o que teremos de fazer? O nosso rigoroso trabalho, não ficar em (...)

Máscaras para o frio

  No início da pandemia todos nos tivemos que habituar ao uso de máscaras na entrada em estabelecimentos e em locais de maior movimentação. Agora, mais de seis meses depois, o uso de máscara parece ser um bom complemento para combater o frio que se começa a fazer avisar para visitar Portugal em força daqui em diante.  Neste momento já se começa a prever que as nossas caras tapadas irão continuar por uns bons tempos sem verem a luz do dia perante a sociedade, mas será isso mau (...)

Covid19 nos festejos do Campeão

  Ah e tal, o FC Porto é campeão na época 2019/2020 e é tudo muito bonito para todos celebrarem pelo país e se esquecerem temporariamente que o Covid19 existe. Onde foi parar nesta noite quente de 15 de Julho de 2020, em que o grande clube do Norte se tornou de novo o campeão nacional, o vírus que tem atormentado o Mundo? Muitos na rua, muitos desses muitos sem máscara e sem qualquer proteção para com o vírus da moda.  Bravo a todos os portistas que saíram à rua, (...)

Curtas e Diretas | 146 | Tranquem os irresponsáveis

  Uma palavrita rápida para os irresponsáveis que andam a circular por aí sem máscara e sem darem o espaço recomendado a quem está por perto. Pessoas que não querem saber, o que vos tenho a dizer são somente umas coisas... Tranquem-se em casa para não nos colocarem em risco! Já que não têm cuidados próprios, pelo menos que não nos apoquentem! ( Ver mais... )

Valentina sim, com atenção ao Covid19

  A morte da pequena Valentina tem feito as manchetes da imprensa pelos últimos dias. Com quatro dias de investigação, após o alerta do pai pelo seu desaparecimento, o crime foi descoberto e pai e madrasta presos preventivamente por serem alegadamente os autores confessos desta morte macabra.  Muito se tem noticiado, comentado e divulgado, mas destaco um pormenor que todos nós deveremos ter detetado através das imagens que têm sido divulgadas pela comunicação social. Desde que (...)

Desconfinamento a mais...

  O dia 03 de Maio representou o início do desconfinamento em Portugal após o estado de emergência, passando o país a viver perante o estado de calamidade que pelo nome parece mais grave que o primeiro mas não é. As portas de lojas de rua de pequenas dimensões começaram a abrir, centros de saúde e hospitalares reiniciaram consultas adiadas, transportes públicos voltaram a ser pagos e «Portugal e o Mundo» parece ter ressuscitado de um estado inanimado e muitos dos peões (...)

Vírus de 2002 semelhante ao Covid19

  As leituras conseguem quase sempre chegar ao leitor com pontos desconhecidos e que ficamos a conhecer por vezes com alguma surpresa. Isto aconteceu com a leitura de Sob Céus Vermelhos, uma obra da autoria de Karoline Kan, lançada entre nós pela editora Quetzal. Através da reconstrução da história de três gerações da (...)