Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Universitários-billboard

Cunhas e pedidos nacionais

  Vivemos claramente num país onde a cunha é um ponto forte dentro de variadíssimas áreas e as coisas são feitas de forma tão descarada em certos casos que nem é possível disfarçar. Hoje apetece-me falar de um caso tornado público pela própria protagonista e que em poucas semanas se transformou de um desabafo a um pedido de cunha com resultado. Lembram-se da fadista Raquel Tavares que foi para a televisão dar uma entrevista emocionante e que na altura foi aplaudida por dizer (...)

Eu, o chorão!

  Um Escorpião com emoções à flor da pele existe e caso provado é que aqui estou, uma pessoa bastante emocional e com a lágrima fácil a despoletar com pouca coisa. Sou muito dramático no bom sentido da palavra e a comoção surge quando os sentimentos tocam naquele ponto da saudade, das lembranças, onde as memórias ganham lugar e as despedidas se tornam em momentos pesados.  Com a idade tenho percebido que a pieguice tem vindo a piorar, trazendo a lágrima fácil em (...)

Deitado em lágrimas

Chorar baixinho, no escuro da noite e embrulhado nas mantas para que ao longe ninguém consiga reparar que sozinhos desabafamos com os botões próprios de cada um. Lembranças que provocam más energias e que transportam a mente para campos indesejados e que dão sinal em noites mal dormidas e recheadas de pensamentos inoportunos!  Quantas vezes que (...)

Fraco? Sim!

Sinto-me insensível quando não consigo deslocar-me ao veterinário para visitar a irmã do meu Tomé que pode estar prestes a partir! Ambos vieram de Espanha, aos meus pés, ao longo de uma longa viagem de horas em que cheguei a pensar que a pequena poderia ficar-se pelo caminho por ser tão frágil ao lado do (...)

Posso chorar?!

É complicado educar um pequeno ser vivo às regras e costumes da sociedade, para mais quando também nós estamos em processo de aprendizagem para criar laços e atingir uma boa educação para com o aprendiz. Falo do que esta noite passei com o Tomé, que me fez chorar sem perceber o que estava a sentir o cachorrinho! Não sou pai humanamente mas sou e quero ser um bom pai de um canino que já me deixou na cama a chorar após o conseguir sossegar do choro de aflição com que estava. Era (...)

Tomé está a dormir!

A primeira noite aqui por casa do Tomé foi calma, não tendo feito barulho nem qualquer tipo de ruído ao longo das horas em que estivemos deitados. No entanto não posso dizer o mesmo da segunda noite em que me tive que levantar por duas vezes para o tentar acalmar e adormecer porque começava a chorar até lá irmos ter com ele. Agora que entrei em casa, pelas 02:30, mais coisa menos coisa, posso dizer que o maroto abriu o olho, fez um grunhido mas como não lhe dei conversa, deixou-se (...)

Apetece-me chorar!

De há uns dias para cá o meu estado de espírito tem estado em baixo e como não consigo perceber a principal razão porque estou assim, só me dá vontade de chorar. Todos vivemos dias maus e bons e eu ando a passar pela fase de não saber nada, de andar a flutuar por aí como uma borboleta que não sabe para onde ir. Nada me fascina, nada me atraí e nada me dá o click para acordar para a vida real. Ando triste, sem nenhuma razão aparente e quando me perguntam porque estou assim só (...)

Chorar alivia a alma

Diz-se que chorar é uma forma de ajudar a aliviar a alma e que tal ato nos deixa mais tranquilos. Sinto que a verdade sobre o que se diz acontece! Não tenho vergonha de admitir que nos meus momentos de maior fraqueza deixo que as lágrimas me apareçam pelos cantos dos olhos que tudo vêm, mas que tudo querem apagar da memória. Chorar acaba, por vezes, por me acalmar e sossegar sobre os momentos diários que me afligem. Existem várias razões para as fraquezas me aparecerem sem baterem (...)