Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

26
Mar19

Escrever

O Informador

escrever.jpg

Enfrentando as letras, criando palavras que juntas dão origem a uma frase inserida num texto que será publicado para todos o poderem ler, refletir e comentar. É por este gosto de partilhar que por aqui sigo, escrevendo por vezes somente para mim porque do outro lado nunca se sabe quem aparece.

Quando os dedos começam a elaborar um encadeamento de letras não se sabe como irá terminar, quem irá estar do outro lado e o destaque que essa mesma publicação irá ter para quem por ela passar. Enfrentando sentimentos, passando pensamentos e deixar que todas as opiniões, questões, dúvidas e incertezas passem para o lado de lá, não ficando somente no hemisfério pessoal e individual, sendo partilhadas para que não fiquem como mais um peso morto a remoer na solidão.

Escrever ajuda a libertar bons pensamentos e a criar nos outros ideias sobre quem somos. É o risco, que na corda balançada entre o bom e o mau, todos nós corremos perante uma sociedade que por pouco aponta um dedo que se transforma rapidamente num aglomerado de comentários que se dispersam de forma opinativa consoante a onda que tão depressa surge como logo desaparece.

18
Jan18

Comentador de Blogs

O Informador

blogs.jpg

A maioria dos bloggers seguem a filosofia de que tem a obrigação de comentarem blogs para também verem os seus serem comentados pelos outros. Felizmente ou infelizmente, depende do ponto de vista de cada um, não sigo e nunca tentei guiar-me por essa linha de pagar favores quando por vezes o que se dedicam a fazer é a deixarem comentários tão vazios somente porque sim e para verem a sua ação ser retribuída. 

As pessoas têm de ser verdadeiras, seguirem as suas convicções e não fazerem as coisas a pensarem na paga ou no número de comentários que conseguirão atingir por deixarem umas palavras num blog mais visto que o seu e com o qual até têm uma certa empatia. Não estou a dizer que isto é prática recorrente, vamos lá saber dividir as coisas, mas percebe-se várias vezes quem anda por ai a espalhar comentários para serem reconhecidos como «fixes» e bons comentadores entre a comunidade que tem uma certa ligação e conhecimentos entre si. Não se finjam do que não são, sigam as vossas ideias e vontades porque existem comentários que soam tão a falso e a vontade de aparecer que se acaba por notar quem o faz.

Sei que não sou um comentador nato, não o procuro ser e nunca tentei seguir tal caminho, optando sim por visitar os blogs que sigo em dias esporádicos, comentar somente quando assim o entendo por existir algo a dizer e não para lá deixar a marca em busca de novas visitas com recurso à utilização dos espaços dos outros. 

02
Out17

Influenciadores

O Informador

influenciadores.jpg

Todos somos influenciados pela sociedade, ora para seguirmos um caminho, ora para comprarmos alguma coisa e por ai fora. No entanto existem momentos em que se nota a influência que nós, enquanto seres humanos, conseguimos fazer junto dos outros, mesmo que não exista conhecimento.

Há uns dias a analisar os comentários de um texto que teve milhares de visualizações num só dia aqui pelo blog e dezenas de comentários seguidos percebi que a opinião de uma pessoa leva a que os seguintes tenham o mesmo tipo de comentários até que os silenciosos com ideias diferentes que talvez se sentissem inseguros em mostrar a sua opinião leem umas palavras de alguém que se opôs ao que vinha a ser comentado e a partir dai o texto começou a ter outro tipo de comentários e conversas entre os leitores. Percebi que basta um ou dois comentadores com ideias semelhantes para que os seguintes com a mesma opinião se sintam capacitados para escreverem o que pensam, deixando os outros longe de criar conversas paralelas por não estarem de acordo. No entanto depois se uma só pessoa comentar com o que pensa e que não bate certo com as partilhas deixadas anteriormente logo começam a surgir opiniões semelhantes. 

11
Set16

Comentar não é criticar!

O Informador

Adoro perceber quando as pessoas com um curto espaço para refletir sobre o que leem não conseguem entender o que é uma critica e uma brincadeira descarada sobre alguma coisa! Será que é necessário colocar em certos textos publicados que tudo não passa de um artigo pindérico porque apeteceu sem ter de ser entendido como uma análise ou crítica, apenas uma chamada de atenção?

Existe uma distinção entre o falar bem ou mal sobre alguma coisa e um desabafo onde se consegue comentar um tema sem o ter de avaliar. Opiniões existem e todos as podemos revelar, fazendo com que não tenhamos de concordar com o que parte da sociedade acredita que seja o normal!

13
Ago16

Curtas e Diretas #14

O Informador

Em casa já não consigo ouvir remoer sobre os mesmos temas e ficar calado! É verdade que ando a fazer um esforço para não deixar sair um ou outro comentário menos agradável, mas por vezes não é fácil ouvir e resistir à tentação e lá sai o que podia ser evitado!

O que vale é que consoante digo também a sensação de alivio surge e «já passou»!

30
Dez14

Ofendidos por falar! E se pensar?

O Informador

Não sei se diga, se conte ou simplesmente pense! O que sei é que se ofendem por admitir as verdades, então nem quero reflectir no que aconteceria se soubessem o que penso sobre cada qual!

Não digo tudo o que me vai passando pela cabeça porque também não sou um maluquinho para andar a disparar para todos os lados. Embora muitas vezes apeteça mandar tudo e todos ao ar e seguir em frente como uma fénix, isso não pode acontecer. Lixam-se com simples palavras e comentários que transmito que nem revelam metade do que me vai pela cabeça. Agora se deixasse escapar tudo o que por aqui vai queria ver a festa que não seria com tanta tinta a escorrer por um autêntico tiroteio de paintball. 

Se já ficam ofendidos com o que falo, imaginem se soubessem o que penso! Ai! Ai! Ai!

20
Ago14

1650 pelo Facebook

O Informador

Uma nova barreira do blogue foi atingida com a ajuda de todos! O Informador atingiu os 1650 seguidores na rede social mais famosa do mundo, o Facebook!

Só tenho que agradecer a todos por estarem desse lado e pedir que continuem por aí, comentando e partilhando as minhas publicações, ajudando assim o blogue a continuar a crescer para que possa terminar este ano com melhores valores do que em 2013. O Informador está a evoluir graças a todos e espero que assim continue porque essa é a minha intenção e crença!

Obrigado aos 1650 seguidores do Facebook, aos 165 do Twitter e aos 71 do Instagram! Até já!

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook