Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

12
Jan15

Um ano de Desafio?!

O Informador

A terceira temporada do Desafio Final mal começou e já deu para ver que entradas e saídas dentro da casa vão acontecer dia sim, dia sim! Ao que parece neste jogo não existem regras, só ficando excluídos do jogo quem é expulso através da votação do público. Os outros podem ser retirados pela produção, de nome Voz, e voltarem ao jogo passados uns dias, já com novas informações do exterior para revirarem de novo as polémicas dentro do programa.

Nesta versão bomba da Casa dos Segredos cada temporada acaba por perder regras e desta vez poucas ou nenhumas já existem! Eles entram e saem, são trocados, nomeados pela Voz e nada podem fazer para alterar o trajeto do jogo, isto porque a qualquer momento podem ver a porta da rua abrir-se para serem trocados por outros concorrentes. Entraram uns, já saíram alguns, entraram outros e os que já saíram têm promessa para voltarem a estar vigiados pelas câmaras.

Eles brigam, conversam e amam-se, tendo conversas contra e a favor dos concorrentes anteriores, dos atuais e dos futuros. O que isto dá? A Voz não brinca e está sempre atenta para perceber quais os azedumes entre as pessoas que não se gramam e nem sequer se querem ver, fazendo depois o convite para todos voltarem a habitar no mesmo espaço por uns dias, darem canal, voltarem a ser baralhados e darem de novo.

Com tanta troca e baldroca este Desafio Final nunca mais termina mesmo, nem no final de Janeiro nem em finais de Fevereiro. Com tanta pessoa que já passou por aquela casa talvez lá para o final do ano tudo termine, com todos a voltarem à casa por umas horas ao longo deste tempo!

11
Nov14

A Casa dos Secos

O Informador

Cinco edições e duas metades depois a Casa dos Segredos deixou de ter piada! O elenco escolhido prometia muito no início e tem conseguido levar o programa a bom porto com as polémicas que têm sido criadas onde os casais não estão de todo incluídos, ao contrário das edições anteriores. O grande erro desta quinta temporada do programa está mesmo do lado da produção que pouco ou nada tem feito para modificar o formato e levar o jogo dos segredos ao topo, criando enigmas, mistérios e surpreendendo os concorrentes e consequentemente os telespetadores com as reviravoltas no jogo!

Não são as falsas expulsões e as brincadeiras com o entra e sai de ex-concorrentes na casa que conseguem levantar um jogo que não existe! Esta temporada do programa tem parecido a casa das tentativas falhadas de acasalamento com personagens que acreditam que se seguirem à risca os comportamentos dos antigos concorrentes conseguem chegar longe no jogo. Não existe piada, tudo parece forçado, existem várias figuras que estão mesmo de lado no programa, não dando rigorosamente nada ao show dos segredos.

A julgar pelos poucos esforços que a produção da Endemol tem feito para com as novidades na Casa dos Segredos, esta, tal como a imprensa já noticiou, poderá mesmo ser a última edição do programa, seguida de um especial Desafio Final e depois o «adeus, até um dia». Tanto que podia ter sido feito dentro de um jogo onde as mexidas nas regras e as surpresas conseguem modificar um programa que acusa cansaço e nada é riscado e rabiscado para rejuvenescer, criando simplesmente temas esporádicos, enganando os concorrentes, mas tudo em poucos minutos, não criando o verdadeiro suspense que acaba por aborrecer quem está enclausurado numa casa há várias semanas!

A Casa dos Segredos já deu o que tinha a dar por isso para o ano a TVI que compre um novo reality show, com anónimos ou famosos, mas que deixe a moradia da Venda do Pinheiro por uns tempos de lado, procurando novo habitat para os seus promissores atores!

08
Out14

Onde andam as receitas?

O Informador

Tenho acompanhado o programa Guerra dos Pratos do FOX Life e depois de quatro episódios já transmitidos coloco uma questão... Onde andam as receitas para o público as poder seguir também em casa? Num programa dedicado à gastronomia nacional e com as redes sociais cada vez mais a puxarem pelos conteúdos televisivos, onde estão as receitas e a lista de ingredientes de cada prato que é concebido pelos concorrentes do formato?

Noto que a produção do programa deixou esta ideia para trás, não fazendo uso do portal do canal e também do seu Facebook para publicar imagens e o conteúdo de cada prato, podendo ter uma maior proximidade entre público e programa. Acabamos por ver cada episódio, a preparação de cada concorrente e a confecção da sua prova e no fim os pratos são avaliados pelos jurados, só um dos concorrentes recebe a luz verde para seguir em frente na competição e está feito! Falta toda a área do pós televisão, aquela parte em que depois de vermos o programa podemos ver as receitas no site do canal e saber um pouco mais sobre cada prato e as tradições de cada região!

