Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

Banner billboard Saldos 2019
10
Nov18

Convites Duplos | Faz-te Homem | 15.11.2018

| O Informador

Dois amigos de longa data decidem debater a sempre polémica temática do papel do homem na nossa sociedade e as suas ramificações com tudo o que o rodeia, com tudo o que se mexe… mulheres incluídas. A melhor forma que encontraram para abordar o abominável mundo do homem foi organizar uma “Conferência de e para Machos”, denominada Faz-te Homem, onde irão expor as suas indignações, receios, traumas, medos, frustrações, no fundo, o que os apoquenta.

Os espetadores, atentos à conferência sobre Futebol, Carros, Gajas, Porrada, poderão ser chamados a intervir.

António Machado e João Didelet estrearam no passado dia 07 de Novembro no Teatro Armando Cortez, em Lisboa, a comédia Faz-te Homem, inspirada no livro de Luís Coelho. Com cerca de uma hora de espetáculo, os dois atores debatem com todos os Zés da plateia, numa conferência de e para «machos», temas que intervém no dia-a-dia de todos os homens mas também na convivência com a ala feminina da sociedade. Sexo, filhos, futebol, rabos, gadgets, copos e compras são apenas alguns dos temas debatidos neste divertido espetáculo que se encontra com sessões às Quartas e Quintas-feiras pelas 21h30 na sala lisboeta. 

Para que todos possam ter a sorte de assistir a Faz-te Homem, sessão de dia 15, tenho convites duplos para vos oferecer. Este passatempo irá estar disponível até às 18h00 de dia 14 de Novembro, Quarta-feira, e nesse mesmo dia serão revelados os nomes dos vencedores nesta mesma publicação, sendo o sorteio feito através do sistema automático random.org. Os premiados serão contactados via email com as recomendações para o levantamento dos bilhetes acontecer nas melhores condições. Para a participação ser válida tens de seguir os passos que se seguem...

09
Nov18

Faz-te Homem | Yellow Star Company

| O Informador

faz-te homem.png

Dois amigos de longa data decidem debater a sempre polémica temática do papel do homem na nossa sociedade e as suas ramificações com tudo o que o rodeia, com tudo o que se mexe… mulheres incluídas. A melhor forma que encontraram para abordar o abominável mundo do homem foi organizar uma “Conferência de e para Machos”, denominada Faz-te Homem, onde irão expor as suas indignações, receios, traumas, medos, frustrações, no fundo, o que os apoquenta.

Os espetadores, atentos à conferência sobre Futebol, Carros, Gajas, Porrada, poderão ser chamados a intervir.

António Machado e João Didelet estrearam no Teatro Armando Cortez, em Lisboa, um novo espetáculo com o selo de qualidade que as produções da Yellow Star Company já habituaram o seu público. Baseado no livro Faz-te Homem, da autoria de Luís Coelho, esta comédia teatral adotou o mesmo nome da obra escrita e foi encenada por Paulo Sousa Costa para ser apresentada ao público. 

Numa verdadeira conferência de homens e para homens, António Machado e João Didelet são dois Zés entre os que se sentam na sua frente para ouvirem o que todos pensam sobre as diferenças entre homens e mulheres, as desigualdades, problemas e injustiças de um casamento, os filhos, o sexo, o futebol, os rabos, a roupa e tudo o que pode gerar qualquer tipo de diferenças entre os pensamentos de ambos os sexos e mesmo os comportamentos aceitáveis do universo masculino e o que começa a fugir da típica tradição máscula. 

 

18
Out18

Levando o Caos, de Maurício Meirelles

| O Informador

maurício meireles.jpg

Maurício Meirelles regressou a Portugal para apresentar o seu novo espetáculo. Após o sucesso de Perdendo Amigos, que não vi, agora chegou até nós Levando o Caos, a nova produção que continua a contar com o famoso webbullying ao longo de duas horas de boa disposição. 

Num espetáculo reformulado e onde a presença do público é importante, o comediante brasileiro surge em palco com uma simplicidade incrível. Piada atrás de piada, risada atrás de risada, apontamentos críticos da sociedade brasileira e portuguesa bem fortes e o debate acontece. Comentando a atualidade brasileira e portuguesa, Meirelles não deixa nada por dizer. O que gosta gosta, o que não gosta é comentado na mesma, colocando o dedo na ferida sem disfarces, atrapalhando, mordiscando e transformando uma plateia completamente esgotada numa claque de palmistas cheia de entusiasmo e boa disposição.

Não conhecia muito bem o trabalho do ator e fiquei rendido ao primeiro minuto. O público é convidado a assistir a um micro vídeo de apresentação sobre o que é um espetáculo de teatro e depois entra o artista. Maurício surge sozinho em palco, de microfone na mão e pronto para criar distúrbios, lançando mesmo o caos entre a sua claque repleta de fãs e de novos admiradores, uma vez que quem vê a primeira vez vai certamente querer voltar na próxima aparição do humorista brasileiro. 

 

25
Ago18

A Casa das Flores, uma comédia negra

| O Informador

la casa de las flores.png

As estreias Netflix não param e em pleno Agosto, no dia 10, estreou a comédia negra La Casa de las Flores, que é como quem diz, A Casa das Flores. Centrada numa família aparentemente bem a nível económico e perante a sociedade, esta nova série com treze episódios pela primeira temporada com duração aproximada de trinta minutos cada, consegue captar a atenção do espetador logo através das cenas iniciais. 

