Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sinto-me cansado

  Cansado, é assim que me sinto! Acordo e adormeço dentro do mesmo ritmo, abro os olhos e percebo bem cedo que o dia está a nascer lá fora, tento ficar mais um pouco na cama mas rapidamente percebo que ficar na ronha não é para mim. Tenho mais um dia pela frente onde nada acontecerá e quando dou por mim já passaram horas, já vi o sol e a chuva e estou de novo pronto para me deitar sem conseguir aproveitar mais um dia, seja ele o início ou o fim-de-semana. Sinto-me em baixo com (...)

Lá voltou o roupão

  2021 tem sido uma inconstante em termos de temperatura. Ora vem o frio, ora vem ainda mais frio e ainda existe o frio com muito gelo à mistura. Passamos desde o início do ano já pelas três fases e parece tardar em estabilizar para temperaturas um pouco mais agradáveis. Agora que o frio já parecia estar controlado sem vestígios de ventos gelados, que já me faziam sentir confortável só de pijama ao serão antes de me deitar para dormir, eis que o gelo volta a fazer-se sentir (...)

Mais que é menos

  As últimas semanas da minha vida, devido ao estado de confinamento que todos atravessamos, têm-me dado mais tempo livre e muito no sentido do "sem nada para fazer", o que não significa que tenha estado mais entretido com os meus interesses de tempos livres dentro de casa. Sim, ao contrário do pensado, mais tempo livre não significa melhor ocupação desse mesmo tempo, não conseguindo arranjar conteúdo decente para passar a maioria das horas extra que agora estão ao dispor como (...)

Baralhado com os dias

  A verdade é esta, com tanta troca de horários, do podemos sair ou ficar fechados em casa, tenho a confessar que existem dias em que me sinto totalmente trocado com as horas do dia e mesmo se estamos no início da semana ou final. Tenho dado por mim a dar o "bom dia" quando já estamos a meio da tarde ou também a "boa tarde" quando ainda nem são 10h00 da manhã. Existe também o fenómeno de mentalmente acreditar que as Quartas-feiras por vezes são Segundas ou que os Sábados são (...)

Cansaço crescente

  As últimas semanas têm sido para esquecer. Após meses de pandemia com confinamentos e regras apertadas de convivência, corpo e mente parecem começar a sentir o peso de toda a questão e a vontade de reação é cada vez menor.  Ora ando a correr porque de manhã antes de sair para o trabalho a rotina continua dentro do espaço de tempo em que tento dormir ao máximo e a hora em que tenho de sair porque o caminho não se faz num ápice. Depois ao longo do dia, não sei se será de (...)

Solitário

  O vazio que a vida por vezes me trás tem surgido pelos últimos tempos. Posso falar com meio mundo, mostrar estar feliz a quem se cruza pelo caminho, mas na realidade o sentimento que me acompanha interiormente não está de acordo com o que passa para fora.  Neste momento todos andamos um pouco mais ausentes das vidas uns dos outros, distantes e encurralados, e neste estado de maior turbulência social sinto-me como que esquecido por mim próprio de que a vida tem de continuar e (...)

Pesadas rotinas noturnas

  Sabes aquelas pessoas que dormem mal, mal e mal umas três noites seguidas e que de duas em duas horas acordam para fazerem uma série de coisas já rotineiras para esse trio da semana? Nas últimas noites uma dessas pessoas fui eu... Acordei, sentei na cama, fui ao WC e bebi água para voltar a adormecer logo, logo e logo. ( Ver mais... )

Café derramado nos livros

  Infelizmente no momento não me veio à lembrança o de fotografar o momento posterior ao acontecimento, mas hoje revelo, mesmo que a imagem não seja minha e não mostre assim a realidade, o meu acidente caseiro, querendo contar-te que um dia destes, após o jantar, tirei um café e fui, como quase que habitualmente, desfrutar da quente bebida sentado na cama do quarto. Só que o inesperado aconteceu e no momento de pousar o copo, eis que o mesmo, de forma inusitada, deslizou para o (...)

Será de mim?

  Sei que sou muito controlador e gosto de tudo no seu devido lugar, odeio atrasos e não consigo lidar com pessoas que seguem a ideia do deixa andar. Mas será de mim ou existem muitas pessoas que não conseguem acompanhar o ritmo de trabalho dos outros por acharem que se uns fazem os outros não têm de fazer? Odeio perceber que a balança não fica equilibrada de forma constante e por existirem afazeres que uns se fazem de esquecidos e que os que não conseguem deixar para trás, para (...)

Vivam as férias de Outubro!

  Hoje, 01 de Outubro de 2020, será o meu último dia de trabalho antes do também último período de férias do ano. Sei que estive meses em casa pela quarentena forçada que o comércio e outras áreas profissionais tiveram de enfrentar com o encerramento temporário de meio Portugal. Regressei em Julho ao trabalho mas agora ao pensar nos meses natalícios que se aproximam, o momento para descansar e recarregar energias vem mesmo a calhar para parar, descansar e regressar para (...)