Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Universitários-billboard

Torne-se Um Decifrador de Pessoas | Alexandre Monteiro

Planeta de Livros

Título: O Torne-se Um Decifrador de Pessoas Autor: Alexandre Monteiro Editora: Planeta de Livros Edição: 2ª Edição Lançamento: Junho de 2021 Páginas: 328 ISBN: 978-989-777-484-3 Classificação: 4 em 5   Sinopse: O movimento das mãos, a posição das pernas, as rugas no rosto, os rabiscos num papel feitos durante uma reunião, os objetos da mala, os sapatos que escolhe, o coçar a cabeça, a (...)

Educação zero

Será que os tempos de confinamento retiraram a boa educação a uma boa parte da sociedade? As pessoas agora entram nos espaços sem olharem para quem já está, sem conseguirem proferir aquelas simples palavras de cumprimento e que revelam alguma educação para com os outros. Sou de cumprimentar as pessoas que já se encontram nos espaços onde entro, quem me presta atendimento e não compreendo como a atual situação das pessoas as faz manterem uma postura tão distante, como se (...)

Melhoramento pandémico não existe!

"Todos vamos melhorar perante os outros após a passagem da pandemia". Isto era o que meia sociedade proferia há uns tempos atrás. O tempo foi passando e a conclusão que se consegue tirar acaba por nem existir. Na verdade tenho uma estranha impressão sobre tudo e todos, não percebendo bem onde existiu melhoramento de uns para com os outros neste tempo onde muito devíamos ter aprendido sobre os mais diversos estilos de relações. ( Ver mais... (...)

Com um Escorpião não se brinca

Nunca ouviste dizer que os atos ficam com quem os pratica ou que a vingança se serve bem fria? Sou Escorpião e dando valor ao negativismo com que pintam o signo por vezes é necessário virar a manta e colocar o azedume de forma. E já que a fama de se ter mau feitio quando é necessário existe para com o signo, então que da fama se possa tirar o proveito. Por vezes os outros signos, que parecem mais pacatos e que tentam dar a volta pelas costas do que acreditam ser o inimigo, (...)

Simpatia de interesse

Vários adultos desta vida ou acreditam em milagres ou no Pai Natal. Por vezes olho para certos comportamentos e comentários sobre a boa vontade dos outros que só me levam a pensar em como muito boa gente é facilmente manipulada pela falsa simpatia que por aí anda. Vou dar um exemplo, quando se pagam serviços é mais que claro que quem os fornece seja a pessoa mais simpática com o bom pagador, nem que para isso tenha que fazer alguns fretes e concordar a tempo inteiro com o (...)

Ser um bom vizinho

  Sabes as regras a seguir para seres um bom vizinho? Não fazer barulho fora de horas. Não sujar a área comum do prédio. Praticar a boa educação. Limpar a tua entrada. Não deixar sapatos espalhados do lado de fora. Controlar as necessidades dos animais de estimação no prédio. Fechar sempre a porta do elevador. Evitar pedir constantemente artigos alimentares ou de higiene. Não sacudir tapetes quando os vizinhos debaixo têm janelas abertas. Evitar o salto alto durante horas. ( Ver mais... (...)

Caminho da felicidade

  Caminhos que se fazem de avanços e recuos, retas e oscilações, percursos esses que se requerem de atenção para que nada falhe no momento de ser prestada cada prova onde todo e qualquer percalço e desaforo não pode ser levado para casa como medalha de mérito de nova etapa cumprida. Na vida existem pontos bem essenciais para se sair vencedor. A humildade em comunhão com a resiliência, a alegria contagiante, a perspicácia pelo caminho, a sobrevivência para se ser sempre um (...)

Sejam felizes em confinamento

  Hoje e Amanhã todos fomos convidados pelas entidades governamentais a entrar em confinamento ao longo das tardes, mas não será isso que deixará de lado os meus votos de bom fim-de-semana a todos que por aqui passarem. Divirtam-se e sejam felizes ao longo das horas em que estejam obrigados a ficar fechados entre quatro paredes, pensando que logo conseguiremos respirar livremente se soubermos manter a calma, continuando a cumprir as regras sem perder a esperança de que tudo ficará (...)

Confinamento mas sem isolamento

  Hoje estamos confinados, nesta manhã de Outono, em que acordei cedo, para seguir para mais um dia de trabalho, ao Sábado, mas o que tem de ser acaba por ter mais força que a vontade. Num fim-de-semana de confinamento, em que a saída do município é restrita a necessidades especiais ou por motivos laborais, não me custará, uma vez que com ou sem restrições o dia seria passado da mesma forma, como tal tenho de me sentir solidário com todos os que tencionavam aproveitar este (...)

Inspirações repentinas

  Motivos desconhecidos que nos trazem pessoas do nada para se cruzarem num curto espaço de tempo connosco e que do nada nos conseguem inspirar através de pequenas conversas rápidas e que nos mostram que sempre é possível acreditar nos nossos sonhos para se mudar, lutar e alcançar cada objetivo a que nos propomos.  Há uns dias isso mesmo aconteceu com uma pessoa que esteve presente no meu local de trabalho durante uns dias a fazer as suas funções sem interferir com as da (...)