Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Informador

Pensamentos que podem ser de qualquer um!

07
Jul14

Tragédia privada/pública

O Informador

A ver vamosEduardo Cintra Torres é o comentador regular das páginas do jornal Correio da Manhã, o diário que não tem deixado de lado a morte de André Bessa, filho da jornalista Judite de Sousa. Num pequeno texto bem explícito sobre as notícias que têm vindo a público pelo jornal para o qual trabalha, não está Cintra Torres a tentar passar paninhos quentes sobre o que de mal tem sido feito pelo Correio da Manhã nos últimos dias?

Já passou mais de uma semana sobre o momento do acidente fatal e a publicação continua a encher a sua capa e várias páginas com o mesmo tema. Ora são as últimas conversas com os amigos, o local do acidente, o telemóvel com que estava no momento, o álcool com que a festa foi regada, o apoio que Judite tem tido dos amigos e familiares... Já não chegou o momento de deixarem o assunto para ser tratado por quem de direito e dever tem de o fazer? A última notícia que li, acompanhada de imagens, foi a de que até um drone - veículo aéreo comandado à distância - foi usado para mostrar o local do acidente com fotografias. Um tema que tem de sair das páginas dos jornais e revistas porque há que respeitar a dor, sendo que a família não está disposta a comentar tal facto com a comunicação social, como é normal em tais situações.

Quanto ao texto acima mencionado pela imagem, o seu autor, Eduardo Cintra Torres, mostra os dois lados da moeda de uma figura pública, fazendo-me lembrar outros casos como a situação de Sónia Brazão, o escândalo da Casa Pia com Carlos Cruz, a morte de Carlos Castro, ... Mas aqui a situação é diferente! Existiu uma morte e não está a ser pedido ao dito jornal que faça notícias sobre o caso, querendo é que o mesmo desapareça das bancas para deixar o descanso aparecer para que aos poucos se consiga voltar à vida que se deseja e que os pais nunca irão conseguir atingir como antes. Não existem pedidos de informação pública, não existe nada para contar que possa ajudar a resolver um caso de morte por acidente! Não, aqui não existem famílias a falar para os jornalistas, não existe um julgamento público, existe um pedido de esquecimento social para o bem de todos!

O A Ver Vamos de Cintra Torres bem tenta desculpar o Correio da Manhã e percebo as suas palavras, no entanto não aceito as atitudes que a direcção e redacção do jornal têm tido pelos últimos dias!

04
Jul14

Jornalismo de merda

O Informador

Existem jornais nacionais que não valem um corno e quando é no momento de fazerem notícias sobre acontecimentos graves e familiares pelos quais as pessoas têm que enfrentar a dor, a dita imprensa de merda consegue fazer uma autêntica novela sem noção de que por detrás da noticia existem pessoas que sofrem e que precisam de descansar. Sim, falo das várias capas que o Correio da Manhã tem feito sobre a morte de André Bessa, o filho de Judite de Sousa.

Será que os jornalistas e direcção do jornal não têm consciência que o caso tem de ser esquecido e que, ao contrário dos jovens do Meco, os pais não querem ver a notícia da perda de um filho a fazer capas e a encher páginas pela imprensa? No acidente do Meco o caso deu pano para mangas durante vários meses por os progenitores e amigos das vitimas quererem saber e revelar publicamente o que aconteceu naquela fatídica noite. Desta vez isso não acontece e já está na altura de deixarem a família enfrentar o luto descansada e com os problemas que advém da situação. Não é necessário todos os dias ver capas, sempre da mesma publicação, com o mesmo tema, vasculhando a vida de todas as pessoas que estavam em torno de André Bessa e dos seus pais. As notícias do que é dito e contado por amigos e conhecidos têm de deixar de aparecer, as sucessivas capas para venderem mais uns exemplares só tornam a situação do dito jornal ridícula.

O Correio da Manhã tem-se tornado num jornal cada vez mais sensacionalista através dos seus títulos chamativos e com os acidentes e assassinatos a terem um grande destaque, mas há casos e casos e nesta situação consegue-se perceber que existe muito boa gente que só pensa no seu umbigo e em números na hora em que deixam de lado os pensamentos de que o mesmo pode acontecer entre as pessoas que conhecem e amam.

banner mrec exames nacionais e provas de aferição

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Comentários recentes

Pesquisar

Mais comentados

Atual Leitura
Top mais vendidos Wook