Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Universitários-billboard

E o susto?!

Ia a conduzir na minha pacata vida, após as horas de trabalho a caminho de casa, e eis que de um momento para o outro, em plena noite, mesmo colado a mim ouço o som bem conhecido das buzinas da GNR e as luzes azuis a se refletirem nos espelhos e vidros do carro. Logo o pensamento naquele micro segundo de susto é só um... Que raio fiz eu para me mandarem parar? Afinal não fiz nada, somente os agentes do veículo devem ter recebido alguma passagem de informação e no exato momento em (...)

Momento de gratidão na estrada

Agradeço a concentração que mantive há uns dias quando poderia ter sofrido um acidente por um condutor apressado resolver não parar num stop. Seguia na minha vida e só tive mesmo tempo de desviar o carro para a estrada de onde acabava de sair o veículo com o seu condutor indisciplinado. Se não fosse atento e tivesse seguido caminho como normalmente e como seria intenção também naquele dia, lá os tinha levado pela frente. Ficava sem carro, quase de certeza que todos saímos (...)

Sem cartas e seguros

Por estes dias uma questão colocou-se quando quase era levado por um veículo conduzido por uma pessoa que todos sabem não ter carta de condução. Nem a pessoa que me fez desviar para a valeta nem a sua numerosa família tiraram a carta e conseguem andar por ai a conduzir, sem seguro nos carros e sem que os chamem à atenção! Pois é! Se todos sabem que aquela família não tem carta de condução e nem anda lá perto mas conduzem vários carros, de dia e noite, sem seguros e (...)

Aula de Impacto

A Brisa Autoestradas lançou uma campanha de alerta para o cuidado que todos devemos ter enquanto condutores responsáveis por estes caminhos que tantas feridos e mortes têm visto. Uma condução segura é fundamental e este vídeo apelidado de Aula de Impacto, em que os futuros condutores não sabiam que estavam a ser filmados, reflecte o que um simples descuido pode fazer na mudança radical de uma vida. Uma lição para todos!

Novas regras da Carta de Condução

Constam por ai notícias que dão como certa a alteração das leis da carta de condução que irá a partir de 1 de Junho deste mesmo ano passar a funcionar através de pontos, tal como em vários países europeus.  Por cada penalização devido a contra-ordenações lá se vão uns pontos à vida com as novas regras. Doze pontos iniciais (...)

Donos da estrada

As estradas nacionais não são assim tão más como as pintam, o que anda mal são as pessoas que nelas circulam, aqueles que se acham os donos do asfalto de alcatrão. Neste campo falo essencialmente dos condutores de veículos pesados e dos taxistas! Será que aqueles condutores acham-se mesmo na prioridade de encostarem os carros ligeiros para canto só porque andam várias horas seguidas na estrada e acreditam que conduzem exemplarmente bem?! Circular ao lado ou nos arredores de (...)

Telemóvel ao volante

Eu faço! Tu fazes! Eles fazem! A questão que colocas agora é... O que todos andamos a fazer? Merda na estrada! Como? Com telemóveis na mão de um lado para o outro como se não existisse tempo para escrever ou ler uma mensagem daí a uns minutos ou fazer uma chamada mais daqui a pouco! Andar na auto-estrada e olhar para o lado é o melhor momento para perceber que afinal não sou o único a fazer o que não deve ser feito! Sim, sei que estou mal, mas raramente resisto a pegar no (...)

Brasa

Assim com tanto calor em cima num momento de viagem digam lá se não sou uma autêntica brasa em andamento?!

Rotundas mal interpretadas

Andar na estrada é sempre uma surpresa, para mais quando se apanham condutores que nem percebem o que andam a fazer de um lado para o outro com o seu veículo, não percebendo muitas vezes o que leva certas pessoas a colocarem-se dentro de um carro para transtornarem as viagens aos outros. Perante uma rotunda o que muitos fazem é qualquer coisa que daria uma boa curta metragem de risos atrás de risos! Desde paragens no meio da estrada para pensarem em que saída têm de tomar o (...)

Motoristas com comportamentos de risco

Pelas últimas horas surgiu a notícia por vários meios de comunicação social sobre os alunos que foram conduzidos por um motorista alcoolizado. Há uns anos atrás as coisas podiam não acontecer dessa forma, no entanto vários motoristas brincavam com os autocarros que transportavam dezenas de alunos da escola para casa e na nossa visão, de adolescentes, as coisas eram normais e bem engraçadas. Onde estava o erro na altura? No senhor condutor e nos menores, onde me incluia, que (...)