Falta envolvimento com os espetadores que estão em casa a assistirem ao Guerra dos Pratos, querendo também fazer as receitas que são mostradas e avaliadas, só que sem a lista de ingredientes e o método de preparação a pesquisa torna-se mais complicada. A produção do programa falhou na interacção cada vez mais necessária e embora goste de assistir ao formato, percebo que existem áreas onde um maior orçamento consegue chegar, podendo ser este o caso!

Uma falha que ainda pode ser resolvida pelas próximas semanas, caso alguém se lembre desse pormenor pelo programa!

17
Mai14

MasterChef

O Informador

MasterChef, o programa do ano! Não é uma novidade para muitos que já assistem há anos às versões internacionais do formato, mas para a maioria a aposta da TVI foi uma estreia, tal como foi para mim que já tinha visto um ou outro momento das versões australianas mas que nunca tinha seguido uma edição do início ao fim. Agora chegou a Portugal, foi excelentemente bem aceite e todos os Sábados lá gravo o episódio do dia para ver ao Domingo, quando tenho mais tempo livre.

Adoro os três jurados, cada um com as suas características, uma tripla bem escolhida e que está em acordo em todas as decisões, não existindo conflitos de preferências pelos pratos que provam. Os concorrentes foram seleccionados num casting realizado a nível nacional, podem não ter sido escolhidos os melhores porque não é com um ou dois pratos que se percebe que a pessoa pode ser o primeiro MasterChef Portugal, no entanto no geral o grupo é forte e com o andar do programa os melhores estão mesmo a prevalecer no jogo, mostrando aprendizagem com as MasterClass que têm obtido e que só estão disponíveis no site do canal, o que não concordo. Não defendo que as aulas com chefs e especialistas de cozinha tivessem que ser encaixadas no programa que é transmitido nos serões de Sábado, no entanto podiam perfeitamente transmitir tais aulas pelo final de tarde do mesmo dia. O programa tem feito sucesso e as aulas iriam também ter impacto junto do público, algo que espero que seja revisto na próxima edição do formato que já está certa acontecer ainda este ano.

Tenho visto todos os programas desde a estreia, nem sempre estou de acordo com certas saídas, porém percebo que os mais fracos têm deixado o jogo, prevalecendo os melhores e os que serão capazes de levar o troféu para casa.

Agora a crítica, não à TVI e à produção, mas sim a quem deixou fugir a informação sobre o nome do vencedor! Então não é que algumas semanas antes da grande final a imprensa já revelou quem se consagrou vencedor do MasterChef, deixando assim a curiosidade de todos desvanecida quando ainda faltam exibir alguns programas?

Sabe-se, revelado por Manuel Luís Goucha no programa Você na Tv!, que jurados, concorrentes e elementos da produção tiveram que assinar um contrato que os proibia de revelar informações sobre as expulsões e o vencedor antes que tais imagem fossem para o ar no ecrã do canal. Agora as revistas fazem destaque de tal informação, mostrando que tal segredo foi quebrado por alguém, deixando assim o suspense e curiosidade desvendados.

Um bom programa mundial, uma excelente edição nacional, jurados de peso e concorrentes que mostram que são os futuros cozinheiros nacionais. O Filipe já anda por Budapeste a estagiar no restaurante do chef Miguel Rocha Vieira, percebendo-se assim que existe talento nas mãos destes concorrentes que já estão a ganhar propostas profissionais para colocarem em prática o gosto pela cozinha.

05
Mai14

A estreia de Rising Star

O Informador

Na gala de apresentação da semana passada o estúdio de Rising Star já me tinha surpreendido por toda a dinâmica que é criada ao longo da atuação dos concorrentes com as centenas de luzes a cruzarem-se com os grandes ecrãs que sobem e descem consoante a votação do público e jurados. Agora tudo me surpreendeu, embora veja que existem várias coisas a serem limadas pelas próximas semanas!

Com um estúdio arrebatador, uma Leonor Poeiras que fazia muita falta no lote de apresentadores no ativo da TVI e um Pedro Teixeira nervoso mas que enfrentou o desafio como ninguém, mostrando que tem pernas para andar na apresentação, não sendo só um ator no futuro televisivo, a dupla de apresentadores superou as expetativas e tem nota positiva. No que toca ao leque de jurados, gosto da Rita desde sempre, a Cuca é um mimo e continuo a acreditar que irá ser a surpresa dos jurados, o Pedro fala de música como ninguém, sabe-se lá qual a razão, e o Carlão com um estilo diferente mas com uma maior frontalidade inicial, tal como é pedido pelo formato. Quatro nomes que não estavam ligados ao canal e que ao serem convidados e posteriormente anunciados como jurados conseguiram colocar alguma estranheza inicial que agora é ultrapassada quando estão sentados nas suas cadeiras, prontos a votarem e comentarem as prestações dos concorrentes.

Quanto aos doze participantes iniciais de Rising Star, embora não exista ainda uma grande voz, existindo três boas surpresas, há um bom caminho a percorrer com este formato com as nove vozes que já passaram para a próxima fase do programa e com os rostos que estão preparados para atuarem pelas próximas semanas.