Uma produção mexicana que se baseia no centro de toda uma família, uma matriarca que gere o negócio, A Casa das Flores, que acaba por esconder tanto que chega a um ponto que todos somos levados a pensar que tudo acontece a três irmãos que se gostam mas que têm os seus interesses bem particulares por trás. O que pode dar senão numa comédia negra um trabalho que começa com uma festa e onde se descobre que uma amante cometeu o suicídio quando todos estão a celebrar? A infidelidade debatida através de diversos prismas, dos mais velhos aos mais novos, das relações hetero às homossexuais. A par disto descobre-se que o ex-genro passou a ser ex-nora, num caso de transexualidade bem conseguido, exemplificativo que se pode cair no ridículo da demonstração quando um ator dá vida a uma personagem diferente do que geralmente é aceite e onde não existe a mínima intenção de disfarçar um homem numa mulher quase perfeita. E se o racismo também entrasse nesta produção? Há temas para todos os gostos em A Casa das Flores, até para o negócio ilegal de droga, crianças criadas com a mulher do pai, e mexericos que também existem entre as famílias mais abastadas. Um trabalho que toca em temas ainda e infelizmente sensíveis da nossa sociedade e que os trabalha, brincando e abusando mesmo com determinadas situações, mas mexendo sem medos. 

Vidas de fachada sobre uma família perfeita com tantos segredos que acabam por até ser demais, mas o que é certo é que esta série realizada por Manolo Caro e protagonizada por Veronica Castro que conta como companheiros de elenco com os atores Aislinn Derbez, Cecilia Suárez,  Darío Yazbek Bernal, Sheryl Rubio, Paco León e Sawandi Wilson não tem um orçamento como parte dos grandes sucessos mundiais, mas através de um texto corrido, esta produção consegue fazer o papel a que se destina. Agarrar o espetador, mesmo que não aprofunda cada situação que acontece no seio de uma família tão normal como tantas outras que andam por ai a ser transmitidas também pela plataforma Netflix e canais de televisão.

19
Dez17

Coco [Disney]

| O Informador

coco.jpg

Existem filmes que passam por nós e que não conquistam, no entanto existem películas que do início ao final da sua história contam com um desenrolar tão forte que cada momento torna-se especial, tal como acontece com Coco, um dos filmes Disney que mais apreciei pelos últimos anos. 

Miguel é um jovem que vive com várias gerações familiares onde uma fábrica de sapatos lhes dá sustento, mas este mexicano não quer continuar a trilhar os passos dos avós, dos pais e o que o destino lhe tem reservado, lutando pelo sonho, tornar-se num guitarrista e cantor famoso, tal como o seu grande ídolo Ernesto de la Cruz. Mas o passado da família não facilita Miguel a lutar pelos seus objetivos artísticos e a partir daí começa a aventura do jovem. 

Entre o passado e o presente, a vida e a morte, Miguel parte à descoberta sobre a história que o impede no presente de entrar no mundo musical. Percorrendo o caminho até ao Mundo dos Mortos, Miguel encontra os seus antepassados onde a busca da verdade toma lugar num universo diferente dentro da História e tradições do México. Num filme emotivo e que conquista o espetador pela simplicidade e carisma que, mais uma vez, a Disney conseguiu colocar no seu personagem. Miguel é um jovem lutador, conquistador e que não se deixa ficar pelas palavras que lhe vão sendo ditas, lutando pela sua vontade e sabendo quais os seus reais objetivos. Coco é uma história familiar inspiradora com um desenlace surpreende onde a perseverança de um jovem conquista o público que se vai apaixonando pela luta de Miguel para voltar a casa mas ao mesmo tempo sem querer deixar a verdade para trás, lutando assim para repor um passado mal contado. 

15
Nov17

Vencedores dos convites duplos para Os 39 Degraus [17, 18 e 19.11.2017]

| O Informador

os 39 degraus porto.jpg

O sucesso de Os 39 Degraus por Lisboa levou a que a produtora Yellow Star Company lançasse em tournée este espetáculo que tem enchido as salas por onde tem passado. Pelos próximos fins-de-semana esta produção estará em cena pelo Teatro Sá da Bandeira, no Porto, e aqui pelo blog estiveram em passatempo para vos poder presentear três convites duplos para os dias 17 e 18 de Novembro, Sexta-feira e Sábado, sessão das 21h39, e para dia 19, Domingo, pelas 18h00.

Eis chegado o momento de revelar o nome dos sorteados através do sistema random.org e que irão receber email com as informações necessárias para que o levantamento dos convites possa ser feito nas melhores condições.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sofia

    Sim! Mas a verdade é que hoje em dia, as pessoaa n...

  • O Informador

    A mágoa que alguém nos provoca deixa sempre mazela...

  • Sofia

    Completamente! Sou desconfia poe natureza.

  • O Informador

    Isso sem dúvida, o que nos magoa de verdade fica s...

  • Sofia

    Há coisas que te fazem que jamais esquecerás!Estou...

Mensagens

Pesquisar