Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desabafar com confiança

  Atenção meu querido leitor! Tem mesmo muita atenção em quem confias as tuas palavras, já que nem todos são detentores de confiança para que os teus desabafos mereçam ser partilhados. Poucas das supostas amizades conseguem ser verdadeiras e por vezes muitos deixam-se levar por meias conversas e acabam por contar mais das suas vidas do que deviam, dando origem a mal entendidos e por vezes fazendo com que um simples desabafo se transforme num autêntico diz que diz através do (...)

Confianças a mais

  Pessoas calmas e tranquilas são bem-vindas à minha vida. Já aquelas que se acham as últimas gotas da garrafa e as estrelas que encontram supostas amizades em todo o lado podem ficar de fora do meu radar. Odeio quem após conhecer já se acha fazer parte dos meus conhecidos mais próximos. Pessoas comuns e de bem com a vida não o fazem por existir consciência, mas os outros acham que as amizades são formadas com um simples «Olá!» estridente e que logo me deixa de pé atrás. P (...)

Confiar ou não nas pessoas?!

Não é fácil para mim confiar nas pessoas quando as conheço. Geralmente fico até com um pé atrás com esses seres que começam a trabalhar connosco ou chegam até nós através de amigos ou familiares ou porque aparecem do nada nas nossas vidas... Sou um desconfiado por natureza, talvez por ser filho único, não sei, mas o que é certo é que não confio nas pessoas logo quando as conheço e mesmo com o tempo a passar algo têm que fazer para que ganhem a minha confiança.  Sinto (...)