Um programa interactivo que irá mudar a forma de fazer televisão em Portugal devido à ligação que mantém com os espetadores que podem estar no programa em tempo real e a eleger os melhores dos concorrentes sem gastarem um cêntimo em chamadas! Gostei da estreia e o Rising Star será o programa que me irá acompanhar pelos próximos serões de Domingo, embora tenha que ser mais corrido e com menos momentos de conversa!

11
Jan14

Jogadores do SS Desafio Final

O Informador

TVI sabe melhor que qualquer outro canal nacional como fazer render um reality show até à exaustão e com o Secret Story - Casa dos Segredos tem valorizado todos os momentos maus que acontecem até o público se fartar. Agora com o Desafio Final 2 a decorrer e com as discussões a serem levadas ao limite pelas personagens mais polémicas das duas últimas edições do programa, os concorrentes parecem levar a lição tão bem estudada para o interior da casa que nem é necessário a produção mexer os seus cordelinhos para que as intrigas e discussões, que foram transportadas do exterior, façam faísca no interior do programa, que mostra bem a vida real destes pseudo famosos com sonhos sobre a escadaria mágica.

A mente de cada concorrente deste tipo de programas com anónimos já está bem definida porque desde o primeiro que se sabe que os concorrentes que dão nas vistas são os que ficam na memória do público. Estes jovens que têm sido escolhidos para cada edição do SS têm subido o nível dos concorrentes e a polémica acontece de forma tão perfeita que nem é necessário a provocação da produção como acontecia pelos primeiros programas da vida real. Agora todos sabem para o que vão e já criam discussões a torto e a direito, sem medos e capazes de enfrentarem-se com gestos e palavras para se gladiarem sobre as suas personalidades e pecados.

Os jogadores escolhidos para entrarem pela segunda ou terceira vez na Casa dos Segredos mostram terem um guião de autoria própria e é por aí que se regem para discutirem dia após dia por coisas minúsculas ou por histórias mal resolvidas no passado. Eles sabem que vão para dar nas vistas e criar polémica para que todos os dias existam boas imagens para passarem antes e depois do noticiário da noite, como tal, fazem o seu papel na perfeição como se tivessem a receber ordens minuto a minuto num jogo online bem ao estilo The Sims. Os que conseguirem ter um maior número de minutos de fama sobre o lote de colegas são os verdadeiros protagonistas do programa, como tal, há que colocar mãos há obra porque a concorrência dentro de quatro paredes é forte!

O Desafio Final junta sempre os melhores dos melhores saídos do casting e por isso o programa ser uma mais valia após a edição normal do formato... Eles revelam-se os bons atores que podem vir a ser no futuro porque encarregam-se de protagonizar as verdadeiras cenas de mau gosto de que todos falam! Coitados, dão barraca e acham-se as maiores estrelas do país!

30
Set13

Casa dos Segredos [Estreia]

O Informador

Teresa Guilherme abriu as portas da quarta edição de Secret Story - Casa dos Segredos e ao lado da Voz deu as boas vindas aos novos moradores da casa da Venda do Pinheiro. A estreia, segundo O Informador!

Uma apresentadora livre e espontânea, embora sempre com os velhos trocadilhos que acabam por cansar, uma produção que não passa de mais do mesmo e uns concorrentes que prometem mais polémica que os anteriores. Poderia a primeira gala correr melhor? Podia e devia, porque tudo me pareceu feito sem grande brilho, revelando-se um serão em que está no ar mais uma noite normal do programa já habitual dos serões de Domingo nesta altura do ano, na TVI. Os concorrentes entraram com a chuva a dar sinais do mau tempo que se tem feito sentir pelo país nos últimos dias e isso para a apresentadora é sinal de bons resultados porque tudo fica abençoado, mas os valores não surgem por si só e a produção poderia estar bem mais aprumada para mostrar os primeiros momentos de todos os jogadores de outra forma, dando-lhes entradas diferentes e criando uma verdadeira estreia, com direito a brindes e novidades.

Além dos segredos, alguns mais polémicos do que o habitual e outros que não passam de mais do mesmo, tudo nesta estreia não passou de uma continuação do que foi feito o ano passado, com uma diferença, a forma de estar destes novos rostos é a polémica e isso notou-se logo através das suas entradas e das histórias que os envolvem no passado e que se irão transportar para dentro da casa.

Aguardo a continuação dos próximos episódios porque tudo indica que, desta vez, as bombas vão rebentar bem cedo e os concorrentes ainda não estão todos dentro da casa, sendo que alguns entram uma semana depois. Uma edição que promete muita polémica, com os seus diários a serem mostrados em horários diferentes do habitual e com rostos diferentes na condução dos mesmos. Vamos lá ver como corre esta continuação da novela da vida real...

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Mais comentados

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook