Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

18
Mar16

Lisboa/Porto por 9,5€

O Informador

comboio.jpg

A CP a partir do final do mês tem um bombom, que me parece trazer alguma na manga, para os seus utentes. Fazer a viagem entre cidades ficará mais barato. Viajar de Lisboa ao Porto e vice-versa, por exemplo, ficará a custar somente 9,5€.

Ao que tudo indica pela informação tornada pública irão existir descontos na ordem dos 65% em viagens de longe curso em Alfa Pendular e de 62% em deslocações intercidades.

Se eles dão algo bom aos utentes o que existirá para já como contrapartida? Os bilhetes terão de ser adquiridos com, pelo menos, oito dias de antecedência e existem lugares limitados por cada ligação entre cidades. 

20
Abr15

Proibido de conduzir em Lisboa

O Informador

Há uns meses saiu aquela linda lei que proibe os carros com data de matrícula anterior a 1992 de circularem ao longo das horas de maior movimento pelas estradas lisboeta. Eu, que tenho o velhinho Opel Corsa lá tenho respeitado a lei e ontem, Domingo, voltei a usar as linhas de Metro para me deslocar dentro da capital. E não é que até não se anda mal?

Deixei o carro junto à estação do Oriente, apanhei a linha Vermelha e depois a Verde e lá fui eu para a zona da Baixa/Chiado ver as montras, fazer umas (poucas) compras e beber café com o sol a brilhar por cima da moleirinha. Aproveitei o Domingo, fui sozinho porque sentia que tinha de ter aquelas horas só para mim sem qualquer preocupação e confesso que andar de Metro dentro de Lisboa até se torna numa mais valia. Não tive qualquer problema em estacionar o carro, poupei combustível com os semáforos e o seu pára arranca habitual, não fui obrigado a pagar parque e ainda consegui fazer a viagem a ler a revista que comprei pelo caminho. O que pode correr mal quando não se tem o carro há mão para quem como eu está habituado a ter sempre as quatro rodas por perto são os horários. Com carro a sensação que se tem é que se consegue sempre chegar mais rápido a qualquer local, existindo ainda a ideia de que se existir uma emergência com o carro tudo se torna rápido. De resto e tirando também a parte do horário em que de noite as estações de Metro em Portugal ainda não estão abertas, vejo e aponto que pela nossa capital começarei a andar cada vez mais de transportes públicos porque a facilidade é muito maior. 

13
Jul14

Viagem em transportes públicos

O Informador

Há anos que não andava de comboio e muito menos de metro! Ontem foi o dia de voltar a sentar-me nas cadeiras dos dois transportes públicos que me levaram de Vila Franca de Xira até ao centro de Lisboa.

Antes de mais devo dizer que sai de casa e nem me lembrei de ver os horários dos comboios que ao fim-de-semana são mais reduzidos que os que circulam durante a semana. Pelo caminho, no carro, lá verifiquei os horários e percebi que já não conseguia chegar a tempo à estação para apanhar a próxima ligação. Fiz tempo, quase de uma hora, e lá enfrentei a máquina dos bilhetes! Foi-me pedido de forma automática que coloca-se o número de zonas pelas quais ia passar. Sabia lá eu bem por quantas zonas passava! Passados mais de três ou quatro minutos lá consegui perceber num mapa o que a máquina me pedia e consegui fazer o pagamento a multibanco porque as moedas que colocava não eram aceites. Comecei a viagem e tudo correu bem!

Sai do comboio e fui logo ter à estação de metro, no Oriente! Comprei o bilhete, mais uma vez sem perceber se o mesmo ticket dava para andar por duas zonas ou não, entrei na área de embarque e lá fui eu! O metro ia cheio, num início de tarde de Sábado e quando alterei para a segunda linha tive mesmo de ir em pé.

Cheguei ao Rossio, sai da estação e percebi que seria só na próxima que a minha saída devia ter acontecido. Pois, andei uns minutos a pé e lá cheguei ao destino pretendido.

Há uns bons anos que já não andava de comboio e metro e a viagem até foi rápida, agradável e deu para poupar algum dinheiro em combustível. Acredito que possa voltar a esta tática dos transportes públicos em breve porque a nova experiência foi positiva!

E foi assim que o meu regresso às viagens em transportes públicos aconteceu!

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook