Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

30
Jun19

Momento de gratidão na estrada

gratidão.jpg

Agradeço a concentração que mantive há uns dias quando poderia ter sofrido um acidente por um condutor apressado resolver não parar num stop. Seguia na minha vida e só tive mesmo tempo de desviar o carro para a estrada de onde acabava de sair o veículo com o seu condutor indisciplinado. Se não fosse atento e tivesse seguido caminho como normalmente e como seria intenção também naquele dia, lá os tinha levado pela frente. Ficava sem carro, quase de certeza que todos saímos magoados e podia mesmo não estar aqui para vos contar esta história. Ao poder de concentração, pensamento rápido e capacidade de ação, só tenho a agradecer!

08
Jun19

Conduzes bem? Três pontos!

carta de condução.jpg

 

Fez no passado dia 1 de Junho três anos que o sistema de carta de condução por pontos entrou em vigor. Agora ficamos a saber que os condutores que ao longo deste período não cometeram qualquer infração irão ser recompensados com três pontos extra, passando dos doze para os quinze. Eu, supostamente um bom condutor sem infrações, irei estar entre os premiados! 

Em 2016 todos recebemos os doze pontos para entrarmos no jogo para se perceber quem os conseguia manter e quem gastou todas as fichas possíveis e entrou no castigo de ter de frequentar formações de segurança rodoviária quando ficaram abaixo dos cinco pontos, ou terem mesmo de repetir o exame de código abaixo dos três pontos. Existe também quem tenha alcançado todos os limites e ficando sem carta de condução nestes três anos e ficado assim proibido de voltar à estrada ao longo de vinte e quatro meses até voltar a poder entrar numa escola de condução para começar tudo de novo. 

28
Fev19

Cedência vs. Educação

condução.jpg

Não sei se existem certos habitantes deste planeta que se acham a última bolacha do pacote ou se simplesmente se gostam de comportar como autênticas nódoas sociais sem formação no que toca a educação.

Há uns dias, a sair de um parque de estacionamento onde vários veículos estavam mal estacionados, entendi que deveria dar passagem a um casal que se tinha de cruzar comigo mas que tinha um carro como obstáculo. Parei com espaço e deixei quem devia ter parado passar, uma vez que o obstáculo estava do seu lado e não do meu. Quando passaram a sua meta e ficaram do lado que queriam nem um sinal de agradecimento por lhes ter dado passagem. Para a próxima já sei que um gesto simpático não fica bem com todos e ceder o caminho aos outros nem sempre é visto como um simples ato de gentileza a que convém agradecer com um gesto singelo e que aparentemente e do meu ponto de vista não custa nada ser feito. 

26
Mar16

Aula de Impacto

A Brisa Autoestradas lançou uma campanha de alerta para o cuidado que todos devemos ter enquanto condutores responsáveis por estes caminhos que tantas feridos e mortes têm visto. Uma condução segura é fundamental e este vídeo apelidado de Aula de Impacto, em que os futuros condutores não sabiam que estavam a ser filmados, reflecte o que um simples descuido pode fazer na mudança radical de uma vida. Uma lição para todos!

12
Mai15

Morri de susto!

Por muito que não se queira dizer e se saiba que está mal, o que é certo é que todos proferimos com os nervos do momento várias frases menos próprias. Num dos dias da semana passada, que depois esqueci-me de relatar logo pelas horas seguintes por aqui, quase que ia morrendo e aí sim mandei a pessoa que me ia atirando para algum lado, mas não para onde estou neste momento, para todos os sítios e mais alguns com direito a palavrões e tudo.

Então não é que o raio de um velho, sim foi isso que eu lhe chamei na altura, mas que não devia, quase me fez ter um acidente? Ia descansado de manhã para o trabalho, estava a chegar a um cruzamento, o senhor parou porque todos tinhamos prioridade antes de si e no momento exacto em que estava a passar à sua frente, sendo o que tinha a primeira prioridade, o senhor já com mais de oitenta anos resolve acelerar. Na altura só sei que buzinei, o senhor encolheu os ombros, tendo ficado com cara de assustado, quem estava na rua gritou e eu consegui desviar-me para a outra faixa onde só cabia mesmo um carro. Com isto posso dizer que se viesse alguém em sentido contrário ao meu não tinha conseguido fazer o desvio que fiz, tendo de embater contra o senhor que se atravessou no meu caminho, não sei com que intenção.