Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Compras esquecidas

Ando tão distraído que por estes dias num lote de encomendas que chegaram no mesmo dia a casa percebi que não me lembrava que tinha efetuado uma delas, não me lembrando sequer do que poderia conter a caixa, dentro das possibilidades da loja online, quando a vi no chão do quarto em espera para que fosse aberta, tal como os pacotes restantes.  Chegaram os dois livros que estavam a caminho desde a semana anterior, chegou a roupa, chegaram as máscaras e eis que a caixa de higiene vinda (...)

IVAucher em Destaque

O novo programa público que pretende beneficiar os setores do alojamento, cultura e restauração, convidando os consumidores a reutilizarem mais tarde o valor do IVA gasto agora nesses mesmos setores foi lançado, está a ser pouco divulgado, mas não deixei passar o tema sem o comentar no blog e com isso consegui que a equipa do Sapo me presenteasse com um Destaque do texto que se encaixa dentro do departamento de (...)

Chegou o IVAucher

Dia 01 de Junho de 2021 assinalou o arranque do programa público IVAucher, onde os setores do alojamento, cultura e restauração vão sair beneficiados e ajudar os consumidores a poupar. Segundo a explicação tornada pública, o IVAucher pretende estimular o consumo nestas três áreas que foram bastante afetadas nestes (...)

Dispersar e não concentrar

Eu bem sei que estamos no último fim-de-semana do mês de Maio e que muitos já receberam o seu ordenado, mas será assim tão urgente fazer uma correria para estarem na porta dos supermercados quando estes abrem logo pela manhã? Ontem, quando ia trabalhar, sim eu trabalho ao fim-de-semana e tenho folgas rotativas, passei em menos de quatro quilómetros por cinco supermercados e sabem o que vi? Parques de estacionamento cheios e filas junto às entradas automáticas com pessoas e carros (...)

As compras andam loucas

O que se anda a passar com os portugueses para andarem a invadir lojas e centros comerciais nas últimas semanas como se não existisse o amanhã? Sei que estivemos confinados três meses, mas existe assim tanta necessidade de se gastar o dinheiro que se foi amealhando e que estava destinado a roupa, acessórios e bens de segunda necessidade como se tudo estivesse prestes a fechar de novo? A sociedade anda louca por compras e os meses de pausa parecem ter feito com que a população agora (...)

Aglomerados pelos horários reduzidos

Estamos a desconfinar e os horários dos estabelecimentos ainda não estão totalmente dentro do que era o normal antes de tudo isto nos começar a afetar. No entanto o que deteto, como lojista de serviço, é que o encerramento do comércio ao fim-de-semana pelas 13h00 só ajuda a piorar a situação para com o distanciamento, cuidados e níveis de stress. Existe neste momento um maior acumulado dentro dos centros comerciais e mesmo nas avenidas principais dos grandes centros urbanos nas (...)

Lembrete controlador

Supermercados e lojas onde tenho registo de cliente geralmente aceito receber as notificações via mensagem ou email com as promoções, novidades e folhetos. Agora existe um esquema de algumas marcas que começa a cansar pelo controlo que acabam por ter junto dos consumidores que na sua vida percebem que ao terem os dados móveis ligados nas suas deslocações estão a entrar constantemente num sistema de controlo.  Como é que me explicam as mensagens que uma determinada cadeia de (...)

Fui às compras mas deixei a intenção

Quem nunca foi ao supermercado com a intenção de trazer consigo aquele produto e quando chegou a casa é que percebeu que regressou de saco cheio e deixou no espaço comercial o bem dito produto que era tão necessário e pelo qual a deslocação aconteceu? ( Ver mais... )

Compras após desconfinamento

Sei que a maioria de todos nós se encontra em ponto de rebuçado e mais que preparados para gastar as poucas poupanças que se conseguiram amealhar em tempos de confinamento. Já estou a prever que daqui a umas semanas, quando todo o comércio abrir portas, as filas vão surgir, os desastres sociais acontecerão, a impaciência existirá e será assim que os mil e um cuidados devem surgir para que este regresso não corra mal. Não fiquem desesperados para gastarem dinheiro que vos pode (...)